Como evitar o excesso de transpiração?

Resumo


A transpiração é um mecanismo do corpo para manter a temperatura do corpo estável. Ela em geral aumenta quando a temperatura sobe, quando o nosso corpo gera calor fazendo exercício ou em situações de estresse.
Mas algumas pessoas transpiram em excesso. Embora não costume ser um problema grave, é desagradável, provoca vergonha e isolamento social. Quando a transpiração é principalmente nas mãos, nos pés e nas axilas, se chama hiper-hidrose (hiper: muito, hidro: água) primária, e é causada por um aumento da atividade do sistema nervoso simpático, que envia um estímulo exagerado às glândulas sudoríparas.



Opções






























1


Use roupas de tecidos leves (algodão ou linho), claras e soltas. Evite os tecidos sintéticos e que possam desbotar.


2


Use maquiagem à prova dágua.


3


Tenha sempre lenços descartáveis e, se for o caso, peças de roupa para trocar.


4


Evite lugares muito quentes e mantenha a sua casa ventilada.


5


Consuma com moderação bebidas alcoólicas, bebidas com cafeína e comidas picantes.


6


Escolha antitranspirantes fortes que contenham de 10% a 15% de hexahidrato de cloreto de alumínio. Eles podem causar irritação na pele, se você for sensível, ou manchar a roupa. Os desodorantes não evitam a transpiração, mas combatem o cheiro do suor.


7


Adote medidas para combater o estresse:



  • Faça uma atividade física aeróbica e complemente-a com a prática de ioga ou tai chi chuan.
  • Aprenda técnicas de relaxamento muscular: deite e concentre-se seqüencialmente em cada músculo do seu corpo, começando pela cabeça.
  • Contraia cada região durante 15 segundos e depois relaxe. Faça isso durante 15 minutos, estique-se e acomode-se lentamente.
  • Faça exercícios de respiração profunda. Sente-se e respire deixando o ar entrar pelo abdômen, prenda o ar, conte até cinco e depois solte o ar contando de novo até cinco. Quando o abdômen se esvazia de ar o umbigo afunda. Faça isso durante 15 minutos.

8


Os tratamentos específicos devem ser prescritos por um médico. Veja alguns deles:



  • Cloreto de alumínio: são aplicadas soluções de cloreto de alumínio nas regiões de mais transpiração; depois a região é coberta com um plástico ou filme durante a noite toda.
    Este procedimento deve ser repetido cerca de três vezes nas primeiras duas semanas e depois uma vez por semana ou a cada 15 dias.

9


Ionforese: esta técnica utiliza a eletricidade para fechar temporariamente as glândulas sudoríparas; é mais eficaz nas mãos e nos pés. São realizadas várias sessões de 10 a 20 minutos em que as mãos e os pés ficam mergulhados em água e submetidos a uma corrente elétrica suave que vai aumentando aos poucos.


10


Toxina botulínica: é aplicada nas axilas e, mais raramente, nas palmas das mãos. São injetadas pequenas doses da substância, que bloqueia temporariamente os nervos que estimulam a transpiração. O efeito dura de três a seis meses.


11


Medicamentos: entre os medicamentos usados estão os anticolinérgicos.


12


Cirurgia: é realizada em pacientes com transpiração excessiva nas palmas das mãos, mas não é tão eficaz para as axilas. A simpaticotomia torácica por via endoscópica bloqueia o mecanismo que dá ordem ao corpo para transpirar intensamente.




Importante



  • A transpiração excessiva afeta de 2% a 3% da população. Procure o tratamento adequado para o seu caso.
  • Se você nunca teve esse problema e de repente começou a transpirar demais, e não está no climatério, procure um médico para descobrir a causa do problema.


Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como evitar o excesso de transpiração

Como evitar o excesso de transpiração

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *