Goiás e vitória, possíveis fiéis da balança

Goiás e Vitória ocupam posições intermediárias no Campeonato Brasileiro, mas poderão ser protagonistas na decisão do título.


“Culpa” da tabela, feita antes da competição, que reservou uma reta final nada agradável para ambos.


Dos oito confrontos restantes para cada um dos clubes, quatro serão contra candidatos ao troféu.


A seqüência dos baianos já tem início nesta quinta-feira, diante do São Paulo (quarto colocado), no Morumbi. Depois, no Barradão, o Vitória recebe o Flamengo (atualmente na quinta posição). Os dois jogos podem espalhar as equipes.


Até o fim do Brasileirão, o time comandado por Vágner Mancini ainda enfrenta Grêmio e Palmeiras. Só sairá de Salvador para enfrentar o São Paulo. Os demais confrontos acontecerão no Barradão.


Mancini não vê mais chances de se classificar para a Libertadores, mas mira outro torneio continental: muito para quem estava na Série C do Brasileirão há dois anos.


– Não podemos desprezar essa chance, a Sul-Americana é muito importante – afirmou o treinador.


Já o Goiás poderá ter ambições maiores. Após ser candidato forte ao rebaixamento no primeiro turno, iniciou uma reação sob o comando de Hélio dos Anjos. Hoje, é o nono colocado no geral e lidera o segundo turno. Está na frente na luta pelo Troféu João Saldanha, oferecido pelo LANCE! ao melhor time da segunda metade da competição.


O Goiás receberá Cruzeiro e São Paulo no Serra Dourada, e sai para enfrentar Palmeiras e Flamengo.


Se os líderes acham que terão moleza, a tabela do returno desanima

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *