A constituição dos lipídeos

Lipídeos, lipídios ou lípidos são biomoléculas insolúveis em água, e solúveis em solventes orgânicos, como o álcool, benzina, éter e clorofórmio. A família de compostos designados por lípidos é muito vasta. Cada grama de lipídio armazena 9 calorias de energia cinética, enquanto cada grama de glicídio ou proteína armazena somente 4 calorias.

Funções dos lipídios:

Reserva energética: Fornecem mais energia que os glicídios, porém, não são preferencialmente utilizáveis pela célula. Toda vez que a célula necessita de uma substância energética, ela vai optar pelo uso imediato de um glicídio, pra depois consumir os lipídios.

Estrutural: certos lipídios fazem parte da composição das membranas celulares, que são formadas pela associação de lipídeos e proteínas.Os mais importantes são: os fosfotolipidios e o colesterol.

Isolante térmico: auxiliam na manutenção da temperatura dos animais endotérmicos, por meios de uma camada de tecido denominado hipoderme, a qual protege o individuo contra as variações de temperatura.

Glicerídeos

São as Gorduras e os óleos. Possuem elevados teores energéticos e são os principais componentes lipídicos da dieta humana. Em mamíferos que vivem em regiões polares, como a baleia, a gordura forma uma espessa camada subcutânea ou “colchão adiposo”, que envolve o corpo e permite o isolamento térmico do animal em relação ao ambiente frio. As moléculas dos glicerídeos podem ter um, dois ou três ácidos graxos associados ao glicerol, um álcool conhecido como glicerina. Ácidos graxos são compostos de longas cadeias carbônicas, saturadas ou não, que formam os ésteres das gorduras e dos óleos.

Cerídios ou ceras

São formados pela união de ácidos graxos com alcoóis maiores que o glicerol. Embora tenha valor econômico, não têm a mesma importância que as gorduras e óleos. As ceras de carnaúba e de babaçu, por exemplo, constituem bases alternativas para geração de energia.

Carotenóides

São pigmentos lipídicos amarelos e vermelhos sintetizados pelas plantas, encontrados em cenoura, abóbora, tomate e mamão. O carotenóide de maior importância biológica é o beta-caroteno ou provitamina A, que, por meio de cisão molecular, origina a vitamina A (retinol), necessária ao bom funcionamento da visão.

Fosfolipídios

Formam a camada dupla da membrana celular. A molécula do fosfolipídio reage, ao mesmo tempo, com a água e com os lipídios. Isso é possível porque possui uma porção hidrófila (afeição a água), o fosfato, e uma porção hidrófoba (aversão a água) constituída pelas cadeias lipídicas. Os principais exemplos de fosfolipídios são a lecitina e a cefalina.(Importância Biológica).

Esteróides

Os principais lipídios esteróides são o éster de colesteril, a vitamina D e os hormônios esteróides (hormônios sexuais e aldosterona). O colesterol é um álcool que, associado a uma molécula de ácido graxo, origina o éster de colesteril. O colesterol é sintetizado exclusivamente em células animais; nas plantas é substituído pelo fitoesterol. Uma parcela do colesterol precisa ser obtida pela dieta e a outra é fabricada pelo corpo, principalmente no fígado, que reúne o colesterol com triglicerídios e proteínas para formar os corpúsculos de HDL (lipoproteína de alta densidade) e LDL (lipoproteína de baixa densidade).(Hormônios esteróide e importância biológica).

As taxas de colesterol e de triglicerídios variam com a idade; por isso, é aceitável um suave aumento de ambas quando se envelhece.

Os lipídios são formados de ácido graxo com álcool. São os principais: gordura, óleos, colesterol e gordura trans.

Ver também

* Gordura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *