Tudo sobre aves gruiformes

 


 


 
















Wikipedia:Como ler uma caixa taxonómica
Como ler uma caixa taxonómica
Abetardas


Classificação científica

















Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Rafinesque, 1815
Ordem: Gruiformes
Família: Otididae

Géneros

Tetrax
Otis
Neotis
Ardeotis
Chlamydotis
Eupodotis


Abetarda é o nome geral dado às aves gruiformes classificadas na família Otididae. O grupo é constituido por 25 espécies com distribuição geográfica no Velho Mundo. Habitam zonas abertas, com preferência para estepes, savanas e planícies áridas.


As abetardas são aves de médio a grande porte, desde os 50 cm de comprimento da abetarda-de-asa-preta aos 120 cm da abetarda-gigante. O bico é rectilíneo e de comprimento médio, sendo ligeiramente achatado na base. As pernas são altas e terminam em patas com três dedos. A cauda é curta e as asas são compridas e largas, terminando em penas de voo primárias bem destacadas, que dão a impressão de dedos. Os sexos são habitualmente diferentes. A plumagem varia de acordo com a espécie entre tons de castanho, cinzento, preto, branco e combinações.


As abetardas são aves de modo de vida solitário, em casais ou pequenos grupos familiares. São omnívoras e alimentam-se sobretudo de invertebrados, sementes e cápsulas. A maioria do tempo é passado andando lentamente no solo, mas assustam-se com facilidade e fogem em vôos curtos. Grande parte de espécies de abetarda tem rituais de acasalamento muito elaborados. Durante a época de reprodução organizam-se em casais monogâmicos ou haréns poligínicos. A nidificação é feita ao nível do solo e o ninho, se existente, é muito simples.



Géneros e espécies


Os géneros Lophotis, Afrotis, Lissotis, Houbaropsis e Sypheotides foram integrados no género Eupodotis pela taxonomia de Sibley-Ahlquist.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *