Tv digital brasil corre risco de apagão de mão de obra

O Brasil, corre conta o relógio, para formar profissionais na área de comunicação para atuar na TV Digital.
Com a implantação do programa de Universalização da TV Digital nos pais, o Ministério das Comunicações, contemplou com uma emissora de TV Pública Digital Educativa Municipal, todos os municípios brasileiros, independentemente de números de habitantes.
As prefeituras de todo país estão atrasando todo processo, por desinformações e desinteresse de vários, prefeitos e prefeitas na Bahia, segundo dados do Ministério, somente cerca de 30 municípios, aderirão ao programa, mas continuam com pendências, junto ao órgão.
As emissoras públicas serão custeada por dotação orçamentária e transferências dos fundos de comunicação e outros, exibirão conteúdos produzidos no próprio município, como: Informe institucional da prefeitura, da Câmara Municipal, como também, esporte, cultura, lazer, entretenimento, novelas, documentários, seriados, além de retransmitir as programações das TVS, públicas do executivo, legislativo e judiciário.
A solução, será a criação de cursos na área de comunicação, em todas as universidades, públicas e privadas, além de implementar urgente, já para o ano vem, os cursos em (EAD – Ensino a distância), de curta duração, na rede pública e privada.
Somente desta forma, ficaríamos livres do apagão de mão de obra, pois as emissoras de TV de sinal aberto analógico, vão desativá-lo, a partir do ano que vem, para entra na era digital.(Eniédson Ferreira)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *