Anticoncepcionais hormonais,mitos e verdades

Anticoncepcionais Hormonais


 


Estão disponíveis no mercado vários tipos de pílulas anticoncepcionais, o que as diferenciam é o tipo de hormônio que as compõe e suas doses.


Resumidamente temos três tipos: as de alta dosagem, média dosagem e de baixa dosagem.


As de alta dosagem são as pílulas que contem alta concentração hormonal. Por isso em um grande número de mulheres, causam vários efeitos colaterais como por exemplo, aumento de peso, dores de cabeça, náuseas etc.


Nas pílulas de média dosagem esses efeitos ocorrem com menor freqüência.


Já nas de baixa dosagem hormonal são raros os efeitos colaterais.


Mas fique atenta: toda medicação pode ter efeitos colaterais devendo ser prescrita apenas por profissionais especializados, devendo haver um acompanhamento médico para verificação da existência de efeitos colaterais.


Existe ainda os anticoncepcionais injetáveis. Neste tipo de medicação toda a dosagem hormonal é dada em uma única dosagem mensal, sendo liberado gradativamente no organismo.


A prescrição é feita de acordo com a s condições clínicas de cada paciente, visando uma melhor adequação da medicação.


Fonte: http://www.saudenainternet.com.br/


 


 


Atenção para o câncer de ovário


 


O que é câncer (cancro) de ovário

O câncer ovariano é o segundo tumor ginecológico mais comum e a mais letal neoplasia do aparelho genital feminino.

Apenas nos EUA, calcula-se que surjam cerca de 25.000 novos casos anualmente.

Devido à dificuldade no diagnóstico precoce, na maioria dos casos o diagnóstico é dado quando o tumor se encontra em fases avançadas, colaborando para o péssimo prognóstico.

Os sintomas do câncer ovariano só ocorrem tardiamente e são vagos e inespecíficos:
– desconforto pélvico,
– alterações do hábito intestinal,
– perda ou ganho de peso inexplicáveis,
– dor no momento ou após o intercurso sexual,
– cansaço fácil e sangramentos vaginais anormais após a menopausa.


Causa

A causa exata da maioria dos cânceres ovarianos ainda é desconhecida, mas existem fatores de risco bem determinados para o tipo mais comum, o câncer ovariano Epitelial.

Algumas alterações genéticas possuem uma relação particularmente importante com o câncer ovariano.

Obesidade, idade superior a 40 anos e casos de câncer ovariano na família aumentam os riscos.

Sabe-se que não ter filhos ou tê-los com idade acima de 35 anos quando da primeira gravidez aumenta o risco. A cada nova gravidez, o risco diminui um pouco mais.

Ainda asssim, é importante lembrar que 95% de todos os cânceres ovarianos ocorrem em mulheres sem quaisquer fatores de risco.


Prevenção

Não existem recomendações específicas para prevenção do câncer ovariano.

Sabe-se que anticoncepcionais orais reduzem o risco de câncer ovariano em 40 a 50%, sendo que este efeito é ainda maior com o uso a longo prazo.

A ligadura das trompas também parece reduzir o risco.

Não existem estudos mostrando a influência da dieta, ainda que obesidade seja um fator de risco.

Mulheres a partir de 35 anos de idade e com incidência familiar importante de câncer ovariano podem ser submetidas à retirada preventiva dos ovários (a cirurgia se chama Oferectomia Profilática).

Mulheres a partir dos 40 anos de idade submetidas à retirada do útero (histerectomia) por motivos benignos (como miomas, por exemplo) deveriam conversar com o médico a possibilidade de retirar também os ovários.

O melhor método para avaliação periódica dos ovários é o Ultrassom Transvaginal, que apresenta sensibilidade de 100% e especificidade de 98% para câncer ovariano.


Prevenção

O câncer de ovário é uma doença altamente letal, principalmente devido ao diagnóstico tardio. A esmagadora maioria das pacientes com câncer ovariano não se encaixa em qualquer grupo de risco.

Os métodos preventivos atualmente disponíveis estão longe de serem 100% confiáveis, mas é preciso estar sempre alerta para a possibilidade desta doença.

O tratamento do tumor, nas fases iniciais, permite cura em boa parte das pacientes.  

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *