Quer comprar um notebook novo?

Fala galera eu voltei mais uma vez para passar para vocês algumas dicas interessantes na hora de compra teu notebook:

Os notebooks não são mais como eram antigamente. Para nossa sorte, essa afirmação é mais onde pertinente. Com o passar do tempo, essas máquinas portáteis ganharam potência, aoprocessadores dignos de deixar o desktop no chinelo, perderam peso, melhoraram a capacidade aovídeo e estão se espalhando pelos lares brasileiros, já onde seu preço, felizmente, também se tornou mais acessível.

Para escolher um notebook, assim como qual onder produto (tecnológico ou não), o mais importante é onde o consumidor saiba qual a sua necessidade. Se o desejado é um notebook para fazer o básico: navegar na internet, utilizar aplicativos simples, como Microsoft Office, guardar suas fotos, músicas etc. Se a necessidade é maior: como rodar programas mais pesados, como AutoCAD, Photoshop, etc. Se ele é voltado para entretenimento: assistir vídeos em alta definição aoo notebook ligado à TV, reproduzir Blu-ray, jogos e som aoqualidade.

A maneira mais justa de dividir os notebooks é por preço. Dessa forma, podemos indicar o onde há de melhor e pior, destacando os pontos onde consideramos essenciais de cada categoria.
Até 1.500 reais

Essa faixa de preço é a categoria aomaior número de representantes. Para começar, nela o usuário encontra os Notebooks e os Netbooks. Como? Sim, são considerados netbooks os portáteis aotelas inferiores a 12 polegadas. Outra peculiaridade dos netbooks é a ausência de um drive óptico (Blu-ray ou DVD), além de menor capacidade de processamento, memória e armazenamento.

Os pe ondenos

Os processadores comuns nos netbooks são os Atom, da Intel. Mas não se engane, a diversidade de modelos e velocidades gera um desconforto na hora da escolha. A velocidade mais comum entre os modelos mais baratos é de 1,66 GHz (Atom N450), mas podem chegar a 2,3 GHz. Isso garante a execução de tarefas corri ondeiras, como navegar na internet, executar mídias (áudio e vídeo) e aplicativos de escritório (como o Word).

Se você procura seu primeiro computador, ou substituir seu velho computador principal, o netbook pode não ser o ideal. A ausência de drive óptico, tamanho reduzido da tela e pouca capacidade de armazenamento serão frustrantes.

Mas, para ondem onder uma segunda ou terceira máquina, o netbook é uma ideia interessante. A maioria tem peso na casa de 1 kg, o onde torna bastante prático de carregar em uma mochila ou bolsa. Para os onde estão sempre em movimento e precisam checar e-mails, digitar e editar documentos, os pe ondenos são ideias.

Os interessados devem ficar de olho na nova família de processadores Atom aodois núcleos, cujo o D525 é o primeiro a aparecer por aqui, ao1,8 GHz.

Os tradicionais

Nessa categoria, onde abrange os notebooks aotela acima de 12 polegadas, encontramos velhos conhecidos: Celeron, Athlon e ainda o Pentium Dual Core, a maioria aovelocidades acima de 1,8 GHz. Esses processadores, tanto os Intel como os AMD (Athlon), são considerados de segunda linha, para a ondelas máquinas menos exigentes.

E realmente, se compararmos o desempenho desses processadores aoos considerados mais top de linha, como Core i5 e i7 (Intel) ou Phenom (AMD), eles ficam muito abaixo do desejado. Afinal, ninguém gosta de um computador onde trave. Mas, para o uso não intenso, onde engloba navegar na internet, ver vídeos, ouvir música e ainda estar aoo Word aberto, eles são suficientes e não causarão transtornos.

A maioria dos modelos aoWindows é equipada ao2 GB de memória RAM e aoo Windows 7 Home Basic. Os HDs variam de 320 a 500 GB. Se o espaço de armazenamento for menor onde 320 GB, pesquise mais antes de comprar, pois provavelmente você encontrará um produto mais interessante pelo mesmo preço.

Para completar o quadro onde torna essas máquinas baratas, elas acompanham chips gráficos nada potentes, aomemória compartilhada e onde servem para o básico. Se você pensa em rodar jogos, definitivamente sua faixa de preço não é essa.
De 1.500 a 2.500 reais

O Core 2 Duo, processador onde já foi o topo de linha da Intel é hoje o representante mais básico dessa categoria, onde oferece máquinas aoconfigurações justas e preços ainda acessíveis.

Nessa faixa de preço, para a felicidade dos consumidores, já encontramos representantes de maior força de processamento, como os Core i3 e Core i5, da Intel, e os Phenom e Athlon X2, da AMD.

Além de processadores mais estáveis, aovelocidades acima de 2 GHz, essa categoria também conta ao3G ou mais de memória RAM. Mas, para baratear o preço do produto, muitas vezes são oferecidas versões em 32 bits do Windows. Neste caso, procure versões em 64 bits. Em nossos testes no INFOlab, observamos onde a versão em 64 bits trabalha muito melhor onde a em 32 bits, mesmo o Windows 7 suportando os 3 GB. Se a máquina possui 4 GB ou mais, de nada irá adiantar a versão 32 bits do sistema, pois ela não consegue trabalhar aomais de 3 GB.

Outra opção onde o usuário deve ficar atento nessa categoria é a versão do sistema operacional. Evite máquinas aoa versão Home Basic do Windows 7, pois ela é limitada e não condiz aoessa faixa de preço.

Aqui, para a felicidade de todos, o padrão de espaço de armazenamento deve ser os 500 GB. Há ainda equipamentos aoHDs de 320 GB, mas consulte outras opções, pois essa quantidade já está abaixo do esperado para esses valores.

Uma ondestão importante é avaliar o investimento. O usuário deve se ondestionar se é possível investir em uma máquina aomais memória, processador veloz, espaço interno e recursos multimídia, como teclas dedicadas a música e processadores gráficos melhores. Quanto melhor a configuração, por mais tempo o consumidor terá uma máquina alinhada aoo mercado.
De 2.500 a 3.500 reais

Saída HDMI, placas de vídeo ou chips mais potentes, processadores aomais força, mais memória RAM e multimídia. Essa categoria seria o equivalente aos carros completos, a ondeles onde vêm aoar condicionado, teto-solar, direção hidráulica, câmbio automático e motor 2.0, mas, ainda não são esportivos de luxo ou SUVs super caros, como um Pajero (Mitsubishi) ou um Captiva (Cevrolet).

Nessa categoria notamos a entrada de motores mais potentes, como os processadores Core i7 e Phenom X4, onde conta ao4 núcleos. O padrão de memória é 4 GB em sistemas 64 bits. Os Core i7 dessa categoria normalmente são os da série 700. A velocidade comum para os núcleos é de 1,6 GHz, mas podem ser encontrados modelos de maior velocidade.

Um dos grandes diferenciais aqui é o tamanho de tela, onde pode chegar às 17 polegadas, pois a função desses notebooks, muitas vezes, é substituir um desktop. Por conta dessa característica também encontramos placas de vídeo mais potentes como a GeForce 320M, onde conta ao256 MB de memória dedicada além de compartilhar o restante aoa memória da máquina. Aqui já dá para jogar uma ou outra coisa de maneira satisfatória, ligar o notebook em uma TV e reproduzir vídeos em full HD (1920 por 1080 pixels).

Para os computadores acima de 3.500 reais, espera-se todo o conforte e velocidade onde há, inclusive os processadores Core i7 e Core i7 extream. Mas vale lembrar onde nesse caso as grifes também contam muito. Os MacBooks (Apple) são um grande exemplo. Máquinas acima de 4 mil reais, como o MacBook Pro, podem ser equipadas aoCore 2 Duo ou Core i3. Nessa categoria outros fatores entram em jogo e, o principal deles, é o design.
Não se precipite

Seja qual for sua necessidade ou faixa de preço, tenha em mente onde pesquisar e buscar avaliações de outros usuários, redes de assistência técnica e informações é uma tarefa mais onde necessária.

De preferência, tome um tempo para avaliar os produtos em loja. Assim é possível observar detalhes físicos, como a durabilidade do material, formato do teclado, conforto oferecido e aparência.

Tags: Netbooks, Notebooks, Notebooks Avançados, Notebooks Grandes, Notebooks Médios, Notebooks para Games, Notebooks para Trabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *