O parque nacional da serra do caparaó

Parque Nacional da Serra do Caparaó


Parque Nacional de Caparaó/MG


Parque Nacional de Caparaó/MG 2
Parque Nacional de Caparaó/MG


OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA UNIDADE


Proteger o pico da bandeira, amostras representativas de ecossistemas de “campos de altitude”, e da floresta sub-caducifolia tropical, como também espécies da fauna ameaçadas de extinção.


DECRETO E DATA DE CRIAÇÃO


Foi criado pelo decreto n.º 50.646 de 24.05.1961


ASPECTOS CULTURAIS E HISTÓRICOS


Conta-se que por volta de 1859, D. Pedro II determinou a instalação de uma bandeira do império no pico de altitude mais expressiva da Serra do Caparaó. Acredita-se que a origem da denominação “Pico da Bandeira” deve-se a este fato. O Parque foi também local de repercussão histórica e política no ano de 1967, tendo ocorrido a Guerrilha do Caparaó, iniciativa do movimento esquerdista brasileiro. O nome do Parque tem origem indígena-popular, que significa “Águas que Rolam das Pedras”. A lenda conta que “Ó” era o nome de um boi muito bravo que vivia dentro da área do Parque, sendo temido pelos boiadeiros da localidade. Um dia 3 destemidos boiadeiros subiram a serra e conseguiram laçar o “Ó” . Para comprovar o ato de bravura caparam o “Ó”, ficando a região conhecida como Caparaó.


ÁREA, LOCALIZAÇÃO E ACESSOS


Possui uma área de 31.853 ha e 160 km de perímetro. Está localizado na divisa do estado de Minas Gerais com o estado do Espírito Santo, sendo que a parte mineira apresenta aproximadamente 7.800 ha e a parte capixaba 18.200 ha. Devido a localização privilegiada da unidade, ela possui várias formas de acesso. De forma geral o acesso deve ser feito através da rodovia MG-111(rodovia vicinal) que passa por municípios vizinhos ao Parque. Esta rodovia tem seu entrocamento com a rodovia 262 – Vitória/Minas, próximo a cidade de Martim Soares-MG, passando por Manhumirim-MG, Alto Jequitibá e nesta cidade toma-se a rodovia intermunicipal – Alto Jequitibá/Alto Caparaó. Alto Caparaó está 4 Km da portaria de entrada do Parque.


Do Rio de Janeiro até Alto Caparaó: toma-se a rodovia 116 até Carangola-MG e posteriormente a rodovia BR-484 até o entrocamento com a rodovia MG-111 – trevo de Espera Feliz/MG – ruma para Alto Jequitibá/MG e posteriormente até Alto Caparaó.
De Belo Horizonte: Rodovia 262 -Vitória Minas até Realeza entrocamento BR-262 e BR-116 – continúa BR-262 até entroncamento com a BR-262 e BR-111 em Reduto. Nessa Rodovia até Alto Jequitibá-MG e posteriormente 12 Km asfaltado até Alto Caparaó/MG.
Para chegar a Portaria de Pedra Menina, partindo de Belo Horizonte BR-262 e MG-111 até Espera Feliz e BR-284 até Dores do Rio Prêto – Vitória BR-101 até Cachoeiro e BR-484 até Dores do Rio Preto/Pedra Menina.


Rio/São Paulo BR-116 até Carangola e BR-284 até Dores do Rio Prêto/Pedra Menina.
As cidades mais próximas à unidade são: Alto Caparaó/MG que fica a 360 Km da capital e a cidade de Alto Jequitiba/MG que fica a 334 Km da capital.


CLIMA


Apresenta clima tropical de altitude, com temperatura média anual entre 19 ºC e 22 ºC, sendo, Fevereiro mais quente, e julho mais frio. A pluviosidade está em torno de 1.000 mm anuais, e as maiores ocorrências de chuvas estão entre os meses de novembro a janeiro. Setembro é o mês mais seco.


QUE VER E FAZER (ATRAÇÕES ESPECIAIS)/ÉPOCA IDEAL PARA VISITAÇÃO


A unidade está aberta à visitação todos os dias da semana de 07:00 äs 22:00 hs. O valor do ingresso é R$ 3,00 por pessoa; para acampar paga-se mais uma taxa de permanência de R$ 6,00 por dia. Deve-se visitar o Vale Verde, a Cachoeira Bonita, a Tronqueira, o Rancho dos Cabritos, o Terreirão, o Pico da Bandeira, o do Cristal, o do Camilo, e as Cachoeiras. Para a visitação os meses de junho, julho e agosto são favorecidos pela ausência de chuvas.


RELEVO


O parque encontra-se numa região montanhosa que compreende parte da Serra do Mar e da Serra da Mantiqueira. Seu ponto culminante é o Pico da Bandeira, o terceiro mais alto do Brasil, com 2.890 m de altitude. As áreas mais baixas chegam a 997m de altitude, no Vale Verde.


VEGETAÇÃO


Na face leste do maciço do Caparaó, situada no estado do Espírito Santo, predomina a Floresta Tropical Pluvial e na face oeste, no estado de Minas Gerais, conforme a altitude: até 1.800m, Floresta Tropical Pluvial; de 1.800 até 2.400 m, Campos de Altitude com formações arbustivas; tropical pluvial; e acima de 2.400 m, Campos Limpos incrustados entre os afloramentos rochosos.


FAUNA


A população de animais foi reduzida pela ação predatória do homem, resumindo-se atualmente há pequenos animais relativamente comuns. No entanto, o Parque abriga espécies ameaçadas de extinção, como: o mono-carvoeiro (brachyteles arachnoides), o lobo-guará (chrysocyon brachyurus), o veado-campeiro (ozotocerus bezoarticus), ocorrendo ainda a jaguatirica, a onça-pintada e o gato-mourisco.


USOS CONFLITANTES QUE AFETAM A UNIDADE E SEU ENTORNO


Sempre ocorre incêndios proveniente de queimadas provocadas nas áreas vizinhas. Freqüentemente observa-se a ocupação de áreas impróprias para pastagem, dado ao relevo montanhoso da região, resultando em baixa produtividade dos rebanhos e erosão dos solos.


BENEFÍCIOS INDIRETOS E DIRETOS DA UNIDADE PARA O ENTORNO


O Parque Nacional do Caparaó está entre os mais visitados do país, sendo foco atrativo para o desenvolvimento do ecoturismo, gerando empregos diretos e indiretos devidos a esta atividade.


INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE A UNIDADE


Número total de Funcionários


16 funcionários do IBAMA; 06 funcionários de empresas de vigilância , 10 da conservadora, 14 da brigadistas e 02 cedidos pela Prefeitura Municipal de Espera Feliz/MG e 02 da Prefeitura de Dores do Rio Preto/ES.


Infra-estrutura disponível


2 residências funcionais (115,7 m2 e 211 m2); 1 alojamento para pesquisadores (115,7 m2); 2 alojamentos para funcionários (61,6 m2 e 107,5 m2); 1 sede administrativa (com sala de reuniões, recepção, sala de rádio, xerox, sala do diretor, 4 salas técnicas 1 dispensa, 2 banheiros e 1 cozinha); 1 centro de visitantes (407 m2 – 1 auditório com 60 lugares, 1 sala de exposição (s/ exposição no momento), 2 sanitários e 1 sala de retroprojeção); 2 portarias (225,72 m2 e 195m2); 3 postos de vigilância (Santa Marta – 30 m2, Pedra Roxa – 30 m2 e Terreirão – 50 m2); 14 Km de estradas internas-meio-ambiente; 4 Toyotas (1992, 1991, 1995, 1995); 1 caminhão (1997); 1 Sprinter 12 lugares (1997); 1 carro passeio (1993); 1 moto (1997); 1 Trator New Roland (2002) com perifericos; 01 Veiculo Mitsubiche TL 200; sistema de comunicação (telefone, fax, e-mail e 57 rádios transmissores com cobertura de toda a área do Parque, com exceção da parte norte) e rede elétrica e hidráulica.


ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA


Rua Vale Verde, s/n – Zona Rural de Alto Caparaó
36836-000 – Alto Caparaó – MG


Fonte: www.brasilturismo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *