influencia da alimentação de larvas de anagasta kuehniella






























Autor: Fernanda Cabral
[pt] Influencia da alimentação de larvas de Anagasta kuehniella (Zeller, 1879) (Lepidoptera, Pyralidae) no desenvolvimento de seu parasitoide natural, Bracon hebetor Say 1836 (Hymenoptera, Braconidae) e sua tolerancia a radiação de microondas (2450MHz)
Instituição de Defesa: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Biologia
Data de Defesa: 2001-02-02
Resumo: [pt] Ao contrário do controle convencional de pragas, cujo objetivo é apenas eliminar o inseto-alvo, o Manejo Integrado de Pragas (MIP) abrange todo o ecossistema, buscando uma utilização consciente de métodos de controle ecologicamente seguros e economicamente viáveis. Neste contexto, toma-se de extrema importância o conhecimento das interaçães entre os agentes de controle empregados em um sistema, bem como da biologia da praga, para garantir maior eficiência na implantação de tais programas. Este trabalho teve como objetivo o estudo comparativo da biologia do piralídeo Anagasta kuehniella (Zeller, 1879) em três dietas derivadas do trigo (farinha integral, gérmen e farelo); o desenvolvimento de seu ectoparasitóide natural Bracon hebetor (Say, 1836) nas larvas criadas nas três dietas, além da análise do impacto da radiação de microondas (2450 MHz) sobre esta praga e seu parasitóide, oriundos das mesmas três dietas. Assim, o trabalho isou em última instância, a otimização do uso de microondas, associado ao parasitóide natural, como possível componente no manejo deste piralídeo praga em armazéns de subprodutos do trigo. Farinha de trigo infestada por A. kuehniella e B. hebetor foi coletada no moinho Brasway, em Campinas, SP. As colônias de ambos os insetos foram mantidas em sala c1imatizada com condições controladas de temperatura (25 :t 10 C), umidade (70 :t 10%) e fotoperíodo (12 h). Como fonte geradora de radiação usou-se um fomo de microondas da marca Panasonic NN 7954 BH / K, emitindo ondas na freqüência de 2.450 MHz. Constatou-se que a dieta influenciou diretamente o desenvolvimento de Anagasta kuehniella. Tanto o estádio de larva, como os estádios de pré-pupa e pupa apresentaram diferenças na duração em dias das fases, onde larvas criadas em farinha integral e gérmen demonstraram menor duração, que as criadas no fareIo. Em relação à mortalidade larval as dietas de farinha integral e gérmen de trigo apresentaram-se semelhantes e foram inferiores às encontrada para dieta de fareIo. Apesar do período de duração das fases de pré-oviposição, oviposição e pós-oviposição terem sido iguais para as três criações, o número de ovos colocados por fêmeas criadas em farinha integral e gérmen foi superior ao observado para fêmeas criadas em fareIo. A longevidade de machos e fêmeas, tanto não acasalados como acasalados, não sofreu interferência da dieta, sendo os machos sempre mais longevos que as fêmeas. Os adultos não acasalados de A. kuehniella, obtidos nas 3 dietas, tiveram longevidade maior que os acasalados. Apesar deste trabalho ter demonstrado que não existe diferença na localização das larvas criadas nos três subprodutos do trigo, farinha integral, gérmen e fareIo, pelas fêmeas do parasitóide, pode-se constatar que não houve parasitismo por estas fêmeas sobre larvas criadas em fareIo de trigo. A capacidade de oviposição das fêmeas dos parasitóides sobre as larvas das duas dietas, bem como a duração média de todas as fases imaturas, do parasitóide B. hebetor foram totalmente eficazes, com resultados semelhantes para farinha integral e gérmen de trigo. O estágio adulto do parasitóide Bracon hebetor, criado em farinha e gérmen, demonstrou ser bastante tolerante à radiação de microondas, quando comparado com seu hospedeiro natural, A. kuehniella, que apresentou TELso para larvas de terceiro estádio, criadas nas três dietas, menores que os observados para o parasitóide Sendo assim, pode-se concluir que a dieta como recurso energético e nutricional para A. kuehniella influenciou diretamente no desenvolvimento dos estágios imaturos e nas atividades reprodutivas do adulto. Apesar da influência da dieta sobre a sensibilidade de larvas de terceiro estádio de A. kuehniella, pode-se constatar que a radiação de microondas apresentou-se como um método de controle bastante promissor para a praga criada em três subprodutos do trigo, podendo ser empregado em ecossistemas de armazenagem em associação ao ectoparasitóide B. hebetor
[en] Unlike the conventional control of pests, whose objective is just to eliminate the target insect, the Integrated Pest Management (IPM) embraces the whole ecosystem, looking for a more conscious use of control methods, ecologically safe and economically viable. In this context, it becomes of extreme importance the knowledge of the interactions among the control agents used in a system, as well as of the biology of the pest, to guarantee larger efficiency in the implantation of such programs. The objective of this study is to compare the biology of the pyralid Anagasta kuehniella (Zeller, 1879) in three derived diets of the wheat (whole meal fiour, genn and bran); the development ofhis natural ectoparasitoid Bracon hebetor (Say, 1836) in larvae created in that three diets, besides the analysis of the impact of the radiation of microwaves (2450 MHz) on this pest and his parasitoid, originating n-om of the same three diets. Like this, the main objective is the optimization of use of microwaves, associated to the natural parasitoid, as a possible component in the handling of this pyralid pest in stores of wheat by-products. Wheat fiour infested by A. kuehniella and B. hebetor was collected in Brasway mill, in Campinas, SP. The stock creations ofboth insects was maintained in acc1imatized room under controlled conditions oftemperature (25 :J: 1°C), humidity (70:J: 10%) and photo-phase (12 h). A microwave oven, brand Panasonic NN 7954 BHIK, emitting waves in the n-equency of 2.450 MHz, was used as a generating source of radiation. The diet infiuenced directly in Anagasta kuehniella development. The larval stadium, as well as the pro-pupal and pupae stadia presented differences in the duration in days of the phases, where larvas created in whole meal fiour and genn demonstrated smaller duration, in relationship of those created in the bran. About larval mortality the diets of whole meal fiour and wheat genn carne similar and were found inferior than for bran diet. Despite of the period of duration of the pro-oviposition, oviposition and past-oviposition phases, having being the sarne for the three creations, thenumber of eggs placed by females created in whole meal fIour and genn was superior to the observed for females maids in bran. The longevity of males and females, as much virgins as to have coupled, didn t suffer interference of the diet, the males had alwayas more longevity than females. The virgin adults of A. kuehniella, obtained in the 3 diets, had larger longevity than coupleds. 1n spite of this work to have demonstrated that difference doesn t exist in the location of the larvae created in three by-products of the wheat, whole meal fIour, genn and bran, for the females of the parasitoid, it can be verified that there was not parasitism for these females on larvae created in wheat bran. The capacity of oviposition of the parasitoid females on the larvae of the two diets, as well as the medium duration of all the immature phases, of B. hebetor was totally effective and equal for whole meal fIour and wheat genn. The adult of the parasitoid Bracon hebetor, created in fIour and genn, demonstrated to be quite tolerant to microwaves radiation, when compared with your natural host, A. kuehniella, that presented TELso for larvae of third instar, created in three diets, much smaller than observed them for the parasitoid 1s possible to come to the conc1usion that the diet as energetic and nutricional resource for A. kuehniella infIuenced directly in the development of the immature stages and in the adult s reproductive activities. Despite ofthe infIuence ofthe diet over the sensibility oflarvae of third instar of A. kuehniella, it can be verified that the radiation of microwaves carne as a method of quite promising control for the pest created in three by-products of wheat, and could be used in storage ecosystems in association to the ectoparasitoid B. hebetor
Titulação: Mestre em Parasitologia
Contribuidor(es): Heitor Zochio Fischer
Mohamed E. M. Habib [Orientador]
Nelson da Silva Cordeiro
Mohamed E. M. Habib
Odair Benedito Ribeiro
Assuntos: [pt] Anagasta
[pt] Microondas
[pt] Sistemas de controle biologico
Documentos Digitais: Download Arquivo

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *