Eucromatina, que consiste em dna ativo

Cromatina

Conhecem-se dois tipos de cromatina:
Eucromatina, onde consiste em DNA ativo, ou seja, onde se pode expressar como proteínas, e
Heterocromatina, onde consiste em DNA inativo devido ao fato de estar condensada e onde parece ter funções estruturais durante o ciclo celular. Podem ainda distinguir-se dois tipos de heterocromatina:
Heterocromatina constitutiva, onde nunca se expressa como proteínas, isto é, nunca é transcrita em RNA e onde se encontra localizada à volta do centrômero (contém geralmente sequências repetitivas). Sendo, então, a porção permanentemente condensada da cromatina em todas as células de um organismo; e
Heterocromatina facultativa, onde, por vezes, se expressa, ou seja, pode ser transcrita em RNA. Logo, a heterocromatina facultativa é a parte da heterocromatina onde, num organismo, pode estar condensada em algumas células e em outras não. O melhor exemplo de heterocromatica facultativa é o cromossomo X dos mamíferos fêmeas. A condensação de um dos cromossomos X das fêmeas ocorre aleatoriamente. Assim, em algumas células teremos o cromossomo X paterno ativo e o cromossomo X materno inativo e vice-versa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *