Enfermidades encaminhadas ao orocentro fop unicamp





























Autor: Newton Cesar Kamei
[pt] Estudo das ocorrencias de enfermidades encaminhadas ao Orocentro/FOP-UNICAMP entre os anos de 1980-1998
Instituição de Defesa: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Odontologia de Piracicaba
Data de Defesa: 2000-12-04
Resumo: [pt] As patologias diagnosticadas no OROCENTRO/FOP-UNICAMP, tanto clínica quanto histologicamente, foram distribuídas em grupos, permitindo estudo comparativo entre elas. Além disso, foi possível verificar a prevalência de cada enfermidade em seu grupo e a distribuição geral de todas as enfermidades de acordo com suas incidências. Foram analisados 3096 diagnósticos, dentro de um período de 18 anos, levando em consideração a queixa principal dos pacientes e o resultado histopatológico. Os resultados foram subdividos em 17 grupos, de acordo com as características clínicas ou histológicas. Dentro deste estudo, pudemos concluir que dentre as patologias mais comuns, as hiperplasias papilares inflamatórias e as hiperplasias fibrosas inflamatórias, representaram, juntas, 13,40% (415) dos diagnósticos, sendo, respectivamente a primeira e a quarta patologia mais freqüente da cavidade bucal. A mucocele, patologia comuns de glândula salivar menor foi a segunda lesão em incidência, com 5,58% (173) dos casos. Foi importante verificar também a ocoITência dos carcinomas espinocelulares, terceira patologia mais comum com 5,55% (172) dos casos e a lesão mais comum entre as lesões malignas. Foi possível analisar algumas particularidades como a incidência relativamente alta da paracoccidioidomicose (1,87%) (58), que obteve índices elevados em comparação com alguns dados da literatura
[en] The pathologies diagnosed, clinically and by histopathology, at OROCENTRO/FOP-UNICAMP, were arranged in groups, that allowed comparative studies among them. Further, it was possible to verify the prevalence of each of the diseases in their own group and the general distribuition of all the diseases relative to their incidences. During a period of 18 years, 3096 diagnoses were analysed considering the main patients complaint and the corresponding histopathologic results. These results were subdiveded in 17 groups based on their clinical or histologic characteristics. In this research , we concluded that among the most common pathologies, inflammatory papillary hyperplasia and inflammatory fibrous hyperplasia, together represented, 13,40% (415) ofthe diagnoses made, being the first and forth most common oral pathology diagnosed, respectively. The mucocele, a common pathology of the minor salivary glands, was the second most freqüent lesion occuring in 5,58% (173) of the cases examined. It was also important to verify the incidence of squamous cell carcinoma, the third most common pathology occuring in 5,55% (172) of the cases, this alteration being the most common of the malignant lesions. It was possible to analyse some particularities, such as the high incidence of paracoccidioidomycosi, this lesion represented 1,87% (58) of the cases examined, demonstrating higher levels of incidences than has being described in the literature
Titulação: Mestre em Biologia e Patologia Buco-Dental
Contribuidor(es): Pablo Agustin Vargas
Oswaldo Di Hipolito Junior
Liogi Iwaki Filho
Oswaldo Di Hipolito Junior [Orientador]
Assuntos: [pt] Epidemiologia
[pt] Boca
Documentos Digitais: Download Arquivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *