Douglas costa deve ser barrado após elogios

Douglas Costa deve ser barrado após elogios


Revelação tricolor deve ser colocada na reserva nas próximas partidas



O técnico Celso Roth reconheceu que, em tese, as duas próximas rodadas favorecerão o Grêmio em sua disputa com o Palmeiras pela liderança. Ele lembrou que, enquanto sua equipe enfrentará a Portuguesa, no Canindé, e o Sport, no Olímpico, o concorrente terá um clássico contra o São Paulo e, depois, irá ao Rio de Janeiro enfrentar um Fluminense louco por recuperação.

– Em tese, isso é verdade. Mas precisamos confirmar a liderança dentro de campo. Como? Mantendo a dedicação, a entrega total e a confiança que mostramos nos dois últimos jogos depois daquela goleada acidental que o Internacional nos aplicou – disse Roth.


Ele fez alguns reparos na equipe. A passagem simultânea dos volantes Rafael Carioca e William Magrão além da linha da bola criou problemas para a zaga, ressaltou. Os erros de passe e a ligação direta depois dos 20 minutos foi outra crítica. Mas, no geral, Roth estava entusiasmado com a recuperação do Tricolor.


– Vejam que não contamos com jogadores da estatura de Tcheco, Perea, Souza e Pereira, e conseguimos duas vitórias. Não vitórias consistentes, como se desejava, mas mesmo assim, dignas do estilo do Grêmio. Quer dizer que temos um grupo de qualidade – disse.


Roth fez elogios ao meia Douglas Costa, de 18 anos, que disputou sua segunda partida.


– Hoje ele já foi melhor, pois teve a vitória pessoal, mostrando habilidade e agilidade no drible e também participou da marcação. Aumentou seu aprendizado. Mas precisamos ir com calma, ele é um garoto e precisa crescer – completou.


Dentro desse raciocínio, Roth não quis garantir a permanência do meia e dos outros jovens, Felipe Mattioni e Hélder, nas próximas partidas.


– Nesse momento, eu diria que nem todos ficarão na equipe. Mas vou pensar com calma mais adiante – disse.


O meia Tcheco, titular absoluto da posição ocupada por Douglas Costa, cumpriu suspensão de dois jogos e voltará contra a Portuguesa. O menino poderia atuar como segundo-atacante?


– Não, não pode. Colocar o garoto a atuar de costas? Não vamos inventar, gente – encerrou Roth.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *