Fiocruz descobre maior resistência dos ovos do mosquito da dengue


Fiocruz descobre maior resistência dos ovos do mosquito da dengue


Aedes Aegypti é resistente ao cloro e a inseticidas, dizem cientistas.
Eles reforçam importância do combate aos focos do mosquito o ano todo.




Do G1, com informações da TV Globo



Tamanho da letra







Os pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz descobriram que, 15 horas depois de postos, os ovos do Aedes Aegypti formam uma película protetora com uma camada transparente e impermeável, que os fazem resistentes a cloro e a inseticidas.


 


Visite o site do Bom Dia Rio


 


De acordo com os cientistas, eles sobrevivem até um ano para eclodir nas primeiras chuvas do verão seguinte.

A partir dessa descoberta, os cientistas podem chegar a um inseticida eficaz contra o mosquito. Segundo o pesquisador Gustavo Rezende, da Fundação Oswaldo Cruz, esse inseticida é para a forma adulta do mosquito.



“As características que temos no ovo também são encontradas na forma adulta do mosquito. Nós podemos desenvolver uma metodologia, que ainda não existe, para combater o adulto. Para combater o ovo, precisaremos de mais pesquisa, mas existem prognósticos muito interessantes de pesquisas com o ovo que possa render um inseticida eficaz contra a forma adulta no futuro”, afirmou Rezende. 


 



Por enquanto, o combate ao transmissor da dengue depende do trabalho e da ajuda de cada pessoa. A dengue já fez, este ano, no estado do Rio, mais de 249 mil vítimas. Ao todo, 174 pessoas morreram.


 


“O mais importante é o papel de prevenção, ou seja, é impedir que os ovos sejam depositados em água parada. O ideal é que, uma vez por semana, sejam lavados os recipientes que ficam expostos ao tempo.”, disse Rezende.

Ele lembra ainda que é preciso cobrir as caixas de água com tela, colocar areia nos recipientes das plantas, colocar de cabeça para baixo qualquer tipo de recipiente, como, por exemplo, garrafas pet, retirar coisas que estejam em terrenos baldios ou em casa. Isso é para impedir que o ovo seja depositado.


 


“Em alguns lugares, os ovos foram depositados há meses e ainda estão resistentes. A pessoa precisa ter cuidado onde essa água será jogada. É importante saber que, no local, a água não ficará parada. “


 


Leia mais notícias do Rio de Janeiro

















histórico de Dengue



  1. Seg, 20/10/2008


  2. 22h07


    Campanha de combate à dengue é intensificada em Mato Grosso do Sul


    Cerca de 450 agentes visitam imóveis de Campo Grande. No verão de 2007 foram registrados 46 mil casos da doença.


  3. Qui, 16/10/2008


  4. 08h27


    Agentes de saúde reforçam combate à dengue em MG


    Estado tem quase 280 novos casos da doença por dia. Oitenta por cento deles estão concentrados em 35 cidades.


  5. Qua, 15/10/2008


  6. 12h25


    Aeroporto de Porto Alegre recebe campanha de prevenção à dengue


    Casa itinerante ficará no local por 15 dias, aberta das 9h às 21h. Visitantes receberão informações sobre como combater focos do mosquito.


  7. Seg, 13/10/2008


  8. 20h39


    Combate à dengue no Rio terá mais R$ 18,6 milhões de investimentos


    Estado está entre as regiões consideradas mais críticas pelo Ministério. Forças Armadas também deverão participar do combate ao mosquito.



  9. » leia todas as notícias de Dengue








publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *