Identificação e caracterização de porphiromonas gingivalis





























Autor: Angela Bonifacio Barbosa de Oliveira
[pt] Identificação e caracterização de Porphiromonas gingivalis : testes de adesão e invasão em celulas epiteliais in vitro
Instituição de Defesa: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Biologia
Data de Defesa: 2001-01-24
Resumo: [en] Porphyromonas gingivalis, a gram negative anaerobic bacterium, is one of the etiological agents responsible for periodontitis and produces a variety of virulence factors. The aim of this study was not on1y to isolate and identify P. gingivalisfrom periodontal pocket ar periodontitis patients using traditional and PCR methodologies, but aJso to observe their process of adhesion and invasion on epithelial cells (ephidermoid, carcinoma, oral, HeLa markers – KB). We studied also the capability of human and calf sera anel several kinds of sugars to impair cellular adhesion and invasion. The pathogen was isolated from patients with periodontal disease and its identification was performed by dark pigment production on blood agar. Gram staining, growth under anaerobic atmosphere, sheep blood agglutination tests and polymerase chain reaction (PCR). Four colonies of The isolates were tested by PCR for the fimbriae of this pathogen. One of them did not present the genomic sequenc8 for the fimbriae of the bacteria
[pt] Porphyromonas gingivalis é um dos agentes etiológicos envolvidos na periodontite. Os objetivos do trabalho foram isolar P. gingivaBs da bolsa periodontal de pacientes com periodontite, identificá-la por métodos tradicionais e através de PCR, realizando com essas amostras testes de adesão e invado, inibição desses fen6menos em células epiteHais KB com soros humano e fetal bovino, além de açúcares (D-manose, D-manosamina, N-acetil-galactosamina, D-galactosamina, N-acetil-galatosamina e ?-D-fucose). O microrganismo foi isolado de pacientes com doença periodontal e sua identificaçlo foi realizada com os testes de produçlo de pigmento escuro em ágar sangue, coloração de Gram, crescimento sob atmosfera anaeróbia, aglutinação de eritrócitos de carneiro e reação em cadeia da polimerase (PCR). Quatro amostras de Porphyromonas gingivalis isoladas dos pacientes foram testadas no PCR, sendo que uma delas não apresentou 8 seqüência gênica para a fimbria característica. Após a identificação, a amostra padrão ATCC 33277 e duas amostras positivas.também em PCR, foram testadas em células KB para a verificação de sua capacidade de adesão e invasão, utilizando-se para a visualiZaçAo dos testes a coloração de Kinyon e também a reação de imunoperoxidase, com anti-soro produzido em coelhos albinos, a partir da inoculação da amostra padrão inativada. Todas as amostras testadas foram capazes de aderir e Invadir células e essa capacidade foi inibida com o pré-tratamento das células com soro humano e soro fetal bovino. A aglutinação também foi inibida quando as hemácias foram tratadas da mesma forma. o mesmo não ocorrendo quando as bactérias foram tratadas com os soros e quando os açúcares foram testados, tanto nas células como nas bactérias. O sobrenadante da cultura de P. gingivalis foi testado sobre as monocamadas celulares e verificou-se a destruição celular
Titulação: Mestre em Genetica e Biologia Molecular
Contribuidor(es): Antonio Fernando Pestana de Castro
Reginaldo Bruno Gonçalves
Maria Silvia Viccari Gatti
Gleize Villela Carbonell
Maria Silvia Viccari Gatti [Orientador]
Assuntos: [pt] Celulas – Adesão
[pt] Celulas epiteliais
[pt] Periodontite
[pt] Microbiologia
Documentos Digitais: Download Arquivo

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *