O peixe folha (monocirrhus polyacanthus).








Peixe-folha (Monocirrhus polyacanthus)
 

Nome Vulgar: Peixe-folha
Nome Científico: Monocirrhus polyacanthus (Heckel)
Origem: Rio Amazonas
Temperatura ideal: 23° a 32 °C
Tamanho: 10cm


Descrição:
Nada mais parecido como uma folha caída na água, amarelada pelo processo de decomposição e sendo arrastada pela fraca correnteza das águas. A melhor maneira de descrevê-lo é essa: dizer que parece uma folha morta. Sua cor varia de minuto a minuto e vai do castanho-claro até o marrom-escuro ou cor de chocolate. Dos olhos saem três linhas radiais; uma vai até o começo da nadadeira dorsal, outra até às ventrais e a última atreavessa seu corpe longitudinalmente, até à rais da cauda. A boca é enorme. Um de seus passatempos favoritos além de comer, é bocejar, o que faz espetacularmente.


Hábitos e reprodução
Para termos um casal destes peixes, devemos estar preparados para alimentá-los com peixes vivos. Três a quatro barrigudinhos diários parecem ser a dose certa para mantê-los em boa saúde. Observar estes peixes é interessantíssimo, pela capacidade de ficar horas e horas imóveis até que seu almoço passe ao alcance de sua boca. De resto, gostam de se colocar perto das plantas, em posição tal que aprecem fazer parte delas. Sua reprodução em cativeiro é uma questão de sorte. A fêmea deposita os ovos na parte inferior de uma folha de Sagittaria ou Echinodorus e o macho imediatamente os fertiliza e abana com suas nadadeiras. Três dias depois nascem os filhotinhos, que ficam aderidos à folha por um pequeno filamento. Não se parecem em nada com os pais, dos quais convém que sejam separados assim que comecem a nadar procurando alimento. Convém sempre vigiar os filhotes, à medida que forem crescendo, sepradando-os por tamanho, ou os maiores devorarão seus irmãos menores.








Foto: www.elacuarista.com

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *