Na chegada ao brasil, massa aposta na pressão da torcida para vencer mundial

O brasileiro Felipe Massa sabe que terá uma missão dura no próximo dia 2, quando acontece a última etapa da Fórmula 1. Na sua chegada ao Brasil, no início da manhã desta terça-feira, o piloto da Ferrari, acompanhado da esposa, Rafaela, afirmou que a decisão em casa só o ajudará para um desfecho feliz em Interlagos.

Com sete pontos de diferença para o inglês Lewis Hamilton, Massa precisa vencer a etapa brasileira e ainda torcer para que o concorrente da McLaren alcance, no máximo, a sexta colocação. A outra condição para chegar ao título é que consiga o segundo posto da prova, com o atual líder da disputa fechando na oitava posição.

– Pressão da torcida só ajuda. Isso sempre é melhor. Sempre gostei de correr em casa e você consegue absorver tudo de positivo para fazer o melhor. Os últimos dois anos provaram isso, com a vitória em 2007. No ano passado poderíamos ter vencido, mas fizemos um excelente trabalho pensando na equipe e no campeonato. Este ano é igual. Entrar na pista pensando em vencer e, quem sabe… a vitória para o campeonato não depende só da gente. Vamos tentar vencer a prova e o resto que acontecer só Deus sabe – diz Massa.

Terceiro colocado no GP da China, realizado no último fim de semana, o piloto brasileiro comentou que teve uma viagem cansativa até chegar ao Aeroporto Internacional de Guarulhos. O postulante ao título mundial da F-1 ainda comentou sobre como será sua rotina nos próximos dias.

– Cheguei a Paris, passei o dia lá e peguei o vôo de novo à noite. Esta semana ainda será tranqüila. Tenho até domingo para dar uma descansada, mas segunda já começo a trabalhar nos eventos com patrocinadores. Faz parte. GP Brasil é assim mesmo e é muito bacana chegar aqui e correr em casa pela última vez na temporada, quem sabe com uma pequena chance de vencer – afirma.

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *