elementos sulcadores para semeadoras adubadoras





























Autor: Jose Luis Duarte Coelho
[pt] Avaliação de elementos sulcadores para semeadoras-adubadoras utilizadas em sistemas conservacionistas de manejo do solo
Instituição de Defesa: Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Engenharia Agricola
Data de Defesa: 1998-12-23
Resumo: [en] Considerring that 55 million hectares composes the current brazilian agriculture, around 70% are represented by annual crops, which up than 86% are rains, that grows in Conventional Tillage and Planting Systems. This practice has a negative impact on environment due the water and soil losts on erosion processo It promotes excessive soil compaction and increase significantly the cost production mainly due the ennergy cost of the successive soil tiIIage before planting time. This fact is responsible by the reduction of the growers investments capacity and they decrease more and more the competitiveness against international competitors and resulting strong social and economic damage to the country . Although it is used the same version of planter in order to implement those crops on Conservation Tillage with highlights to minimum tillage and no-tillage ( it s called “plantio direto” by the brazilian growers ), the more critic operational condition will be always the second. It will be because the quantity of the covering material ( straw or mulching ) means one of the most significative operational difficulties will be always bigger on no-tillage. The double disc furrow openers are the more commom models in Brazil and their operation request another cut disc for straw. The reason of the sucess is that it model has a big versatility and because doesn t revolve a lot the soil, but in other hand they have several operationallimitation.The big of them is regarding fertilizer units mainly when the operation is on clay soils, or in compacted soils. In order to solve this problem, recently they were introduced in brazilian market furrow openers versions on chisel or “knife” format that are able to achieve until 150 mm depth. It hadnot still been used single disc furrow opener with a small angle ( 7° ) on seeder unit, therefore the proposal of this work was an evaluation the performance of tive different combinations of furrow openers elements, three of them as prototypes. Therefore the experiment was implemented in an agricultural area of the Departamento de Engenharia Rural-ESALQ/USP, in Piracicaba/SP. The experimental tield was of randomized blocks with 4 replications and the data were analysed by SANEST software that is a statistical package. The evaluated parameters were: soil covering, furrow opener area, mobilized soil in the furrow and specitic resistance for opening furrows. The furrow openers that are assembled by discs in both units (seeds and fertilizers) presented the smaller net force and midellemen values of mobilized soil in the furrow. The furrow openers that only possess discs as active elements, in fertilizer and seeds units requested smaller values of net forces. The Duncan Test showed that S1 and S3 didn t present statistical differences in terms of traction force requirements and mobilized soil in the furrow considering the levei of 1 % of probability and didn t present statistical difference regarding S2 with 5% of probability, too. The chisel furrow openers presented the worse results regarding traction force requirements and in terms of excessive mobilization of the soil too. Therefore, the main conclusion is that the disc furrow openers presented the best performance in this study and that are able to work in Conservation Systems as Minimum Tillage and No-tillage too
[pt] Dos 55 milhões de hectares que compõem a agricultura brasileira atualmente, cerca de 70% são representados por culturas anuais, dos quais mais de 86% são representados por grãos, onde ainda predominam sistemas de produção que empregam métodos convencionais de manejo do solo. Essa prática, impacta negativamente no meio ambiente devido as perdas de água e solo, principalmente decorrentes de processos erosivos. Promove também excessiva compactação do solo e ainda eleva significativamente os custos de produção, principalmente devido ao custo energético das sucessivas operações de mobilização de pré-plantio. Isso torna os agricultores brasileiros pouco competitivos frente aos competidores internacionais, descapitalizando-os e trazendo grandes prejuízos sociais e econômicos ao país. Embora se utilize o mesmo modelo de semeadora-adubadora para implantação dessas culturas em sistemas conservacionistas de manejo do solo, com destaque para o preparo reduzido e para a semeadura direta ( mais conhecida pelos agricultores como “plantio direto”), a condição operacional mais crítica sempre será a segunda. Isso porque a quantidade de material em cobertura da superfície do solo, que representa uma das mais significativas dificuldades operacionais, será sempre maior na semeadura direta. Os sulcadores do tipo discos duplos, cujo trabalho é auxiliado por um terceiro disco de corte para a palha, ainda são os modelos mais utilizados no país devido à sua versatilidade e também pelo fato de mobilizarem menor volume de solo, porém os mesmos apresentam inúmeras limitações operacionais. A maior delas relaciona-se às unidades adubadoras, principalmente quando se pretende operar em profundidades de mais de 70 mm, principalmente em solos mais argilosos, ou levemente compactados. Para tentar resolver o problema, mais recentemente foram introduzidos no mercado versões de sulcadores do tipo faca, para permitir maior profundidade de trabalho ( podem atingir até 150 mm e são específicos para a unidade adubadora) , associadas à sulcadores de discos duplos na unidade semeadora. Ainda não se havia empregado sulcador de disco simples angulado na unidade semeadora e, portanto, a proposta desse trabalho foi justamente avaliar comparativamente o desempenho de cinco diferentes combinações de elementos sulcadores para unidades adubadoras e semeadoras, sendo que, três das quais são protótipos desse tipo de sulcador de disco. Assim sendo, em área experimental do Departamento de Engenharia Rural da ESALQ-USP, em Piracicaba-SP, num Podzólico Vermelho Escuro, eutrófico, com 40,54% de argila, sob pivô central e há quatro safras em sistema de plantio direto na palha, implantou-se o presente experimento. Os parâmetros estudados para avaliação operacional foram: cobertura da superfície do solo, secção transversal do sulco, força líquida de tração para cada linha semeadora/adubadora, volume de solo mobilizado por unidade de área e resistência específica. Os resultados obtidos evidenciam que as configurações de elementos sulcadores que possuem facas sulcadoras para a unidade adubadora, discos simples angulados para a unidade semeadora e disco de corte para a palha, não obstante necessitarem de maiores esforços de tração, para a mesma velocidade operacional, como nos casos dos tratamentos 84 e 85 que exigiram 2890,22 N e 2756,41 N, respectivamente. Os referidos tratamentos ainda produziram as maiores secções transversais de sulco mobilizado e, consequentemente, os maiores volumes de solo mobilizado por unidade de área. O tratamento 82 foi o que a apresentou a menor exigência de força de tração líquida e valores intermediários de secção transversal de sulco produzido, resultando na menor resistência específica obtida nessa operação. Os elementos sulcadores que possuem apenas discos como órgãos ativos, tanto na unidade adubadora, como na unidade semeadora, demonstraram exigir os menores valores de força de tração líquida, proporcionando menores secções transversais de sulco mobilizado e, portanto, os menores volumes de solo mobilizado por unidade de área. Isto pode ser observado nos tratamentos 81 e 83, que pelo Teste de Duncan não diferiram estatísticamente entre si ao nível de 1 % de probabilidade e, nem do tratamento 82 ao nível de 5% de probabilidade, podendo-se concluir, fundamentalmente, que os elementos sulcadores de discos foram os que melhor desempenharam suas respectivas funções na operação de semeadura nessa condição de semeadura em sistema conservacionista
Titulação: Mestre em Engenharia Agricola
Contribuidor(es): Paulo S. G. Magalhães
Assuntos: [pt] Plantadeiras (Maquinas agrícolas)
[pt] Solos – Manejo
[pt] Plantio direto
Documentos Digitais: Download Arquivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *