Hipopótamo espécie ameaçada

Hipopótamo (do grego ἱπποπόταμος, composto de ιππος, “cavalo”, e πόταμος, “rio”) o nome genérico de um mamífero ungulado pertencente à família Hippopotamidae. É um artiodátilo anfíbio, próprio da África, de pele muito grossa e nua, patas e cauda curtas, cabeça muito grande e truncada num focinho largo e arredondado.


Estes animais vivem geralmente próximo de rios, onde passam grande parte do seu tempo imersos. Os hipopótamos são herbívoros e alimentam-se durante a noite da vegetação existente nas margens dos rios que habitam, mas há indícios de canibalismo de machos adultos com filhotes.


Os hipopótamos são preguiçosos em terra, mas ainda podem atingir velocidades de 50 km/h. Na água, eles são graciosos e mostram diversas adaptações em sua existência, na maior parte aquática, inclusive orelhas e narinas que podem se fechar e uma secreção da pele que funciona como protetor solar, anti-séptico e anti-bacteriano. A pele dos hipopótamos é muito sensível a queimaduras solares e, para se proteger, segrega uma substância de cor vermelha que ao longe pode ser confundida com sangue.


Os hipopótamos são animais grandes, com uma dentição herbívora, mas têm caninos grandes e auto afiáveis que são usados para se defender.



Um crânio de hipopótamo

Um crânio de hipopótamo

Extremamente territoriais, os hipopótamos são animais agressivos que defendem o seu espaço de possíveis invasores. Eles são agressivos com os seres humanos e são a espécie de mamífero africana que mata mais seres humanos a cada ano.


Vivem em grupos gregários até cerca de vinte animais, constituídos pelas fêmeas e crias e liderados por um macho.


Os hipopótamos eram sagrados para os antigos egípcios. A deusa da fertilidade, Tuéris, foi representada como um hipopótamo bípede.


Eles defecam e espalham suas fezes com o rabo com o objetivo de demarcar território.



 Classificação


Segundo Boisserie (2005) a sistemática e taxonomia da família seria:



  • Gênero Hippopotamus Linnaeus, 1758 – Hipopótamos verdadeiros

  • Espécies possivelmente pertencentes ao gênero Hippopotamus:

    • Hippopotamus aethiopicus (Coryndon e Coppens, 1975)
    • Hippopotamus karumensis (Coryndon, 1977)
    • Hippopotamus protamphibius (Arambourg, 1944)
    • Hippopotamus coryndoni Gèze, 1985
    • Hippopotamus afarensis Gèze, 1985





    • Gênero Heprotodon Falconer e Cautley, 1836
    • Hexaprotodon palaeindicus (Falconer e Cautley, 1847) – Hipopótamo-indiano
    • Hexaprotodon namadicus (Falconer e Cautley, 1847) – Hipopótamo-pigmeu-indiano
    • Hexaprotodon bruneti Boisserie e White, 2004 – Hipopótamo-de-Afar
    • Hexaprotodon sivalensis Falconer e Cautley, 1836 – Hipopótamo-de-Sivalik
    • Hexaprotodon dulu Boisserie, 2004 – Plioceno Inferior, Formaçao Sagantole, Vale do Médio Awash valley, Afar, Etiópia
    • Hexoprotodon sp. – Hipopótamo-do-Myanmar

  • Gênero †Archaeopotamus Boisserie, 2005

    • Archaeopotamus harvardi (Coryndon, 1977)
    • Archaeopotamus lothagamensis (Weston, 2000)
    • e mais 2 espécies ainda não descritas

  • Gênero Choeropsis Leidy, 1853

  • Gênero †Saotherium Boisserie, 2005

    • Saotherium mingoz (Boisserie et al., 2003)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *