Deserto do atacama

Deserto do Atacama



Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.






Deserto do Atacama

Deserto do Atacama

O deserto do Atacama está localizado na região norte do Chile. Com cerca de 200 km de extensão, é considerado o deserto mais alto e mais árido do mundo, pois chove muito pouco na região, em conseqüência das correntes marítimas do Pacífico não conseguirem passar para o deserto, por causa de sua altitude. Assim, quando se evaporam, as nuvens úmidas descarregam seu conteúdo antes de chegar ao deserto, podendo deixá-lo durante épocas sem chuva. Isso o torna de aridez incrível.


As temperaturas no deserto variam entre 0ºC à noite e 40ºC durante o dia. Em função destas condições existem poucas cidades e vilas no deserto; uma delas, muito conhecida, é San Pedro do Atacama ou São Pedro do Atacama, que tem pouco mais de 3 000 habitantes e está a 2 400 metros de altitude. Por ser bem isolada é considerada um oásis no meio do deserto e o principal ponto de encontro de viajantes do mundo inteiro, mochileiros, fotógrafos, astrônomos, cientistas, pesquisadores, motociclistas e aventureiros.


Apesar de pequena e isolada no coração do deserto mais árido do mundo, San Pedro possui uma vida agitada, mesmo depois da meia noite, os bares e restaurantes ficam lotados com pessoas conversando e planejando o dia seguinte.







Índice

[esconder]



[editar] História


A região foi primeiramente habitada pelos atacamenhos, povo da região juntamente com a civilização dos nativos aymaras, ambos deixaram um legado inestimável em termos arqueológicos, daí o seu nome deserto do Atacama.


Tal riqueza é guardada em importantes museus, salientando-se o Museu de San Miguel de Azapa localizado no Vale de Azapadadeduer distante 12 km de Arica e o Museu Del Padre Le Paige, em San Pedro do Atacama.


Há importantes manifestações de arte rupestre pré-colombianas na região, que é o berço de uma das maiores esculturas de figura humana feita na pré-história, o Gigante do Atacama.


Nas entranhas do deserto também podem-se descobrir ruínas intactas como as Vivendas Circulares de Tulor, que datam do 800 a.C., e as pukaras, fortalezas de defesa em Quitor e Lasana, além do centro administrativo Inca em Catarpe,Aricae Ásia.



[editar] Características



[editar] Clima


Possui clima quente durante o dia e frio à noite, mas ao longo do ano é seco, apresentando variações de temperatura que vão de 0°C a 40°C. A falta de chuva nessa região é devida à altitude, que impede que as nuvens vindas do Pacífico cheguem ao deserto atravessando as montanhas. A variação de temperatura é característica dos desertos. Já foi registrado como o menor índice pluviométrico do planeta.



[editar] Flora


É formada basicamente por árvores de pequeno porte, arbustos e cactos. Um terreno muito seco pouco propicio a brotar algumas plantas.



[editar] Fauna


A fauna é formada por animais pequenos como ratos, lagartos e cobras, também há presença de lhamas, guanacos, flamingos e outros animais que com o tempo foram se adaptando ao clima.



[editar] Geografia


O terreno da região é bastante diversificado tanto no aspecto de altitude como de formação, variando de altitudes quase ao nível do mar até 6 885 metros, como no caso do vulcão Ojos del Salado. Também encontram-se áreas marcadas por erosão, dunas e montanhas. O solo é diversificado, mas é composto basicamente de sal e areia.



[editar] Hidrografia


A região, apesar de ser seca e não apresentar um índice pluviométrico relevante, apresenta alguns lagos com água quase todo o ano, servindo de fonte de vida tanto para os habitantes da região quanto para os animais os quais lá habitam.



[editar] Curiosidades



  • O deserto do Atacama é o lugar na Terra que passou mais tempo sem presenciar chuvas, sendo registrados 400 anos sem indícios de chuva.
  • É considerado o deserto mais alto e árido.
  • Apesar de não haver chuvas é quase comum nevar em partes da região perto dos vulcões.
  • O Deserto do Atacama pode ser comparado com algumas cidades em certas épocas como Campo Grande nos períodos de Setembro, pela causa da umidade do ar ficar mais baixa que o deserto mas a temperatura menor.


[editar] Turismo


O Deserto do Atacama é um muito visado por turistas, para prática do trekking, montanhismo, montaria, off-road e mountain bike, e arqueólogos devido a possuir interessantes artefatos arqueológicos e históricos, além de salinas, gêiseres, vulcões, lagoas coloridas, vales verdejantes e canyons de água cristalina. Também há múmias com mais de 1000 anos deixadas pelos Chinchorros (antigos habitantes da área).



[editar] Pontos turísticos




[editar] Galeria














Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *