Solução para o descongelamento dos lagos

A solução para o descongelamento dos lagos depende de várias condições que propiciam a ocorrência e a manutenção da água na forma líquida. São elas:

  • Chuva: a infiltração da água da chuva (que sempre ocorre com temperaturas positivas) no lago ocasiona o rápido degelo, à medida que penetra nas rachaduras e fendas do gelo. Por isso é aconselhável fazer buracos com algumas dezenas de centímetros de diâmetro na parte congelada do lago para facilitar seu degelo;
  • Radiação solar: o aumento da radiação solar, à medida que o verão avança, e em dias sem nuvens, auxilia o degelo, pois há mais absorção de energia pela neve/gelo e pelo solo, favorecendo seu aquecimento;
  • Temperatura do ar: temperaturas positivas obviamente causam o degelo, cabendo lembrar que o primeiro mês após o inverno com temperatura média positiva na Eacf costuma ser dezembro, com média +1.3°C. Alguns eventos extremos contribuem fortemente para o degelo, como no caso de picos de temperatura causados pelas massas de ar vindas de Norte, que têm a duração de alguns dias, e que podem atingir +10ºC;
  • Derretimento da neve nos morros: o derretimento da neve que esteja em cotas mais elevadas que as dos lagos contribui para a sua recuperação, da mesma forma que a chuva. Porém, para que isso ocorra também são necessárias temperaturas do ar e do solo positivas, o que ainda não ocorreu de forma regular após o inverno em 2007.