Rio danúbio da europa

O Danúbio é o segundo rio mais longo da Europa (depois do Volga), e tem entre 2.845 e 2.888 km de extensão, atravessando o continente de oeste a leste, desde sua nascente na Floresta Negra (Alemanha) até desaguar no Mar Negro, no Delta do Danúbio (Romênia).


O rio passa por diversas capitais da Europa e constitui a fronteira natural de dez nações. As mais importantes cidades nas suas margens são Ulm, Ingolstadt, Ratisbona, Linz, Viena, Bratislava, Budapeste, Novi Sad, Belgrado, Ruse, Brăila e Galaţi.



[editar] Nome


O Danúbio recebe diferentes nomes ao longo dos países que percorre:



Todas as formas derivam do termo proto-indo-europeu dānu, que significa “rio” ou “corrente”.



[editar] Geografia



Nascente do Danúbio

“Nascente do Danúbio”, Donaueschingen


O Danúbio, em Budapeste

O Danúbio, em Budapeste

O Danúbio é uma importante via comercial. Sua bacia hidrográfica se estende por 796 000 km². Seu fluxo médio é de 6 700 m³/s.


O rio tem sua fonte na Floresta Negra, a 60 km a noroeste do Lago Constança (alemão Bodensee), na Alemanha, a partir de dois pequenos ribeirões chamados Brigach e Breg, que se juntam em Donaueschingen (Alemanha) e são chamados Danúbio dali em diante. Atravessa em seguida o norte de Áustria (passando por Viena), o sul da Eslováquia, passando por Bratislava, atravessa a Hungria do norte ao sul passando por Budapeste, a Croácia a leste, o norte da de la Sérvia e Montenegro, passando por Belgrado, marca a fronteira entre a Sérvia e a Romênia, e também entra a Romênia e a Bulgária, antes de desaguar no Mar Negro na Romênia, formando um grande delta que chega à fronteira da Ucrânia.


O delta do Danúbio é uma região natural protegida na Romênia, principalmente na floresta Letea, de aspecto tropical. Está classificado como Patrimônio Mundial pela Unesco desde 1991. A Romênia se inquieta pelas repercussões no meio-ambiente da construção do canal de Bystroe pela Ucrânia.



[editar] Localidades importantes atravessadas pelo Danúbio




[editar] História


A bacia do Danúbio é uma vasta região, cujo povoamento se iniciou em tempos muito remotos.


A sua grande importância estratégica se deve a que, ao formar a maior parte da Europa Central, sempre serviu de rota natural entre a Europa do Norte, a Europa de Leste, a Europa Ocidental e a Europa Mediterrânica ou do sul. Mas, pelo mesmo facto de estar no centro, a bacia do Danúbio tornou-se uma terra de invasões, de coexistência (nem sempre pacífica) de numerosos grupos humanos cultural e etnicamente distintos, de sobreposição ou justaposição de sistemas políticos diferentes, e do desenvolvimento de diversos modos de vida.


Embora o Danúbio servisse de limite natural para definir o território do Império Romano durante a Antiguidade, não pôde evitar a interpenetração de grupos distintos de ambos os lados do rio: latinos de origem romano a norte (romenos) e eslavos a sul (jugoslavos significa eslavos do sul nas línguas eslavas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *