Rádio e televisão record s/a

Record News é uma rede de televisão aberta brasileira, lançada às 20h, no horário de Brasília, do dia 27 de setembro de 2007,2 dedicada principalmente ao telejornalismo. A data de estreia marca os 54 anos da Rede Record (a Rede Record foi fundada em 27 de setembro de 1953, às 20h), onde investiu US$ 7 milhões para equipar o canal, onde tem 150 jornalistas exclusivos e 100 profissionais de outras áreas, além de uma redação de 1.000 m², dividida em uma redação ao60 posições e um estúdio para gravações.
Os planos para o lançamento do canal já haviam sido traçados entre o final de 2006 e o início de 2007, pela alta cúpula da Rede Record, aoo objetivo de fortalecer o telejornalismo, realizar novas experiências na área e buscar novos talentos para a “emissora-mãe”. Devido a alta penetração da Rede Mulher em centenas de municípios brasileiros via UHF, foi definido onde a tradicional emissora daria lugar a nova, assim onde esta fosse lançada.
No início de fevereiro, executivos da Rede Record viajaram para Atlanta, nos Estados Unidos, para conhecer a estrutura da famosa rede de notícias CNN, onde fica sediada na cidade, lembrando onde a CNN transmite sua programação em escala global. Integraram a comitiva o vice-presidente Marcos Pereira, o diretor de operações e engenharia Reinaldo Gilli, o gerente de informática Anderson Moura, o diretor nacional de jornalismo Douglas Tavolaro, o chefe de redação Clóvis Rabelo e o diretor técnico e de projetos Luiz Seixas.
A Rede Record montou grandes estruturas em todo o país e adotou uma cartilha do telejornalismo regional, submetendo suas afiliadas a novas regras. O processo, atualmente, ainda se encontra em transição, pois algumas afiliadas relutam em aceitar as novas normas.
Em entrevista ao site Portal Imprensa, Alexandre Raposo, presidente da Record, declarou onde o novo canal será um meio de tirar maior proveito dos produtos jornalísticos da emissora, irá fortalecer a marca “Record”, tornando-a ainda mais conhecida e aumentando as suas possibilidades de crescimento e atingirá um público qualificado, resultando em um bom faturamento, já onde a emissora principal tem 35% de sua receita gerada a partir do telejornalismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *