O parque nacional da serra geral

Parque Nacional da Serra Geral


OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA UNIDADE


Proteger amostra representativa da região dos Aparados da Serra com sua flora e fauna, paisagens e demais recursos bióticos e abióticos associados, formando, em conjunto com o Parque Nacional Aparados da Serra, uma área de conservação maior.


DECRETO E DATA DE CRIAÇÃO


Foi criado pelo Decreto n° 531 de 20.05.1992


ASPECTOS CULTURAIS E HISTÓRICOS


Dados não disponíveis.


ÁREA, LOCALIZAÇÃO E ACESSOS


Possui uma área de 17.300 ha. Está localizado nos estados de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, nos municípios de Jacinto Machado e Praia Grande em Santa Catarina e Cambará do Sul e São Francisco de Paula no Rio Grande do Sul. O acesso é feito através da BR-020 que liga São Francisco de Paula a Cambará do Sul, ou pela SC-360 que liga Praia Grande/SC a Cambará do Sul. A cidade mais próxima à unidade é Cambará do sul que fica a uma distância de 190 Km da capital.


CLIMA


O clima é Mesotérmico brando superúmido sem seca. As temperaturas médias anuais estão entre 18 a 20° C, com máxima absoluta de 34 a 36° C e mínima absoluta de – 8 a – 4° C. A pluviosidade está entre 1.500 e 2.000 mm anuais.


O QUE VER E FAZER (ATRAÇÕES ESPECIAIS)/ÉPOCA IDEAL PARA VISITAÇÃO


O Parque possui belezas cênicas raras, como o Canyon da Fortaleza, cachoeiras e espécies raras da fauna e flora. O mês de janeiro é o mais quente, com médias entre 20 a 22° C; junho e julho são os meses mais frios, com a temperatura atingindo a marca de 0° C. Em função desta variação de temperatura, o visitante pode escolher a melhor a época de visitá-lo.


RELEVO


O relevo sul catarinense é acentuado com montanhas e vales profundos, que recortam a borda do planalto. O lado rio-grandense é caracterizado por coxilhas suaves e vales rasos. Sem transição, as ondulações suaves dão lugar à paredões verticais e rochas basálticas.


VEGETAÇÃO


Coexistem na área a Floresta com Araucária, Campos e a Floresta Pluvial Atlântica, assim como as zonas de transição entre elas. Na Floresta com Araucária destaca-se: o pinheiro-do-paraná, a aroeira, o carvalho, a caúna e o pinheirinho-bravo. Nos Campos predominam as gramíneas. Na Floresta Pluvial Atlântica encontram-se várias espécies como: a maria-mole e a cangerana.


FAUNA


O lobo-guará (Chrysocyon brachyurus), a suçuarana (Felis concolor) e o veado-campeiro (Ozotocerus bezoarticus) são avistados apenas nos locais de mais difícil acesso. Entre as aves estão o gavião-pato (Spizaetus tirannus) e a águia-cinzenta (Harpyhaliaetus coronatus), que se encontram ameaçados de extinção. Encontram-se também ofídios peçonhentos.


USOS CONFLITANTES QUE AFETAM A UNIDADE E SEU ENTORNO


Atividades de caça, incêndios e desmatamentos são os principais problemas que o Parque enfrenta no momento.


BENEFÍCIOS INDIRETOS E DIRETOS DA UNIDADE PARA O ENTORNO


Dados não disponíveis.


ACORDOS DE PARCERIA


Dados não disponíveis.


INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE A UNIDADE


Número total de Funcionários


01 funcionário do IBAMA.


Infra-estrutura disponível


Não possui nenhuma infra-estrutura.


Fonte: www.brasilturismo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O parque nacional da serra geral

O parque nacional da serra geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *