Gabeira tem 42 das intenções de voto no rio de janeiro

RIO – A disputa pela prefeitura do Rio continua acirrada. A primeira pesquisa Ibope encomendada pela TV Globo e pelo “Estado de S.Paulo” no segundo turno mostra o candidato Fernando Gabeira (PV/PSDB/PPS) com 42% das intenções de voto, contra 39% de Eduardo Paes (PMDB/PTB/PP/PSL). Como a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, os dois estão tecnicamente empatados. Os votos em branco e nulos somam 10%; não decidiram, 8%. ( Lucia Hippolito avalia resultado do Ibope no Rio, SP e BH )

(Confira o gráfico)

A pesquisa foi realizada nos dias 13 e 14, já depois da polêmica declaração de Gabeira sobre a vereadora Lucinha (PSDB) , quando a chamou de analfabeta política e suburbana, e também após os debates no GLOBO, realizado na quinta-feira passada, e na TV Bandeirantes, no domingo. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 489/2008. Foram ouvidos 1.204 eleitores no Rio.

Ao se considerar apenas os votos válidos – sem nulos, em branco e indecisos – , a pesquisa Ibope mostra que a diferença entre Gabeira e Paes chega a quatro pontos percentuais. O candidato do PV aparece com 52% contra 48% do peemedebista.

Jovens preferem Gabeira; idosos votam em Paes
Os dados do levantamento indicam que Gabeira é o preferido entre os mais jovens (16 a 24 anos). Ele tem 54% das intenções de voto contra 33% de Paes nessa faixa. Gabeira também vence entre os eleitores de 25 a 29 anos (52% a 35%), e entre aqueles de 30 a 39 anos (41% a 39%). Eduardo Paes, por outro lado, é o preferido dos eleitores com mais idade. Ele tem 40% entre os têm de 40 a 49 anos (contra 35% de Gabeira); e 43% entre os de mais de 50 anos (faixa em que o verde tem 36).

Por nível de escolaridade, os números do instituto revelam que Paes vence Gabeira entre os eleitores com até a 4 do Ensino Fundamental (51% a 28%) e de 5 a 8 série (45% a 28%). Do ensino médio ao superior, Gabeira tem a preferência do eleitorado. Na primeira, o candidato do PV teve 42% das intenções de voto contra 36%. No ensino superior, o candidato do PV apresenta 57%, e Paes, 33%.

A análise dos dados mostra que Gabeira tem 52% da preferência dos eleitores que ganham mais de cinco salários mínimos. Nessa faixa de renda, Paes teve 31%. A diferença entre os dois candidatos cai no grupo que recebe de dois a cinco salários (Paes 45%; Gabeira 42%). O peemedebista é o preferido dos eleitores que ganham até dois salários (41% para Paes a 33% para Gabeira).

O instituto de pesquisa perguntou aos eleitores também se eles ainda podem mudar o voto diante do que têm visto até o momento na campanha do segundo turno. A maioria (73%) afirmou que a escolha é definitiva, enquanto 22% disseram que ainda podem mudar.

A maior proporção de eleitores com escolha definitiva é entre os que recebem entre 2 e 5 salários mínimos: 81% declaram que não pretendem mudar. O maior percentual de eleitores que afirmam ainda poder alterar o voto (25%) ocorre entre aqueles com nível de escolaridade de 5 a 8 série.

No levantamento do Datafolha, o primeiro realizado após o resultado primeiro turno e que foi divulgado na quinta-feira passada, Gabeira aparecia com 43% contra 41% de Paes. O instituto apresentou o candidato do PV figurando pela primeira vez à frente do candidato do PMDB. Considerando apenas os votos válidos, o Datafolha aponta Gabeira com 51% das intenções de voto naquele dia, e Paes, com 49%. Pelo Datafolha, não tinham candidato 16% dos eleitores, 7% pretendiam anular ou votar em branco, e 9% estavam indecisos.

No primeiro turno, pelo resultado oficial do TRE, Paes teve 31,98% dos votos válidos, e Gabeira, 25,61%.

Segundo o Datafolha, os eleitores de Gabeira estão concentrados entre os mais jovens (53%), os mais escolarizados (60%) e os mais ricos (62%). Os eleitores de Paes destaca-se entre os mais pobres (46%), entre os menos escolarizados (49%) e entre os mais velhos (50%).

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *