Quais são os aspectos epidemiológicos da meningite?

Infecções do Sistema Nervoso Central (SNC), com acometimento das meningites, causadas por múltiplas etiologias e caracterizadas por: febre, cefaléia intensa, vômitos, sinais de irritação meníngea e alterações do Líquido Céfalo-Raquidiano (LCR). Seu prognóstico depende do diagnóstico precoce e do início imediato do tratamento. Algumas delas se constituem em problemas relevantes para a saúde pública.


Etiologia: As meningites são causadas por uma variedade de microorganismos, cujos principais estão relacionados no quadro abaixo:


VÍRUS BACTÉRIAS OUTROS











VÍRUS BACTÉRIAS OUTROS

– Da caxumba


– Enterovírus (picornavírus)


– Coxsakie A e B


– ECHO


– Da poliomielite


– Arbovírus


– Do Sarampo


– Do Herpes simples


– Da varicela


– Adenovirus


– Da Coriomeningite linfocitária (Arenavírus)


– Neisseria meningitidis (meningococo)


– Mycobacterium tuberculosis e outras micobactérias


Haemophilus influenzae


Streptococcus pneumoniae e outros Streptococcus (grupo A e B)


Staphylococcus aureus


– Escherichia coli


– Klebsiella sp


– Enterobacter sp


– Salmonella sp


– Proteus sp


– Pseudomonas aeruginosa


– Listéria monocytogenes


– Leptospira sp


– Ameba de vida livre


. Naegleria


. Aconthamoeba


– Outros Protozoários


. Toxoplasma gondii


. Trypanosoma cruzi


(fase tripanomastigota) –


. Plasmodium sp


– Helmintos:


. infecção larvária da Taenia solium ou Cisticercose


(Cysticercus cellulosae)


– Fungos:


. Cryptococcus neoformans


. Candida albicans e C. tropicalis


Em saúde pública, duas etiologias são de especial importância: meningococo (Neisseria meningitidis) e bacilo da tuberculose (Mycobacterium tuberculosis).


Todavia, para o seu correto acompanhamento, é fundamental que todas as meningites sejam investigadas e tratadas. Deve-se levar em consideração que outras etiologias podem ter importância maior em determinados momentos, pelo aumento do número de casos ou pelo aumento da letalidade, por exemplo.


As meningites causadas pelo Haemophilus e pelo Pneumococo têm merecido atenção especial, devido às suas elevadas incidências, bem como pela evolução no conhecimento sobre métodos de prevení-las.


Fonte: dtr2001.saude.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *