Como resolver uma fatoração?

Fatorar uma expressão algébrica significa escrevê-la na forma de um produto de expressões mais simples.


Casos de fatoração:


FATOR COMUM
ax + bx + cx = x . (a + b + c)


O fator comum é x.


12×3 – 6×2 + 3x = 3x . (4×2 – 2x + 1)


O fator comum é 3x.


AGRUPAMENTO


ax + ay + bx + by


Agrupar os termos de modo que em cada grupo haja um fator comum.


(ax + ay) + (bx + by)


Colocar em evidência o fator comum de cada grupo


a(x + y) + b(x + y)


Colocar o fator comum (x + y) em evidência


(x + y) . (a + b) Þ Este produto é a forma fatorada da expressão dada


DIFERENÇA DE DOIS QUADRADOS


A expressão a2 – b2 representa a diferença de dois quadrados e sua forma fatorada é :


(a + b) (a – b)


Ex: x2 – 36 = (x + 6) (x – 6)


TRINÔMIO QUADRADO PERFEITO


a2 + 2ab + b2


Um trinômio é quadrado perfeito quando :


– dois de seus termos são quadrados perfeitos (a2 e b2 )


– o outro termo é igual ao dobro do produto das raízes dos quadrados perfeitos (2ab)


a2 + 2ab + b2 = (a + b)2


Ex: x2 + 6x + 9 = (x + 3)2



a2 – 2ab + b2 = (a – b)2


Ex: x2 – 6x + 9 = (x – 3)2


TRINÔMIO DO 2O GRAU


Trinômio do tipo x2 + Sx + P


Devemos procurar dois números a e b que tenham soma S e produto P.


x2 + Sx + P = (x + a) (x + b)


Ex: x2 + 5x + 6 = (x + 2) (x + 3)


x2 + 2x – 8 = (x + 4) (x – 2)


x2 – 5x + 6 = (x – 2) (x – 3)


x2 – 2x – 8 = (x – 4) (x + 2)


SOMA DE DOIS CUBOS


A expressão a3 + b3 representa a soma de dois cubos.


Sua forma fatorada é :


(a + b) (a2 – ab + b2)


Ex: x3 + 8 = (x + 2) (x2 – 2x + 4)


DIFERENÇA DE DOIS CUBOS


A expressão a3 – b3 representa a diferença de dois cubos.


Sua forma fatorada é :


(a – b) (a2 + ab + b2)


Ex: x3 – 27 = (x – 3) (x2 + 3x + 9)


Fonte: www.sosmatematica.com


Fatoração


Quando a gente fatora uma expressão, na verdade, a gente esta transformando
esta expressão em fatores de uma multiplicação. Para conseguirmos isto utilizamos
algumas técnicas tais como:


1. Fator comum em evidência
2. Agrupamento de termos semelhantes
3. Diferença de dois quadrados
4. Trinômio quadrado perfeito.
5. Trinômio do segundo grau.


Achou alguns nomes acima complicados ? Não se preocupe! Vamos ver, a seguir,
um exemplo de cada uma destas técnicas utilizadas para a fatoração de uma expressão.


1. Fator comum em evidência: 12×2 + 4×3 – 8×4


Nesta técnica a gente verifica cada um dos termos, procurando ver se os
coeficientes (o que fica na na frente das variáveis x, y etc), podem ser
divididos por um certo número. Neste caso 12, +4, -8 podem ser divididos
por 4. Então, colocamos o número 4 em evidência, ou seja, antes de um
parênteses, dividimos cada um dos coeficientes por 4 e escrevemos o
resultado no lugar o próprio coeficiente. Veja:


12×2 + 4×3 – 8×4
4 (3×2 + 1×3 – 2×4). Observe que se multiplicarmos o 4 pelos novos coeficientes
3, 1 e -2 iremos ter de volta os coeficientes originais 12, 4 e -8.


Nós escolhemos o 4 para dividir os coeficientes porquê ele é o maior número que
pode dividir cada um dos coeficientes. Não poderíamos ter escolhido, o 8, por exemplo, pois ele é maior que o 4 e não daria para fazer divisão exata, ok ?


1. Fator comum em evidência (Continuação) :


12×2 + 4×3 – 8×4 = 4 (3×2 + 1×3 – 2×4)
Agora precisamos verificar se podemos dividir cada um dos termos que estão dentro
dos parênteses, por um mesmo fator literal (que contém letra). Neste caso podemos
notar que o fator x2 serve para dividir cada uma dos termos da expressão.
Desta forma, escrevemos o x2 antes dos parênteses, ao lado do número 4, e dividimos
cada um dos termos por ele. Veja como fica:


4×2 (3 + 1x – 2×2)


Lembrete: x4 / x3 = x (Divisão de


de mesmba base: repete a base e subtrai
os expoentes.
Observe que se multiplicarmos o 4×2 pelos termos dentro dos parênteses iremos obter
a expressão original 12×2 + 4×3 – 8×4. Desta forma, através da técnica de por o fator
comum em evidência, da fatoração, concluímos que 12×2 + 4×3 – 8×4 = 4×2 (3 + x – 2×2).


2. Agrupamento dos termos semelhantes: xy + xz + ay + az


Esta técnica de fatoração consiste em juntar os termos que são iguais e tentar
colocar algo em evidência como fizemos nos exemplos anteriores. Vejamos:
vamos fatorar xy + xz + ay + az.


Primeiro a gente tenta ver os termos que têm partes iguais. Neste caso o xy e xz
têm algo igual: a letra x e, portanto, a gente pode por o x em evidência, que nem fizemos
no exemplo anterior, e o y e o z dentro dos parênteses. Veja:xy + xz = x(y +z).
Então até agora estamos assim: xy + xz + ay + az = x(y +z) + ay + az.


Segundo, a gente nota também que o ay e o az têm parte comum: a letra a. Então
fazemos a mesma coisa: ay + az = a (y + z). Desta forma a expressão original
xy + xz + ay + az é igual a x(y +z) + a (y + z). Finalmente notamos que (y + z) é
comum a x e a, então fazemos novamente a mesma coisa. Colocamos o (y + z) em
evidência e o x e o a dentro dos parênteses. Veja: (y + z) (x + a). Observe que se
fizermos esta multiplicação obteremos a expressão original pois (y + z) (x + a) = xy + xz + ay + az.


3. Diferença de dois quadrados: x2 – y2


Esta técnica consiste em notar que a expressão, ou parte dela, nada mais é que
o resultado de um produto notável do tipo produto da soma pela diferença.


Neste caso, percebemos que a expressão x2 – y2 é o resultado do desenvolvimento
do produto notável (x + y )( x – y ).


Então ao invés de escrevermos x2 – y2 simplesmente escrevemos os fatores
(x + y )( x – y ) pois x2 – y2 = (x + y )( x – y ).


4. Trinômio quadrado perfeito: x2 +2xy + y2


Assim como o caso anterior, esta técnica consiste em notar que a expressão, ou parte dela,
nada mais é que o resultado de um produto notável do tipo a mais b ao quadrado.


Neste caso, percebemos que a expressão x2 +2xy + y2 é o resultado do desenvolvimento
do produto notável (x + y )2.


Então ao invés de escrevermos x2 +2xy + y2 simplesmente escrevemos (x + y )2 pois
x2 +2xy + y2 = (x + y )2.


5. Trinômio do segundo grau: x2 +7x +12


Nesta última técnica, procuramos identificar na expressão, um trinômio do
segundo grau. No exemplo acima, se observarmos atentamente, notaremos
que -7 é a soma das raízes da equação e 12 é o produto destas raízes.


Lembrete: Numa equação do segundo grau a soma das raízes é dada por
-b/a e o produto é dado por c/a, sabendo-se que neste caso a=1, b=7,
e c=12, fica fácil perceber que a Soma é -7/1=-7 e o Produto é 12/1 = 12.


Agora que sabemos a soma (-7) e o produto (12) calculamos por tentativa,
dois número cuja soma seja -7 e o produto seja 12…é claro que os números
são -3 e -4 pois (-3) + (-4) = -7 e (-3).(-4) = 12. Daí escrevemos os fatores
(x – primeira raiz ).(x – segunda raiz) = (x – (-3).(x – (-4) = (x + 3) (x + 4).


Note que efetuando a multiplicação dos fatores (x + 3) (x + 4) obteremos
a expressão original x2 +7x +12.


Fonte: www.interaula.com


Fatorção


Fatorar é transformar equações algébricas em produtos de duas ou mais expressões, chamadas fatores.


Ex: ax + ay = a.(x+y)


Existem vários casos de fatoração como:


1) Fator Comum em evidência


Quando os termos apresentam fatores comuns


Observe o polinômio:


ax + ay » Ambos os termos apresentam o fator a em evidência.


Assim: ax + ay = a.(x+y)
Forma fatorada


Exs : Fatore:



2) Fatoração por agrupamento


Consiste em aplicar duas vezes o caso do fator comum em alguns polinômios especiais.


Como por exemplo:


ax + ay + bx + by
Os dois primeiros termos possuem em comum o fator a , os dois últimos termos possuem em comum o fator b. Colocando esses termos em evidência:


a.(x+y) + b.(x+y)


Este novo polinômio possui o termo (x+y) em comum. Assim colocando-o em evidência:


(x+y).(a+b)


Ou seja: ax + ay + bx + by = (x+y).(a+b)


Exs: Fatore:



3) Fatoração por diferença de quadrados:


Consiste em transformar as expressões em produtos da soma pela diferença, simplesmente extraindo a raiz quadrada de cada quadrado


Assim: x2 – 9 = (x + 3).(x – 3)


Exs: Fatore:



4) Fatoração do trinômio quadrado perfeito:


O trinômio que se obtém quando se eleva um binômio ao quadrado chama-se trinômio quadrado perfeito.


Por exemplo, os trinômios (a2 + 2ab + b2 ) e ( a2 – 2ab + b2 ) são quadrados perfeitos porque são obtidos quando se eleva (a+b) e (a-b) ao quadrado, respectivamente.


(a + b)2 = a2 + 2ab + b2 (a – b)2 = a2 – 2ab + b2




Fonte: www.vestibular1.com.br

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *