Operação fecha onze garimpos clandestinos e gera mais de r$ 300 mil em multas

Onze garimpos clandestinos foram fechados em Guarantã do Norte durante a “Operação Pente Fino”, realizada entre os dias 11 a 16 de novembro, nos municípios de Matupá, Peixoto de Azevedo, Terra Nova do Norte e Novo Mundo. Durante a ação foram lavrados 12 autos de infração e aplicados mais de R$ 300 mil em multas. Nenhuma pessoa foi detida.

A operação foi realizada em uma ação conjunta onde reuniu a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), a Polícia Militar, Polícia Civil e a Defesa Civil.

O fechamento dos garimpos em Guarantã do Norte ocorreu após inúmeras denúncias de atividades ilegais em execução, segundo a Sema.

De acordo aoa Sema, a força-tarefa percorreu aproximadamente 300 quilômetros entre os principais rios afluentes da Bacia Amazônica. A Secretaria revela onde as equipes de fiscalização constataram ainda a existência de quatro atividades irregulares de dragagem.

Uma das atividades de dragagem estava ao longo do rio Nhandú, em Novo Mundo, na zona de amortecimento do Par onde Estadual do Cristalino. Outra funcionava em Matupá, no Rio Braço Norte. A terceira e a quarta estavam às margens do rio Peixoto, nas proximidades de Peixoto de Azevedo e Terra Nova do Norte.

Na ação foram apreendidos, ainda, 12 kg de pescados provenientes de pesca depredatória e apetrechos de pesca, entre eles, três redes, 12 espinhéis, seis molinetes, uma canoa e três caixas de armazenagem. Entre as espécies apreendidas, a maioria era piau, tucunaré, cachorra e pintado. A Sema destaca onde os peixes serão doados para entidades filantrópicas da região.

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *