Mecanismos de defesa em moluscos biomphalaria tenagophila





























Autor: Jose Valfrido de Santana
[pt] Mecanismos de defesa em moluscos Biomphalaria tenagophila e Biomphalaria glabrata frente ao Shistosoma Mansoni
Instituição de Defesa: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Biologia
Data de Defesa: 1990-07-25
Resumo: [pt] Procurou-se analisar os mecanismos de defesa em Biomphalaria glabrata de gerações geneticamente selecionados e, de Biomphalaria tenagophila da geração parental frente ao Shistosoma mansoni de linhagens simpátricas. Para atender os objetivos propostos, a hemolinfa destes moluscos foi estudada quanto à concentração de células granulocíticas e o envolvimento destas na fagocitose. Outros parâmetros como resposta do molusco a inoculação de extratos antigênicos diversos e análise imunoquímica da hemolinfa frente a anti-soros específicos, também forma avaliados. Em ambas espécies de moluscos, o número de granulócitos aumentou significativamente 24 horas após exposição à miracídios, ocorrendo acentuado declínio 7º ao 42º dia pós-infecção, mantendo-se perfis semelhantes em B.glabrata e B. tenagophila durante este período. A capacidade fagocitária foi mais intensa em moluscos menos suscetíveis, como verificado para as gerações parentais. A inoculação de extrato antigênico de cercarias em B.glabrata suscetível, induziu resistência parcial a infecção esquitossomótica. Análises imunoquímicas da hemolinfa, revelaram maior número de sistemas precipitantes em B. tenagophila infectada. … Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital
[en] Not informed
Titulação: Doutor em Ciencias Biologicas
Contribuidor(es): Luiz Augusto Magalhães [Orientador]
Luiz Augusto Magalhães
Assuntos: [pt] Molusco – Imunologia
[pt] Esquistossomose
[pt] Imunologia
Documentos Digitais: Download Arquivo

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *