avaliação do teor de nitrato em hortaliças folhosas





























Autor: Silvane Guerra Guadagnin
[en] Evaluation of the nitrate text in folhosas hortaliças produced by different systems of culture.
[pt] Avaliação do teor de nitrato em hortaliças folhosas produzidas por diferentes sistemas de cultivo.
Instituição de Defesa: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Engenharia de Alimentos
Data de Defesa: 2004-02-20
Resumo: [en] Nitrate is naturally present in vegetables as a nitrogen source for their growth, the amount depending on genetic factors, the availability of this nutrient for the plant and environmental factors. It has been estimated that more than 70% of the nitrate ingested daily by man is supplied by vegetables. The present work evaluated the nitrate content in leafy vegetables (watercress, lettuce and arugula) produced by different systems of cultivation (conventional, organic and hydroponic). The daily nitrate ingestion from the consumption of these vegetables by the population was also evaluated. Sampling was carried out during the period from June/2001 to February/2003, the vegetables being acquired directly from producers, from markets and supermarkets from Campinas, São Paulo. Nitrate was extracted from the samples using the procedure recommended by AOAC. A flow injection analysis (FIA) spectrophotometric method was used for the nitrate determination of the ternary complex FeSCNNO+ at 460 nm. A difference was verified (P<0.05) amongst the three systems of cultivation for the average nitrate content in lettuce and arugula, the level found in the organic system being lower than that in conventional culture which in turn, was lower than that in the hydroponic system. For the watercress samples no difference (P<0.05) was found between the organic and hydroponic cultivated samples, both presenting higher nitrate contents (P<0.05) than the conventionally cultivated samples. The nitrate content for each vegetable species varied between producers, between different parts of the plant and in relation to the season. Of the vegetables examined in this study, those cultivated by hydroponics were responsible for the higher contribution to nitrate ingestion, representing about 8.6% of the value for the acceptable daily intake (ADI) established for this ion (3,7 mg of ion nitrate kg-1 of body weight day-1). The effect of the nitrate concentration in the nutrient solution and of the season on the accumulation of nitrate in lettuce cultivated by hydroponics was also verified. The plants were submitted to three treatments: nutrient solution recommended by the manufacturer, containing 152 mg/L of nitrate (NS), NS minus 25% m/v of nitrate (NS-25) and NS plus 25% m/v of nitrate (NS+25). The assays were carried out in February/March (summer) and July/August (winter) of 2002. In the summer, a difference (P<0.05) between the three treatments was verified, the average nitrate content in the lettuces cultivated in the NS+25 being higher than that of those cultivated in the NS which was higher than those cultivated in NS-25. This behavior was not shown in the winter season, where the average nitrate content did not differ (P<0.05) between the treatments. A difference (P<0.05) was found in the nitrate content between the lettuces cultivated in the summer and those cultivated in the winter, except for those cultivated in the NS solution. The plants cultivated in NS-25 solution presented a greater accumulation of nitrate in the winter, whereas those cultivated in the NS+25 solution showed a lower content of this ion in the winter than in the summer. In the summer, a reduction in the nitrate concentration in the nutrient solution (NS-25) was detrimental to growth, color and leaf uniformity of the plants. In the winter, excess nitrate in the nutrient solution (NS+25) inhibited the accumulation of this ion in the plant, as well as harming its growth. These results indicate the importance of controlling the nitrate content of the nutrient solution in the hydroponics cultivation system. The nitrate content in the vegetables was dependent on the cultivation system, the part of the plant and the season when they were cultivated. Leafy vegetables cultivated hydroponically present a higher nitrate content than those produced by conventional and organic cultures. The maximum daily nitrate intake calculated from the consumption of the vegetables under study, represented about 8.6% of the value for the ADI established.
[pt] O nitrato está naturalmente presente nos vegetais como fonte de nitrogênio para seu crescimento, sendo que seu teor depende de fatores genéticos, da disponibilidade desse nutriente para a planta e de fatores ambientais. Estima-se que mais de 70% do nitrato ingerido diariamente pelo homem são fornecidos pelos vegetais. O presente trabalho avaliou o teor de nitrato em hortaliças folhosas (agrião, alface e rúcula) produzidas por diferentes sistemas de cultivo (convencional, orgânico e hidropônico) e estimou a ingestão diária de nitrato proveniente do consumo desses vegetais pela população. A amostragem foi realizada no período de Junho/2001 a Fevereiro/2003, sendo que as hortaliças foram adquiridas junto aos produtores, em feiras e em supermercados da região de Campinas, São Paulo. A extração do nitrato das amostras seguiu o procedimento recomendado pela AOAC, sendo que o método utilizado para a determinação de nitrato foi análise por injeção em fluxo (FIA), com detecção espectrofotométrica do complexo ternário FeSCNNO+ em 460 nm. Foi verificada diferença (P<0,05) entre os três sistemas de cultivos, quanto ao teor médio de nitrato em alface e rúcula, sendo que no sistema orgânico foi inferior ao do cultivo convencional, e este inferior ao do hidropônico. Para as amostras de agrião, não foi verificada diferença (P<0,05) entre os cultivos orgânico e hidropônico, os quais apresentaram teor de nitrato superior (P<0,05) ao das amostras cultivadas convencionalmente. O teor de nitrato para cada espécie vegetal variou entre produtores, em diferentes partes da planta e com relação ao período sazonal. Dentre as hortaliças incluídas neste estudo, as cultivadas por hidroponia são as responsáveis pela maior contribuição na ingestão de nitrato, representando cerca de 8,6% do valor de ingestão diária aceitável (IDA) estabelecida para este íon (3,7 mg de íon nitrato kg-1 de peso corporal por dia). Também foi verificado o efeito da concentração de nitrato na solução nutritiva e do período sazonal no acúmulo de nitrato em alface cultivada por hidroponia. As plantas foram submetidas a três tratamentos: solução nutritiva recomendada pelo fabricante, contendo 152 mg/L de nitrato (SN), SN menos 25% m/v de nitrato (SN-25) e SN mais 25% m/v de nitrato (SN+25). Os ensaios foram realizados em fevereiro/março (verão) e julho/agosto (inverno) de 2002. No verão foi verificada diferença (P<0,05) entre os três tratamentos, sendo que o teor médio de nitrato nas alfaces cultivadas com a solução SN+25 foi superior ao das cultivadas com a SN e este superior ao da SN- 25. Este comportamento não foi verificado no inverno, onde o teor médio de nitrato não diferiu (P<0,05) entre os tratamentos. Verificou-se diferença (P<0,05) entre o teor de nitrato nas alfaces cultivadas no verão e inverno, exceto as cultivadas na solução SN. As plantas cultivadas na solução SN-25 apresentaram maior acúmulo de nitrato no inverno, ao passo que nas cultivadas na solução SN+25 no inverno, o teor desse íon foi inferior comparado ao verão. No verão, a diminuição da concentração de nitrato na solução nutritiva (SN-25) prejudicou o crescimento, coloração e uniformidade foliar das plantas. Já no inverno, o excesso de nitrato na solução nutritiva (SN+25) inibiu o acúmulo desse íon na planta, assim como prejudicou o crescimento da mesma. Esses resultados indicam a importância do controle do teor de nitrato na solução nutritiva no cultivo por hidroponia. O teor de nitrato nos vegetais estudados foi dependente do sistema de cultivo, da parte da planta, assim como do período sazonal em que foram cultivados. Em geral, vegetais folhosos cultivados por hidroponia apresentam teor de nitrato superior àqueles produzidos por cultivo convencional e orgânico. A ingestão diária máxima de nitrato calculada a partir do consumo das hortaliças estudadas, representa cerca de 8,6% do valor de ingestão IDA estabelecida para este íon.
Titulação: Mestre em Ciencia de Alimentos
Contribuidor(es): Felix Guillermo Reyes Reyes [Orientador]
Helena Teixeira Godoy
Felix G. Reyes Reyes
Adriana Vitorino Rossi
Susanne Rath
Silvia Cazenave
Assuntos: [en] Nitrates
[en] Hidroponia
[en] Hortaliças
[pt] Nitratos
[pt] Hortaliças
[pt] Hidroponia
Documentos Digitais: Download Arquivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *