O que é o elemento químico praseodímio?

O praseodímio ( do grego prasios ( “verde” ) e didymos ( “gêmeo” ) é um elemento químico de símbolo Pr . número atômico 59 ( 59 prótons e 59 elétrons ) com massa atómica 140,9 u, À temperatura ambiente, o praseodímio encontra-se no estado sólido. Faz parte do grupo das terras raras.


Usado para produzir ligas metálicas de altas resistências usados em componentes de motores de avião, em metal Misch para pedras de isqueiros e lâmpadas de projetores cinematográficos.


É encontrado nos minerais monazita e bastnasita. Foi separado, em 1885, pelo químico austríaco barão C. F. Auer von Welsbach, do mineral didímio.















































































































CérioPraseodímioNeodímio
Pr
Pa  
 
 

Geral
Nome, símbolo, número Praseodímio, Pr, 59
Classe , série química Metal , transição interna ( lantanídio )
Grupo , periodo, bloco _ , 6 , f
Densidade, dureza 6640 kg/m3, sem dados
Cor e aparência Branco prateado, amarelado
Propriedades atômicas
Massa atómica 140,90765(2) u
Raio médio 185 picómetro
Raio atômico calculado 247 pm
Raio covalente 165 pm
Raio de van der Waals Sem dados
Configuração electrónica [Xe]6s24f3
Estados de oxidação (óxido) 3 (levemente básico)
Estrutura cristalina Hexagonal
Propriedades físicas
Estado da matéria Sólido
Ponto de fusão 1204 K (931 °C)
Ponto de ebulição 3793 K (3520 °C)
Entalpía de vaporização 296,8 kJ/mol
Entalpía de fusão 6,89 kJ/mol
Pressão de vapor 1,333224 · 10-6 Pa a 1070 K
Velocidade do som 2280 m/s a 293,15 K
Informações diversas
Eletronegatividade 1,13 (Pauling)
Calor específico 193 J/(kg·K)
Condutividade elétrica 1,48 · 106 m-1·Ω-1
Condutividade térmica 12,5 W/(m·K)
Potencial de ionização 527 kJ/mol
Potencial de ionização 1020 kJ/mol
Potencial de ionização 2086 kJ/mol
Potencial de ionização 3761 kJ/mol
Isótopos mais estáveis































iso. AN Meia-vida MD ED MeV PD
141Pr 100% 141Pr é isótopo estável com 82 neutrons
142Pr Sintético 19,12 h β 2,162 MeV 142Nd
ε 0,745 MeV 142Ce
143Pr Sintético 13,57 d β 0,934 MeV 143Nd
Unidades SI e CNTP, exceto quando indicado o contrário








Índice




Características principais


O praseodímio é um elemento metálico prateado, macio pertencente aos lantanídios. É mais resistente a corrosão no ar do que o európio, lantânio, cério ou o neodímio, porém desenvolve um óxido verde que reveste o metal quando exposto ao ar, expondo o metal ainda mais a oxidação. Por essa razão, o praseodímio deve ser armazenado imerso em óleo mineral ou selado em plástico ou vidro.



Aplicações



  • Em adição com o magnésio para produzir ligas metálicas de alta resistência usados em motores de aviões.
  • O praseodímio é usado como núcleo nas lâmpadas de arco de carbono para a indústria cinematográfica, para iluminação de estúdios e projetores.
  • Compõem o metal Misch na quantidade de 5% para a produção de pedras de ignição de isqueiros.
  • Compostos de praseodímio são usados para colorir em amarelo vidros e esmaltes.
  • O praseodímio é um componente do didímio , usado em vidros para a fabricação de óculos de proteção.


História


O nome praseodímio é proveniente do grego prasios ( “verde” ) e didymos ( “gêmeo” ).


Em 1841, Mosander extraiu a terra rara “didímio” da lantana. Em 1874, Per Teodor Cleve concluiu que o didímio era, de fato, uma mistura de dois elementos diferentes. Em 1879, Lecoq de Boisbaudran isolou uma nova terra rara , samário, do didímio obtido do mineral samarskita. Em 1885, o químico austríaco barão C. F. Auer von Welsbach separou do didímio dois elementos químicos, o praseodímio e o neodímio, cujos sais apresentam colorações diferentes. O elemento metálico foi isolado relativamente puro em 1931.



Ocorrência


O praseodímio é encontrado em minerais terras raras como a monazita e a bastnasita. O praseodímio pode ser recuperado da monazita ou bastnasita pelo processo de troca de íons. O praseodímio também é componente , em torno de 5%, do metal Misch.


Os mais importantes depósitos de monazita são encontradas nos Estados Unidos ( IdahoMontana e Florida ) , Brasil, Austrália, África do Sul e Índia. A bastnasita é encontrado principalmente na Califórnia ( Estados Unidos ).



Compostos


Os principais compostos de praseodímio são:



  • Fluoretos: Fluoreto de praseodímio II ( PrF2 ) , Fluoreto de praseodímio III ( PrF3 ), Fluoreto de praseodímio IV ( PrF4 ).
  • Cloretos: Cloreto de praseodímio III ( PrCl3 )
  • Brometos: Brometo de praseodímio III ( PrBr3 ) , Brometo de praseodímio ( Pr2Br5 ).
  • Iodetos: Iodeto de praseodímio II ( PrI2 ) , Iodeto de praseodímio III ( PrI3 ) , Iodeto de praseodímio ( Pr2I5 ).
  • Oxidos: Óxido de praseodímio IV ( PrO2 ), Óxido de praseodímio III ( Pr2O3 )
  • Sulfetos: Sulfeto de praseodímio II ( PrS ) , Sulfeto de praseodímio III ( Pr2S3 )
  • Selenetos: Seleneto de praseodímio II ( PrSe )
  • Teluretos: Telureto de praseodímio II ( PrTe ) , Telureto de praseodímio III ( Pr2Te3 ).
  • Nitretos: Nitreto de praseodímio ( PrN )


Isótopos


O praseodímio natural é composto de um único isótopo estável, o Pr-141.


38 radioisótopos foram caracterizados, sendo os mais estáveis o Pr-143 com uma meia-vida de 13,57 dias e o Pr-142 com uma meia-vida de 19,12 horas. Todos os demais isótopos radioativos apresentam meias-vida abaixo de 5,985 horas e, a maioria destes, com menos de 33 segundos. O elemento contém também 6 isótopos metaestáveis, sendo os mais estáveis o Pr-138m ( meia-vida de 2,12 horas ), o Pr-142m ( meia-vida de 14,6 minutos ) e o Pr-134m ( meia-vida de 11 minutos ).


As massas atômicas dos isótopos de praseodímio variam de 120,955 u ( Pr-121 ) até 158,955 u ( Pr-159 ). O primeiro modo de decaimento antes do isótopo estável, Pr-141, e a captura eletrônica, e o primeiro modo após é a emissão beta menos. Os primeiros produtos de decaimento antes do Pr-141 são os isótopos do elemento 58 ( cério ) e os primeiros produtos após o Pr-141 são os isótopos do elemento 60 ( neodímio.



Precauções


Como todas as terras raras, o praseodímio apresenta de moderada a baixa toxicidade. Não apresenta nenhum papel biológico conhecido.



Vínculos externos



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *