Não é uma empresa, é um império!!

A Microsoft foi fundada em 1975 por Bill Gates e Paul Allen, em 1980 Steve Ballmer se junta a companhia. O primeiro produto desenvolvido pela empresa foi uma versão do interpretador BASIC, para o computador Altair 8800 da MITS. Em 1977 é lançado o Microsoft FORTRAN, para computadores baseados em CP/M.

Em 1980 a IBM planeja lançar seu computador pessoal com o sistema CP/M, mas as negociações com a Digital Research falham e a IBM procura a Microsoft para desenvolver seu sistema operacional. Sem ter um sistema para entregar, a Microsoft acerta um contrato não exclusivo de licenciamento com a IBM e procura a Seattle Computers para comprar seu sistema Q-DOS. Em 1982 a Microsoft começa a desenvolver aplicações para o Macintosh da Apple, lança o Microsoft COBOL e a planilha eletrônica Multiplan para MS-DOS. No ano seguinte anuncia o Microsoft Word e o Microsoft Windows. Em 1985 a Microsoft e a IBM assinam acordo para desenvolvimento conjunto de um futuro sistema operacional, no mesmo ano lança o Microsoft Windows 1.0 por 100 dólares. Em 1987 a Microsoft compra o programa de apresentações PowerPoint e lança a planilha eletrônica Excel. Em 1988 a Apple acusa a Microsoft de plágio sobre o seu Macintosh OS (este já uma cópia, do Xerox Alto) com o Windows 2.0 , no ano seguinte formam uma aliaça para desenvolver o padrão de fontes TrueType.

Em 1990 a Microsoft apresenta o Windows 3.0 para computadores pessoais e o OS/2 desenvolvido com a IBM para estações de trabalho. Nos anos seguintes anuncia em conjunto com outras empresas os padrões Multimidia PC, Advanced Power Management e o Plug and Play. Em 1992 a Microsoft e a IBM encerram o acordo de cooperação e dividem o sistema desenvolvido, a IBM passa a desenvolver o OS/2 4.0 e a Microsoft anuncia o Windows NT 3.0, no mesmo ano lança o Microsoft Access para Windows.

Em 1995 é lançado o Windows 95, um sistema operacional completo para computadores pessoais que elimina a necessidade do MS-DOS. No mesmo mês lança o Internet Explorer, parte do pacote Windows 95 Plus!, vendido separadamente. No ano seguinte lança o Windows NT 4.0, com o visual do Windows 95 e a segurança do Windows NT.

Em 1997 a Microsoft compra a WebTV e investe 150 milhões de dólares na concorrente Apple. No ano seguinte lança o Windows 98 incorporado ao Internet Explorer, iniciando um processo de monopólio movido pelo governo dos Estados Unidos, esse processo terminou em 2001 com a condenação da empresa.

Em 2001 lança o Windows XP juntando as linhas de sistemas operacionais Windows 95/98/Me para computadores pessoais, com o Windows NT/2000 para estações de trabalho, introduzindo uma nova interface gráfica. No mesmo ano lança o Xbox, seu primeiro console de video-games que irá competir como Sony PlayStation e o Nintendo GameCube. Em 2007 a microsoft lança o Windows Vista com uma interface gráfica aprimorada.

Em 1994, antes do lançamento do Windows 95, a empresa já havia sido processada por pressionar fabricantes de equipamentos a lançar seu produto apenas para sua plataforma operacional. Por tal acto a empresa foi multada em um milhão de dólares norte-americanos por dia até que cessasse as perseguições de que se referiram os pressionados.A partir de 1998 foi envolvida numa disputa legal com o governo federal dos Estados Unidos a respeito do uso de prática ilegais com o objectivo de criação e manutenção de um monopólio na área de software. Este processo acabou em 2001 com o veredito de condenação da empresa, e a imposição de novas normas de conduta para o mercado de tecnologia. As evidências levantadas durante o julgamento contribuíram para aumentar junto ao público a percepção de que a empresa se utilizou de práticas anti-competitivas para alcançar a posição dominante que desfruta até hoje no mercado. Muitos dos processos foram movidos por consumidores de 18 estados americanos, e não apenas por empresas, que a acusaram de desrespeitar os direitos do consumidor. E após o pagamento de mais de 3 bilhões de dólares em indenizações a empresa pôde continuar com seus negócios.
Edifício da Microsoft na Argentina.
Edifício da Microsoft na Argentina.

Tradicionalmente, o movimento de software livre abriga os maiores críticos dos produtos Microsoft, em especial o Windows, considerado por muitos um produto instável e inseguro, e o crescimento de soluções livres como o sistema operacional GNU/Linux, os navegadores Firefox e Opera, o servidor Apache e o conjunto de programas de escritório OpenOffice.org são percebidos pela Microsoft como as maiores ameaças a seus negócios no futuro, junto com a Google[carece de fontes?].

Em 30 de Janeiro de 2007 a Microsoft realizou o lançamento do MS Windows Vista, que segundo a empresa, é o sistema operacional mais seguro e estável já desenvolvido pela mesma, além de estar disponível para sistemas 32 bits e 64 bits. A empresa também comprometeu-se em respeitar mais os padrões da Internet, como os definidos pelo W3C, que não são adotados integralmente pelo navegador Internet Explorer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *