O que é fluorescência

Fluorescência



Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.







Fluorite sob luz branca (esquerda) e de onda curta UV (direita)




Arte em cores fluorescentes.

Fluorescência é a capacidade de uma substância de emitir luz quando exposta a radiações do tipo ultravioleta (UV), raios catódicos ou raios X. As radiações absorvidas (invisíveis ao olho humano) transformam-se em luz visivel, ou seja, com um comprimento de onda maior que o da radiação incidente.


Um exemplo, é o fenomeno que faz com que certos materiais brilhem à exposição de UV emitida por uma lâmpada “luz negra“.


O fenômeno da fluorescência consiste na absorção de energia por um elétron, passando do estado fundamental (S0) para o estado excitado (S1); este elétron ao retornar ao estado fundamental é acompanhado pela libertação de energia em excesso através da emissão de radiação. Na fluorescência todo o processo ocorre em tempo inferior a 0,00001 segundos.


A diferença relativamente à fosforescência, é que, geralmente, a fluorescência dura apenas enquanto houver estímulo.


A aplicação mais habitual deste fenômeno são as lâmpadas fluorescentes, onde uma substância branca que recobre o seu interior de cristal emite luz quando se cria uma corrente elétrica no interior do tubo. Outro uso prático da fluorescência é de detectar bilhetes falsos, já que só os verdadeiros levam impressos uma tinta fluorescente que são visíveis apenas com auxílio de uma “luz negra“.



[editar] Ver também


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que é fluorescência?

Fluorescência



Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.





 

Fluorito sobre luz branca (esquerda) e de onda curta UV (direita)

Fluorescência é a capacidade de uma substancia de emitir luz quando exposta a radioações do tipo raios ultravioleta (UV), raios catódicos ou raios X. As radiações absorvidas (invisíveis a olho humano) se transformam em luz visivel, ou seja, de uma longitude de onda maior que a incidente.


Por exemplo, é o fenomeno que faz com que certos materiais brilhem à exposição de UV emitida por uma lâmpada “luz negra“.


O fenômeno da fluorescência consiste na absorção de energia por um elétron, passando do estado fundamental (S0) para o estado excitado (S1), este elétron ao retornar ao estado fundamental é acompanhado pela libertação de energia em excesso através da emissão de radiação. Na Fluorescência todo o processo ocorre em tempo inferior a 0,00001 segundos.


A diferença da fosforescência, é que, geralmente, a fluorescência dura apenas enquanto houver estímulo.


A aplicação mais habitual deste fenômeno são as lâmpadas fluorescentes, onde uma substancia branca que recobre o seu interior de cristal emite luz quando se cria uma corrente elétrica no interior do tubo. Outros usos da fluorescencia é de detectar bilhetes falsos, já que só os verdadeiros levam impressos uma tinta fluorescente que são visíveis apenas com auxílio de uma “luz negra“.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *