O pássaro patativa













Nome científico: Sporophila plumbea


Distribuição: Do Piauí até o Rio Grande do Sul.


Habitat: Campos. cerrados, beira dos brejos.


Fêmeas e jovens: Pardos, como os Caboclinhos.


Outras formas: Na região amazônica ocorre a Sporophila plumbea whiteleyana. Nas duas formas aparecem exemplares de bico preto e de bico amarelo.


Patativa-chorona (Sporophila leucoptera): Espécie maior, bico mais forte e amarelo-alaranjado, partes inferiores brancas. Fêmeas e jovens pardos.


Tipo de ninho: Em forma de taça. Aceitam ninhos de corda de 8,5 cm de diâmetro.


Postura: 2 a 3 ovos.


Incubação13 dias.


Comportamento e reprodução:
A Patativa é bastante procurada pela fama de seu canto. A Sporophila leucoptera tem o canto triste e assoviado, daí o nome Patativa-chorona. Reproduzem com facilidade em gaiolas de 70cm de comprimento X 40cm de altura X 30 cm de profundidade.
















Espécie Tamanho Anel
Sporophila plumbea………. 11 cm…………. 2,5 mm
Sporophila leucoptera……. 12,5 cm………. 2,8 mm

Dicas:
Não compre aves silvestres de nossa fauna se esta não possuir autorização do IBAMA.
Você pode adquirir patativa nacional legalizada através de criadouros e criadores regularizados pelo IBAMA.
Caçar aves silvestres no Brasil é crime ambiental e penalizado com multa e prisão.

Links Relacionados:
Radar Animal (site de buscas sobre animais)

Referência:
Revista Pássaros – Ano 2 – número 8
Texto publicado sob autorização da Editora Ecologia

Estatísticas:
20493 clicks desde 30-10-2002
20 votos, média: 9.84/10    votar

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *