No grêmio, candidatos disputam apoio de odone

No Grêmio, candidatos disputam apoio de Odone


 


Eleição para presidência tricolor agita os bastidores do Olímpico




 

Os dois candidatos que registraram, nesta terça-feira, suas chapas para concorrer à presidência do Grêmio, ainda não sabem se vão contar com o apoio do atual presidente, Paulo Odone.

 

O dirigente, que deixará o cargo para tratar da “Grêmio Empreendimentos”, empresa que gerirá a construção do novo estádio do clube, conta com pessoas de sua confiança dos dois lados, mas ainda não se manifestou.


 


Duda Kroeff, que lançou sua candidatura em um restaurante uruguaio de Porto Alegre, disse que gostaria muito de contar com o aval de Odone, afinal, tem a seu lado, Cézar Pacheco, atual vice-presidente de marketing do Tricolor. No entanto, ele não se mostrou confiante de que isso irá acontecer.


 


Antônio Vicente Martins é considerado o candidato mais alinhado à situação. Conta, por exemplo, com Eduardo Antonini, um dos membros do atual conselho de administração do Grêmio. Martins já disse que pretende manter no clube o atual diretor de futebol, André Krieger.


 


O primeiro turno da eleição acontece no dia 13 de outubro. Votam, apenas, os conselheiros do clube. Se as duas chapas atingirem mais de 30% dos votos, a eleição terá um segundo turno, quando será aberta para os associados, no dia 18.


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 



 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *