As características da purina

As purinas são bases nitrogenadas (denominadas então bases púricas), compostos orgânicos heterociclícos. Todas são compostas por um anel aromático duplo (anel purina).

Duas das bases dos ácidos nucleicos, a adenina e a guanina são purinas. No ADN estas bases unem-se às pirimidinas complementares, a timina e a citosina através de pontes de hidrogénio.

As bases púricas são pouco solúveis em água em pH neutro, e o principal metabólito de sua degradação é o ácido úrico. A produção excessiva de ácido úrico, devido à degradação destas bases, pode causar a hiperuricemia.
Índice
[esconder]

* 1 Purinas notáveis
* 2 Funções
* 3 Síntese
* 4 Ver também
Purinas notáveis

A quantia de purinas encontradas na natureza é enorme, visto que 50% das bases nitrogenadas encontradas nos ácidos nucléicos, a adenina e guanina, são purinas. No ADN, essas bases formam pontes de hidrogênio com as bases pirimídicas complementares, timina e citosina. No RNA, a base complementar da adenina é a uracila ao invés da timina.

Outras purinas a serem citadas são a hipoxantina, xantina, teobrombina, cafeína, ácido úrico e isoguanina

Funções

Além de serem utilizadas na síntese de ADN e ARN, as purinas são componentes importantes de várias biomoléculas, como o ATP, GTP, AMPc, NADH, e Coenzima A.

Síntese

Ribose 5-fosfato, produzido na via das pentoses-fosfato, reage com ATP formando AMP e 5-fosforibosil 1-pirofosfato (PRPP). O PRPP é utilizado na síntese de purinas e pirimidinas, na recuperação destas bases e na síntese de NAD. Este PRPP reage com glutamina, formando 5-fosforibosilamina + glutamato + pirofosfato. A reação é catalisada pela Glutamina PRPP amido transferase, e é a principal reação reguladora da biossíntese de purinas (é irreversível). Através de outras reações há formação de IMP, que poderá formar Adenilsuccinato ou XMP. O adenilsuccinato forma AMP, que forma ADP para depois formar ATP; o XMP forma GMP, GDP e posteriormente GTP.

Ver também

* Vias de salvamento de Purinas e Pirimidinas

Este artigo é um esboço sobre Bioquímica. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ácidos nucleicos
Bases nitrogenadas: Adenina – Timina – Uracilo – Guanina – Citosina – Purina – Pirimidina
Nucleosídeos: Adenosina – Uridina – Guanosina – Citidina – Desoxiadenosina – Timidina – Desoxiguanosina – Desoxicitidina – Inosina
Nucleotídeos: AMP – UMP – GMP – CMP – ADP – UDP – GDP – CDP – ATP – UTP – GTP – CTP – AMPc – GMPc
Desoxinucleotídeos: dAMP – dTMP – dUMP – dGMP – dCMP – dADP – dTDP – dUDP – dGDP – dCDP – dATP – dTTP – dUTP – dGTP – dCTP
Ácidos nucleicos: DNA – RNA – PNA – RNAm – miRNA – RNAr – RNAt – DNAmt – Oligonucleotídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *