Quais são os produtos reciclados utilizados na moda?

Já foi-se o tempo que quem vinha com o papo de “preservação, sustentabilidade, meio-ambiente” era considerado um “eco-chato”. Hoje em dia, é mais do que patente a necessidade de repensarmos o nosso consumo, que está totalmente ligado à destruição da natureza.



E o que a moda tem a ver com isto tudo? Muita coisa! Você sabia que a indústria têxtil se enquadra entre as quatro que mais utilizam e consomem recursos naturais, como água e combustíveis fósseis? Pois então, é com este desafio que a indústria da moda se depara e cria cada vez mais saídas alternativas para frear esta destruição. Preste atenção e repare como em muitos eventos de moda pelo Brasil vêm incluindo este assunto em sua pauta, fazendo com que o país comece a ser referência mundo afora, não somente pelo seu design e criatividade, mas também por criar caminhos para esta questão.




E não são apenas alguns ecos aqui e ali, são muitas as grifes que começaram, de alguma forma, a pensar nas possibilidades de se fazer uma moda usando matérias-primas sustentáveis ou processos que agridam menos o nosso planeta.


Podemos até não percebermos ainda como isto está acontecendo no nosso dia-a-dia fashion, mas citando apenas o avanço tecnológico com relação a matérias-primas, nossa, já é um mundo incrível e mais ainda, lindo! Com texturas maravilhosas e confortáveis, em nada parecido com os primeiros “experimentos” que não davam vontade de aderir, por mais consciência ecológica que tivéssemos.



Esta é a graça de a moda abraçar este assunto. Tudo com mais design é mais agradável aos olhos, e mesmo aquele que não conhece passa a ter mais interesse sobre a sustentabilidade. E venhamos e convenhamos, aquela pessoa que ainda não entendeu o que está acontecendo com o mundo, acorde! Nós, humanos, já consumimos 25% mais recursos naturais do que podemos renovar da Terra. Se continuarmos com estes padrões de consumo e produção, em menos de 50 anos serão necessários dois planetas Terra para atender os básicos de sobrevivência de água, energia e alimentos. Bom, munidas destas informações, consultem a listinha ecologicamente fashion e Repense, Renove e Recicle!



Conhece as novidades sobre matérias-primas utilizadas na moda? Não? Então se informe e procure nas lojas:



– Algodão orgânico. É cultivado sem o uso de pesticidas, fertilizantes químicos e reguladores do crescimento. Mas para ser 100% orgânico, no seu tingimento devem ser usados apenas pigmentos.



– Fibra de bambu. Incrível, né? A planta cresce que é uma loucura, portanto ela é super renovável. Reproduz-se em abundância, sem o uso de pesticidas e fertilizantes. Além disto, sua fibra é naturalmente anti-bactericida, biodegradável e extremamente macia. Tem característica termodinâmica, deixa a peça fresca no verão e mais quente no inverno. Não é TUDO?



– Garrafas PET. Sim, são aquelas garrafas de refrigerante, água… Inacreditavelmente, o plástico reciclado é transformado em fibras que produzem um tecido forte, porém com uma textura macia. Para ficarem ainda mais confortáveis, elas são compostas com algodão.










– Couro de peixe. Sabe aquela pele do salmão, tambaqui e tilápias que geralmente vão para o lixo? Pois é, nas mãos dos estilistas viram um tipo de couro lindo, curtido com corantes naturais, para produzir bolsas, carteiras e sapatos.



– Juta. Tem aparência de um linho, e é plantada sem nenhum impacto ambiental, usando apenas água e sem o uso de agrotóxicos para o seu cultivo. E tem mais, é biodegradável!



Rita Avellar é formada em Design de Moda e Figurino e atua na área de marketing e comunicação de moda desde 1999. Ministra cursos e palestras sobre o tema, pesquisas de tendências e visual merchandising em instituições como Senai Cetiqt e Universidade Estácio de Sá. Presta também consultoria de marketing de varejo de moda, além de desenvolver trabalhos como personal stylist e produtora na área. 

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *