Augusto cesar e donatela vão ter um caso

Lara se aproxima de Flora: “Mas nunca vai gostar dela. Nunca vai ver Flora como mãe”, ele avisa.


Augusto Cesar vai se envolver com Donatela! “O Augusto vai achar que ela é a mulher dele que foi abduzida”, explica João Emanuel.


Donatela ainda vai sofrer muito na prisão: “Ela vai ficar presa umas três semanas e tem um julgamento nesse meio tempo.  Como ela vai conseguir fugir é o segredo”.


Flora e Dodi são “gata e rato”: “A relação entre os dois vai ser sempre de poder.  A Flora é muito muito mais capaz do que ele, muito mais terrível.  Mas ele vai ficar se cercando de artifícios para chantegea-la, para ter poder sobre ela. O Dodi gosta da Flora.  Ela é que não quer nada com ele.  A Flora quer o Zé Bob, que é o amor de Donatela.”


Céu e Halley são vilões? Adoro esses personagens! Gosto muito, pois apesar das coisas ruins que eles fazem, são passiveis de redenção. São paradoxais, capazes de mudar e se tornarem boas pessoas. Eu adoro a Céu e o Halley, porque são dois pobres metidos, e isso é divertido!


Deborah Secco: ”O que ela faz, as pessoas assistem.  É um talento dela”.


A personagem de Giulia Gam: “É um poço de segredos. A Diva vai ter um papel muito grande mais para a frente.  Principalmente a partir do surgimento do par romântico entre Donatela e Augusto Cesar”.


Pares românticos: A novela, que até agora não tinha nenhum par romântico definido, já começa a ter algumas duplas mais sólidas. São triângulos e até “quadriláteros” amorosos! Alguns deles: Zé Bob e Donatela,  Augusto Cesar e Donatela, Cassiano e Lara, Cassiano e Céu,  Lara e Halley, Céu e Halley.


Atrizes de qualidade: “A capacidade que Claudia Raia, Patrícia Pillar e Mariana Ximenes têm de fazer cenas boas é incrível.  Elas conseguem manter uma qualidade muito boa”, elogia João Emanuel.


Por que A Favorita? “A Favorita é a Flora ou a Donatela. A Flora vai conseguir entrar no rancho e ser aceita na família Fontini”, responde o autor.


Catarina e Leonardo: “Helena, personagem da Paula Burlamaqui, será a nova vizinha de Léo e Catarina. Bem bonita, a moça deixará Leonardo obcecado e vai fazer de tudo para conquistá-la, mas Helena se interessará por Catarina. “Ainda não sei se Catarina tomaria esse passo. Helena vai gostar dela, só não sei qual será a reação da personagem diante disso”, garante o autor.


Cassiano: “O persogaem se tornará um famoso cantor da música sertaneja, fará muito sucesso e seu pai, Átila, ficará com inveja do filho, pois sempre quis ser um cantor.”


Irene e Copola: ”Haverá um romance passional da teceira idade. Será algo bem complicado, pois os dois são casados”.


Triângulo amoroso: “Dedina, Damião e Elias viverão um triângulo amoroso.”


Novos personagens: “Perto do capítulo 100 chegará à trama a família do Dodi: o pai e a irmã. O pai vai roubar a noiva de Dodi, só não posso dizer quem é a noiva, e a irmã vai ter alguma coisa com o Silverinha”.


Cilene: “Ela sabe de muita coisa que ainda será desvendada. Ela está envolvida em muitos mistérios da trama”.


A morte de Maíra: “A jornalista sofrerá um acidente e, quando estiver no hospital, receberá a visita de Flora, que desligará os aparelhos do quarto e acabará com a vida da moça.”


Zé Bob na reta: O jornalista pode estar na mira de Flora. “Ele pode ser o Marcelo da vez”, indica o autor.


Flora vai conseguir: “Ela é esperta. Ninguém vai desconfiar dela agora e com isso ela vai consguir muita coisa. Vai morar no rancho e entrar para a empresa de Gonçalo.”


Átila, Cida e Lorena: O autor conta que se surpreendeu com a persoagem Lorena. “Não conhecia o trabalho da Gisele Fróes, estou adorando, esse núcleo está funcionando muito mais do que eu esperava. A Lorena vai descobrir que Atila é louco por Cida,  mas ainda vai demorar um pouco, e terá o dedo do Léo nessa descobreta. Mas eu gosto do casal, torço por eles.”


Mais humor: A novela terá mais humor nessa segunda fase em núcleos como o da família de Romildo e Orladinho. “Será um humor sutil, mas terá um crescimento”.


Um projeto antigo: “A idéia dessa trama existe desde a época da novela Da Cor do Pecado, onde percebi que as pessoas gostavam muito da Bárbara, que era a vilã da trama. Isso me fez pensar em criar uma situação onde a mentira e a verdade entrassem em conflito, e a mocinha e a vilã gerassem dúvida no público.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *