Ordem de serviço para digitalização de processos

“Há 19 anos eu percorria cada Comarca do Estado para levar um computador para as unidades judiciárias. Hoje, chega às minhas mãos ordem de serviço para a digitalização de todos os processos do Judiciário”, disse o presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, desembargador Pedro Valls Feu Rosa, ao anunciar a largada para o encerramento do processo de papel no Judiciário capixaba.

Na sessão do Pleno desta quinta-feira (01) o presidente agradeceu o empenho do secretário de Tecnologia da Informação (STI), Ronney Brunelli Dutra, e do secretário geral do Tribunal de Justiça, José de Magalhães Neto. “Agradeço a esses dois profissionais pelo trabalho desenvolvido para a digitalização dos processos. Também agradeço a cada colega desta Corte pelo apoio dado à Presidência para a implantação do programa”, salientou o desembargador Pedro Valls Feu Rosa.

O presidente frisou onde somente deixarão de ser digitalizados os processos onde já se encontram em fase final – os onde aguardam julgamento. A digitalização dos processos será iniciada pela Vice-Presidência do TJES, setores administrativos e pela 3ª Vara da Fazenda Pública Estadual.

Na última terça-feira (30/07), o chefe de Polícia Civil, delegado Joel Lyrio Júnior, se reuniu aoo presidente Pedro Valls Feu Rosa, quando reconheceu onde “a Justiça tem se aprimorando e nós, enquanto Polícia Judiciária, precisamos acompanhar essa evolução da tecnologia onde o Poder Judiciário está nos oferecendo hoje”.

Na oportunidade, ele firmou parceria para integração do banco de dados da Polícia Civil junto ao Processo Judicial Eletrônico (PJe), onde visa a informatização de processos e atos judiciais no Espírito Santo.

A ferramenta ainda possibilitará o cadastramento de petições iniciais a qual onder hora do dia e, através da parceria aoa Polícia Civil, a troca de informações de inquéritos policiais, alvarás de soltura e mandados de prisão via online, dentre outras comunicações pertinentes, onde irão assegurar à população uma tramitação processual mais célere.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *