O pelo curto brasileiro.

O gato Pelo Curto Brasileiro ou Brazilian Shorthair trata-se da primeira raça de gatos brasileira reconhecida internacionalmente. Devido à sua docilidade, espírito brincalhão, confiabilidade, esperteza, inteligência e agilidade, além de excelente temperamento e comportamento, tem cada dia encantado mais pessoas.


Trata-se de uma raça relativamente nova, com 14 anos de existência. Mas que vem conquistando inúmeras pessoas no Brasil e Exterior. Foi idealizada pelo Paulo Ruschi, juiz internacional e vice-presidente da WCF – World Cat Federation – que a vem divulgando em todos os países onde é convidado a julgar. Sendo que em 1998 a raça foi internacionalmente aprovada pela WCF.


Como se trata de uma raça que surgiu de animais selecionados das ruas, como tantas outras começaram, muita gente desavisada ou de má fé, acha que qualquer vira-lata se trata de um pelo curto brasileiro, sendo que isto esta muito longe da verdade, já que o pelo curto brasileiro obedece a um padrão internacional. Uma coisa muito importante na hora de adquirir um exemplar é ver se este possui pedigree, e se neste vem escrito PÊLO CURTO BRASILEIRO, pois tem gente vendendo gatos dizendo ser da raça, mas que no pedigree consta brasileiro, brasileirinho, brasileiro pelo curto etc… Sendo que este não tem validade e conseqüentemente não se tratam da raça original aprovada internacionalmente.


Felizmente contamos com criadores bastante dedicados, que fazem um trabalho serio em cima da raça como Sylvia Roriz do Gatil Syarte, que possui excelentes gatos. Sendo que foi ela a primeira criadora a exportar exemplares da raça.


Eu como criadora da raça cito o Pelo Curto Brasileiro como uma raça que te conquista pelo seu modo de ser, é um gato bonito, muito companheiro, com uma docilidade excepcional, brincalhão e sempre atento a tudo que acontece, convive extremamente bem com meus cães e com meu coelho. È muito difícil não se apaixonar por eles, e não é a toa que cada dia faz mais sucesso.


O Padrão Aprovado


Tipo: Aparência geral de um gato saudável, levemente esbelto, rápido e elegante.


Corpo: Firme, tamanho médio, não compacto, e ligeiramente esbelto.


Pernas: Pernas firmes, não demasiadamente musculosas, comprimento médio, pés de tamanho médio e arredondados.


Rabo: Comprimento médio a longo, não grosso na base, afinando para o final.


Cabeça: Tamanho pequeno a médio, sendo mais comprida do que larga, levemente em forma de cunha.


Orelhas: Orelhas grandes, com tufos de pêlos dentro delas, colocadas quase retas para cima.
Sua altura é maior do que o comprimento da base.


Olhos: Forma arredondada. Todas as cores são aceitas. A distância entre os dois olhos é de um olho e meio um do outro.


Nariz: Tamanho médio a grande com uma leve curvatura na base.


Pescoço: Comprimento médio a grande, não musculoso. Apenas firme.


Queixo: Forte queixo.


Bochechas: Levemente desenvolvidas.


Pelagem: Curta, sedosa, bem fechada, deitada junto ao corpo. Sem subpêlo.


FALTAS: Rabo anormal ou com nó, acentuado stop (quebra/depressão) na base do nariz, sub-pêlo, corpo compacto.


DESQUALIFICAÇÃO: De acordo com as regras gerais para show e criação (pulgas, sujeira, agressividade, entre outras).


CÔRES: Todas as cores são aceitas. Preferência será dada às já conhecidas.


TEMPERAMENTO: Ativo, dócil, e amigo.

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *