Assaltantes provocam batida


Um veículo tipo caminhonete Pampa foi dividido ao meio na BR 407 em Juazeiro (500Km de Salvador), na altura do Mercado do Produtor, após ser atingido por um Gol conduzido por dois homens que estavam sendo perseguidos pela Polícia Civil. Ninguém ficou ferido. Edimáriovan Alves de Figueiredo e Edemir Cardoso dos Santos, suspeitos de pertencer a uma quadrilha de roubo a caminhões em Juazeiro, foram presos.


Os dois são ex-presidiários. De acordo como delegado da Roubos e Furtos, Nélio Ferreira, a quadrilha roubou nove caminhões nos últimos oito meses nos distritos de Maniçoba, Massaroca e Carnaíba do Sertão, além do município de Curaçá. “São conhecidos pelas características adotadas para levar os caminhões. Eles contratam chapistas e pedem que entrem em contato com caminhoneiros para fazer trabalho de frete. Quando levavam o veículo para carregar nos locais indicados, os motoristas eram mantidos reféns e os caminhões, levados”, explicou o delegado.


A última ação do grupo foi interceptada pela polícia, que conseguiu identificar os “chapistas” Francimar Firmino Bezerra, o ‘Biel’, e Everaldo Alencar dos Santos. Esse último disse que foi envolvido sem suspeitar da intenção da quadrilha. “Biel me procurou e pediu que arranjasse uns caminhões para levar cargas de cebola, melancia e manga. Tentei encontrar alguns, mas não sabia que era para roubá-los”, afirmou Everaldo.


Por meio dos dois “chapistas”, a Polícia entrou em contato com a quadrilha e marcou um encontro na quinta-feira, 21. “Quando chegamos ao local, estavam quatro integrantes da quadrilha. Dois em um carro e dois em motos. Eles desconfiaram da situação e tentaram fugir. Na fuga, Edimário e Demir bateram em um carro na rodovia e foram presos. Os outros dois fugiram”, afirmou o delegado.


A polícia mantém as buscas aos outros dois homens e desconfiam que eles tenham fugido para Feira de Santana. Há indícios de participação de empresários e policiais civis e militares na quadrilha. Edimáriovan Alves de Figueiredo, Edemir Cardoso dos Santos e Francimar Firmino Bezerra, o Biel, que também estavam em posse de um revólver calibre 38, estão à disposição da Justiça. Everaldo Alencar dos Santos foi ouvido e liberado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *