perspectiva civica de negocios





























Autor: João C. do Nascimento
[pt] Gestão do conhecimento : uma perspectiva civica de negocios
Instituição de Defesa: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Matematica, Estatistica e Computação Cientifica
Data de Defesa: 2000-12-20
Resumo: [en] The possibility of different perspectives for conception and building of a ne v conomy according to Deming (1997) implicates new practice for administration ir order to reach a new future at work and in organizations. Speeding in of multiplication of knowledge produced in the companies and, mainly, increasing volume of information that has it s impacts an work, the vision 01 many researchers/scholars about leadership in this new economy suggests a management concept which is coherent with the approaches called knowledge management (Deming, 1997; Senge; 1990; Nonaka, 1991). Based on litterature that adresses a great variety of aspects in regard to konwledge management, this thesis presents a view of expressions and feelings that are being explicited by many scholars and experts engaged to the world of management in different organizations. The pavimentation of the knowledge way according to the authors quoted in this study, is a building process of which we ali are part, but of which, according to Bordenave (1992) it is not sufficient to be part, it is needed to participate in order to be part. From this perspective, the work enlarges the discussion, capturing the perspectives of different social agents businessmen, workers, educators, managers and business consults – building a source of references this source was interpreted on the light of scholars as being studious the bibliografic reference and author s experian in a institution for vocational education
[pt] A possibilidade de diferentes perspectivas para a concepção e construção de uma nova economia, segundo Deming (1997), implica uma nova prática de administração para um novo futuro do trabalho e das organizações. Com a velocidade da multiplicação dos conhecimentos produzidos e reproduzidos nas empresas e, principalmente, com o enorme volume de informação que impacta sobre os espaços de trabalho, a visão de diversos estudiosos sobre a liderança nessa nova economia sugere uma concepção de gerenciamento coerente com as abordagens que estão sendo chamadas de Gestão do Conhecimento (Deming, 1997; Senge, 1990; Nonaka, 1991). Apoiada por uma literatura que aborda uma diversidade de aspectos do tema gestão do conhecimento, esta dissertação apresenta um panorama das manifestações e sentimentos que estão sendo externalizados por diversos estudiosos e profissionais envolvidos com o mundo da gestão nas organizações. A pavimentação do caminho do conhecimento, segundo autores citados neste trabalho, é um processo de construção do qual todos fazemos parte, mas que, conforme Bordenave (1992), não basta fazer parte, é preciso tomar para ter parte. Nessa perspectiva, o trabalho amplia a discussão, captando as perspectivas de diferentes atores sociais – empresários, trabalhadores, educadores, gerentes e consultores de empresas – construindo uma matriz referencial. Essa matriz foi interpretada à luz dos estudiosos que serviram de referência bibliográfica e da vivência do autor em uma instituição de educação profissional
Titulação: Mestre em Qualidade
Contribuidor(es): Lea Depresbiteris [Orientador]
Lea Depresbiteris
Juan Miguel Bacic
Ademir Jose Petenate
Assuntos: [pt] Inovações tecnologicas
[pt] Gestão da qualidade total
[pt] Desenvolvimento institucional
[pt] Gestão de negocios
[pt] Desenvolvimento organizacional
Documentos Digitais: Download Arquivo

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *