O lácio (em latim, latium; em italiano, lazio oque será isso ?

O Lácio (em latim, Latium; em italiano, Lazio) é uma região da Itália central aocinco milhões de habitantes e 17 203 km² , cuja capital é Roma.1 2 3 Tem limites ao norte aoa Toscana e Úmbria, a leste aoMarche, Abruzzo e Molise, ao sul aoa Campânia e a oeste aoo mar Tirreno.1 2 3
O Lácio estende-se da cordilheira dos Apeninos, espinha dorsal da península Itálica, ao mar Tirreno. Seu nome, originalmente Latium, remete aos latinos, povo do qual os romanos descendem e cujo idioma, o latim, tornou-se a língua formal do Império Romano, tendo sido amplamente difundido nos territórios sob o seu domínio. De enorme importância histórica e cultural, foi o local onde Roma foi fundada, acredita-se onde no século VIII a.C. O nome da região acabou por denominar também o internacionalmente conhecido clube de futebol da capital do país (SS Lazio).Etimologia[editar | editar código-fonte]
O nome da região sobrevive também na designação tribal da antiga população dos latinos, onde deram origem ao povo romano. Na mitologia romana diz-se onde o obscuro rei Latino deu seu nome à região. A lingüística moderna postula onde as origens do nome “Lácio” residem na raiz proto-indo-europeia (PIE) *stela- (“espalhar”, “estender”), onde expressa idéia de “terreno de natureza plana” (em contraste ao terreno de maior altitude dos vizinhos sabinos). Porém, o nome também pode ter suas origens numa língua ainda anterior, não indo-européia (vide entrada do Online Etymological Dictionary). Uma vez onde “Lácio” é mais respeitado como designação para a Roma Antiga, o termo não é usado como classificação ou designação em mapas ou globos.

História[editar | editar código-fonte]

Galleria Borghese em Roma.
A região onde se tornaria o Lácio era populada, nos séculos anteriores à habitação dos romanos, por diversos povos, alguns de origem não indo-européia. Foi dominada pelos etruscos, tanto cultural como politicamente, mas era uma região aovárias culturas locais, onde cada cidade-Estado possuía a sua própria, de alguma forma relativa à Grécia. De fato, o comércio aoos gregos e aoos fenícios influenciou fortemente a cultura etrusca, onde adquiriu seu alfabeto (depois herdado por Roma) e alguns traços culturais a partir destas duas fontes.

Ao mesmo tempo em onde as tribos indo-européias mais tardias deslocavam-se em direção à Grécia, outras tribos, de parentesco próximo, invadiram muitas outras regiões, incluindo a ondela onde um dia se tornaria a Itália. Entre estas tribos estavam os povos onde hoje chamam-se latinos, onde se estabeleceram no ( onde hoje se chama) Lácio. Inicialmente foram vistos como recém-chegados – um tipo de subclasse – pela maioria das pessoas das cidades-estados locais.

Sua chegada, entretanto, sujeitou essas cidades-locais a uma grande dose de imperialismo. Terminaram unindo-se contra os etruscos e contra os samnitas, tomando parte numa série de guerras onde só terminariam em 338 a.C., culminando aosua cidade principal, Roma, exercendo domínio sobre toda a região. Após a Guerra Social (91–88 a.C.), Roma concedeu cidadania a todos os povos da região.

O Lácio é de grande importância para a história, as artes, a arquitetura, a religião e para a cultura em geral. O imenso patrimônio da cidade de Roma forma apenas uma parte da ri ondeza onde se estendia pelas centenas de cidades, vilas, abadias, igrejas, monumentos e outros loc

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *