Cantores brasileiros araci de almeida

Teve grande convivência com o compositor Noel Rosa. Também foi jurada do programa Show de Calouros de Silvio Santos. Era conhecida como “Dama da Central” (do Brasil), pois somente viajava de trem.


Cantava samba, mas era apreciadora de música clássica e se interessava por leituras de psicanálise, além de ter em sua casa quadros de importantes pintores brasileiros como Aldemir Martins e Di Cavalcanti, com quem mantinha amizade. Os que conviviam com ela, na intimidade ou profissionalmente, a viam como uma mulher lida e esclarecida. Tratada por amigos pelo apelido de “Araca”, Noel Rosa disse, em 1933, numa entrevista a Orestes Barbosa, para “A Hora” disse: “Aracy de Almeida é, na minha opinião, a pessoa que interpreta com exatidão o que eu produzo”.



  • Apesar de desbocada, ainda menina, canta sambas e marchas nas Escolas de Samba.
  • Em 1933 apresentado a Custódio Mesquita a conduz ao seu programa na Rádio Educadora, ano que conhece Noel Rosa e nasce ali uma grande amizade, apesar de nunca haver nenhuma relação amorosa, Noel mesmo assim compôs para ela música Riso de Crianças, que Aracy grava em 1935. A partir de então, passa a compor músicas exclusivas para ela.
  • Devido a sua estatura, baixa, magra, não frequentou o Cassino da Urca e nem é capa de revista.
  • Com a morte de Noel Rosa em 1937, passa a compor marchinhas carnavalesca.
  • Em 1946 estréia no cinema com o filme Segura Esta Mulher
  • Na década de 50 troca o Rio de Janeiro por São Paulo e é contratada pela Rádio Record.
  • Na década de 70 atua na televisão como apresentadora e jurada, na Buzina do Chacrinha e depois no Show de Calouros, apresentado por Sílvio Santos.
  • Faleceu em 20 de junho de 1988, de embolia pulmonar, aos 74 anos de idade, no Rio de Janeiro.


[editar] Discografia


Janeiro 1934 – Cantadas por Aracy de Almeida, Pixinguinha e sua Orquestra.



Canção, tipo e compositor.


  • Em Plena Folia (marcha) – Julieta de Oliveira
  • Golpe Errado (marcha) – Jaci

Dezembro de 1934



  • Riso de Criança (samba) – Noel Rosa
  • Saudade do Meu Papai (marcha) – Walfrido Silva/Roberto Martins
  • Triste Cuíca (samba) – Noel Rosa/Hervê Cordovil


[editar] Maiores sucessos (ordem cronológica)



  • 1935 – Palpite Infeliz
  • 1936 – O X do Problema
  • 1936 – Não Quero Mais
  • 1936 – Manda Embora Essa Tristeza
  • 1936 – Só Pode Ser Você
  • 1936 – Já Faz Um Ano
  • 1936 – Palpite Infeliz
  • 1937 – Qual o Quê (com Os Diabos do Céu)
  • 1937 – Eu Sei Sofrer
  • 1938 – Último Desejo
  • 1938 – Vaca Amarela (com Lamartine Babo)
  • 1938 – Veneza Americana
  • 1938 – Rapaz Folgado
  • 1938 – Feitiço da Vila
  • 1938 – Tenha Pena de Mim
  • 1939 – Camisa Amarela
  • 1939 – Pedro Viola
  • 1939 – Chorei Quando o Dia Clareou
  • 1939 – Passarinho do Relógio (Cuco)
  • 1940 – Miserê
  • 1941 – Gênio Mau
  • 1942 – A Mulher do Leiteiro
  • 1942 – Fez Bobagem
  • 1942 – Engomadinho
  • 1944 – Tudo Passa
  • 1944 – Ninguém Ensaiou
  • 1944 – Gosto Mais do Salgueiro
  • 1945 – Escandalosa
  • 1946 – Saia do Caminho
  • 1946 – Louco (Ela e Seu Mundo)
  • 1947 – Quem Foi
  • 1947 – Pela Décima Vez
  • 1948 – Bairros de Pequim
  • 1948 – Não Me Diga Adeus
  • 1949 – João Ninguém
  • 1949 – Filosofia
  • 1950 – Não Tem Tradução
  • 1951 – Com Que Roupa
  • 1951 – O Orvalho Vem Caindo (com Kid Pepe)
  • 1951 – Feitio de Oração (com Vadico)
  • 1951 – Três Apitos
  • 1953 – Se Eu Morresse Amanhã
  • 1955 – Fita Amarela
  • 1957 – Bom Dia, Tristeza

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *