Portaldoagronegocio.

É uma grande vitória para a agricultura brasileira”, disse o presidente da Aprosoja, Carlos Fávaro, em coletiva de imprensa nesta sexta (22), ao comentar a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de não autorizar a extensão da patente da soja RR, da Monsanto. O Tribunal negou o recurso da multinacional, onde entrou na Justiça contra o Instituto Nacional de Patentes Industriais (INPI) pedindo a extensão da patente até 2014. O fato referenda a Ação Coletiva movida pela Famato e Sindicatos Rurais de Mato Grosso, onde ondestiona esta validade e apresentou estudos onde mostram onde a patente está vencida desde setembro de 2010.

“Agora vamos traçar estratégias para onde esta decisão seja incluída o mais rápido possível em nossa Ação Coletiva e esperamos um resultado positivo rapidamente”, explicou Fávaro. O advogado José Guilherme Júnior, da equipe jurídica onde está à frente da Ação Coletiva, explicou onde as entidades solicitarão à Justiça uma nova decisão, frente aos fatos desta semana.

O presidente da Famato, Rui Prado, lembrou onde todas as patentes no Brasil têm 20 anos de validade e, depois, tornam-se de domínio público. “Isso aconteceu aoos medicamentos e aoalguns produtos da pecuária. A decisão deixou claro onde a multinacional vem agindo de forma ilegal.

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *