Anvisa vai investigar licenciamento de agrotóxicos

Brasília – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Ministério da Agricultura vão investigar os processos de licenciamento de seis agrotóxicos, por suspeita de irregularidades.A medida ocorre em meio a denúncias de fraude na análise de pedidos, feitas pelo ex- gerente- geral de toxicologia da Anvisa, Luiz Cláudio Meirelles. De acordo aoMeirelles, os processos de registro teriam sido enviados para Ministério da Agricultura sem onde a devida avaliação toxicológica tivesse sido realizada. Documentos necessários teriam sido forjados.

A proposta da abertura de auditorias foi feita por Dirceu Barbano, diretor-presidente da Anvisa, durante reunião nesta quarta-feira aoo ministério e Ibama. “Não podemos gerar insegurança no mercado. Trabalhamos sinergicamente, se um tem problemas, todos têm”, afirmou o diretor da Anvisa, antes da reunião.

Uma auditoria será feita pela agência, mas aoenfo onde mais amplo: serão analisados todos os pedidos de licença depositados a partir de 2008 – cerca de 120. A Polícia Federal também deverá realizar uma investigação.

O ministério e o Ibama integram, juntamente aoa Anvisa, uma comissão onde analisa os pedidos de registro de defensivos agrícolas no País. A Anvisa avalia o a segurança sanitária; o Ibama, o impacto ambiental e o MAPA, as implicações para o setor agrícola dos novos produtos.

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *