William bruce bailey

William Bruce Bailey, depois William Bruce Rose, Jr, conhecido como W. Axl Rose (Laffayete, 6 de fevereiro de 1962) é o vocalista e pianista do grupo de hard rock Guns N Roses, sendo ele e Dizzy Reed os únicos membros originais do grupo que se mantêm até hoje, após a saída de vários integrantes. Até hoje se questiona a propriedade do Guns N Roses e Axl se mantém como o principal integrante que luta pelos direitos da banda.


Em 2004 de tanto brigar pelos direitos do nome Guns N Roses, Axl permaneceu com o nome, mas com novos integrantes:



  • Axl Rose — vocal/piano
  • Dizzy Reed — teclado
  • Cris Pitman — teclado
  • Ron Thal — guitarra
  • Robin Finck — guitarra
  • Frank Ferrer — bateria
  • Richard Fortus — guitarra
  • Tommy Stinson — baixo
  • Izzy Stradlin-guitarra

Conhecido pelas suas atitudes polêmicas, voz estridente e muita disposição no palco, Axl Rose é considerado um grande mito da música nos últimos anos e um dos maiores frontmen da história do rock.







Índice

[esconder]



[editar] Da infância ao Guns


Atualmente está trabalhando na gravação de um novo álbum, o Chinese Democracy, muito aguardado pelos fãs, gravando em vários estúdios de Los Angeles. Em 1993, ele era considerado um dos maiores rockstars do planeta. O Guns N Roses tinha terminado a Use Your Illusion World Tour, sua turnê de dois anos e meio, e decidido dar uma parada.nos cinco anos seguintes,foram de brigas,controvérsias e problemas com drogas.Em 1993, eles lançaram The Spaghetti Incident?: uma coletânea de covers de músicas que foram consideradas influências e/ou inspirações,não obtendo o mesmo sucesso dos albúns anteriores. Lamentavelmente, o que depois se seguiu foi um silêncio quase total.



[editar] Infância


A biografia pode começar pelo nome — depois da separação de seus pais quando ele tinha 2 anos, William Bruce Rose virou William Bruce Bailey, com sobrenome do padrasto. Aos 17, descobriu o nome do pai e mudou para W. Axl Rose. “W.”, pois não gostava do nome de seu pai.


Passou a infância em uma família rígida e religiosa. Eram em três irmãos(Axl, Amy e Stuart).Eram obrigados a ir à igreja de 3 à 8 vezes por semana, e também a ler a bíblia. Em uma entrevista à revista Rolling Stone, disse que sempre via seu padrasto batendo em sua mãe, achando assim, que a violência doméstica era um comportamento normal dentro de uma família. Com a ajuda de um tratamento de regressão, descobriu que havia sido abusado sexualmente pelo pai biológico aos seus 2 anos de idade.

“Não tenho medo de nada, pois já vi e vivi o inferno.|Axl Rose}”

Vivendo com um padrasto que molestava a ele e a sua irmã, apesar do fato, o lado religioso de Axl Rose parece não ter sido afetado, pois ele ainda demonstra ser cristão.


Os irmãos só tiveram TV por uma semana em sua casa:


“Me lembro de ter tido uma TV por uma semana. Depois meu padrasto a jogou fora. TV era coisa do diabo, bebida era coisa do diabo, mulher era coisa do diabo, tudo era coisa do diabo! Me lembro de ter apanhado muito na primeira vez que realmente vi uma mulher. Não lembro quando nem quanto anos eu tinha, só lembro que era uma propaganda de cigarro que mostrava 2 mulheres saindo do mar de biquini.(Axl Rose)”


Axl sempre isolou-se dos colegas da escola. Quase ninguém tinha gostos semelhantes aos dele, tirava péssimas notas, enquanto já pensava em formar uma banda quando crescesse. Um dia, Axl conheceu um amigo que tinha os mesmos gostos, entre outras coisas, a música. Era Jeffrey Isbell, mais conhecido como Izzy Stradlin.



[editar] Fuga de casa


Cansado da família rígida, aos 17 anos fugiu para Los Angeles. Lá fundou a banda Hollywood Rose em 1983, com o amigo de infância Izzy Stradlin. Axl Rose participava das bandas Hollywood Rose e LA Guns. Como ambas as bandas sofriam falta de componentes e de convites para tocar, a saída mais óbvia foi fundir as duas. Estava fundado o Guns N Roses, de cuja formação inicial paticipavam Axl Rose (vocal), Izzy Stradlin (guitarra base), Tracii Guns (guitarra solo), Duff McKagan (baixo) e Robert Gardner (bateria). Porém, três dias antes do primeiro show da banda, Tracii e Robert foram substituídos por Slash e Steven Adler.


A primeira turnê da banda foi um total fracasso e eles tiveram de vender parte do equipamento para voltar para casa. O primeiro lançamento do Guns N Roses foi um EP, Live ?!*@ Like a Suicide, em 1986. A banda assinou contrato com a Geffen Records, e em 1987 lançaram Appetite for Destruction. O álbum vendeu 30 milhões de cópias, e o Guns N Roses alcançou à fama.



[editar] Casamento


Em 1986, Axl foi morar junto com Erin Everly, filha de Don Everly (The Everly Brothers), que trabalhava como modelo. O grande hit em 1988, Sweet Child O Mine, foi escrito para ela, que participou também do vídeo da música. Erin disse que Axl a propôs em casamento às 4:00 da manhã ameaçando se suicidar se ela não se casasse com ele naquele mesmo dia. Axl e Erin se casaram em 28 de abril de 1990; dirigiram-se para Las Vegas e se casaram em uma rápida cerimônia. 1 mês depois, Axl pediu divórcio, mas logo depois se arrependeu. No mesmo ano Erin engravidou, mas teve um aborto espontâneo. Axl, em análise, 2 anos depois:


“Eu choro toda vez que penso como nós nos tratávamos. Erin e eu nos portávamos como se o outro fosse uma merda. Algumas vezes nos dávamos muito bem, porque as crianças que haviam em nós eram as melhores amigas. Mas daí tinha vezes em que destruíamos a vida um do outro completamente.|Axl Rose}}


O casamento acabou com acusações de abusos psicológicos. No final de 1991, o casamento acabou legalmente.



[editar] Turnê mundial


Em Janeiro de 1991 o Guns N Roses se lançou numa super turnê mundial, começando no Rock in Rio II, onde apresentaram o novo baterista da banda, Matt Sorum (na época baterista do The Cult) e o novo tecladista da banda, Dizzy Reed, tocando pela primeira vez algumas músicas que entrariam mais tarde naquele ano nos discos Use Your Illusion I e II. Axl também começou o famoso e conturbado relacionamento com a modelo Stephanie Seymour nas gravações do clipe da música Dont Cry. O romance durou até 1993.


Em 1992 a turnê fez mega-apresentações por toda a Europa e concertos em estádios na América do Norte, com abertura da banda Metallica. Fez duas grandes apresentações no Japão, nas quais foi gravado um vídeo. Várias confusões em shows aconteceram: Axl agrediu um fã durante uma apresentação em Saint Louis, por conta de um incidente com uma câmera fotográfica, e um mega-tumulto ocorreu na cidade de Montreal.


O Guns N Roses lançou o álbum G N R Lies em 1989, sendo também bem recebido. Depois, dois discos simultâneos: Use Your Illusion I e Use Your Illusion II, em 1991, que venderam 500 mil cópias em um único dia. Durante a gravação de Use Your Illusion, a banda demitiu o baterista Steven Adler por seu vício em heroína. Em 1991, Izzy Stradlin abandonou a banda, o que resultou no convite oferecido a Gilby Clarke para ocupar o lugar daquele.


Axl Rose foi eleito pela revista People, como o homem mais bonito do mundo. Em setembro do mesmo ano, a banda ganhou o prêmio de melhor vídeo por November Rain e, neste mesmo dia, no MTV Video Music Awards de 1992, Elton John se juntou à banda para tocar a lendária música. No fim do ano, a turnê mundial passou pela América do Sul, com shows em São Paulo e Rio de Janeiro.



[editar] Das trevas à ressureição


Era o verão de 1993, mais precisamente Julho. Chegava ao fim a mais extensa turnê mundial da história da música. Axl, Slash, Duff, Gilby, Matt e Dizzy, voltavam para Los Angeles. Enfim voltavam para casa. Rever seus familiares, aproveitar a fortuna e a fama que fizeram. Depois de tumultos em várias cidades, de terem tido a glória de lançarem um sensacional álbum duplo, terem feito shows inesquecíveis ao redor do mundo e turnê por estádios de futebol, chegou a hora de descansar.


Enquanto isso, o marketing sobre a banda não parava. Foi gravado e lançado o clipe da música Estranged, onde a banda gastou milhões para lançá-lo.






Em dezembro, a super banda voltava à mídia, para lançar um álbum de músicas que eles ouviam na adolescência. Denominado The Spaghetti Incident? (O título vem de um caso relacionado ao ex-baterista Steven Adler. Ele processara a banda após ser demitido, e num dos julgamentos em 1990, dizendo sobre a “maldade” dos companheiros contou o “incidente do espaguete”: ele pedira espaguete, deixou na mesa e alguém comera-o sem avisar)…


Esse álbum tinha como principal música Since I Dont Have You, que se prestar atenção tem uma relação entre o fim da relação de Axl e Stephanie: a letra da música. Jamais a banda tinha gravado uma música de fossa pura, que era mais ou menos como estava Axl após o fim do romance com ela. Bom, a música, e quem se lembra sabe, abusou de tocar nas rádios brasileiras e fez um sucesso legal, diferente do álbum, que não vendeu o esperado.


Axl, para mostrar que havia se recuperado, estrelou no clipe da música com a sua nova namorada, uma loira. E em Janeiro de 94, apareceu novamente com ela, no hotel Waldorf Astória em Nova York, onde fez um dueto, com o grande Bruce Springsteen na música dos Beatles Come Together.


Em junho de 1994, Erin Everly, a ex-esposa de Axl e o maior amor de sua vida (foi para ela que Axl escreveu canções como: Sweet Child o´mine, November Rain e Estranged), acusou nos tribunais o músico por agressão. O julgamento foi na cidade de Oklahoma, e Axl citou numa entrevista posterior, o quanto a havia amado. Uma testemunha foi essencial para Axl perder a causa. Stephanie Seymour disse que também havia sido vítima de agressões de Rose. Um boato da época disse que o músico após uma discussão, quebrou uma garrafa de vidro e a arrastou sobre os cacos. No final do julgamento, Axl teve que pagar uma indenização a Everly, nada que o deixasse nem um pouco pobre.


No mês seguinte, a banda começava a se unir para lançar um novo projeto. A primeira providência foi demitir o guitarrista Gilby Clarke da banda. Axl disse que não aceitou o fato do músico ter lançado um álbum solo, mesmo tendo participações de membros do Guns. O fato é que Gilby serviu apenas para tapar os buracos deixados por Izzy Stradlin na turnê em 91.


A banda resolveu lançar uma música para ser trilha do filme Entrevista com o Vampiro, com Brad Pitt e Tom Cruise. A escolhida foi uma dos Stones Sympathy for the Devil.


Sobre Cobain, uma história interessante. Duff diz ter sido o último artista a ter falado com o vocal do Nirvana antes de sua morte: No início de abril de 94, enquanto Cobain saía de Los Angeles para Seattle, conseqüentemente no avião estava McKagan, ele sentou ao seu lado e conversaram durante a viagem. 4 dias depois, Cobain se matara com um tiro na cabeça.


No início de 1995, Slash mostrou a Rose algumas músicas que poderiam ser utilizadas no novo álbum e que não foram bem aceitas por Axl. Slash pegou essas músicas e lançou o álbum para sua banda à parte Slashs Snakepit.


Em junho, Gilby processou a banda, e ganhou, por terem usado seu nome na banda, sem devida autorização.


Em julho de 1995, morria de overdose o vocalista do Blind Melon, Shannon Hoon. Ele participou do álbum Use Your Illusion cantando junto com Axl a bela música Dont Cry. A sua banda lançou o primeiro álbum apenas em 1992, com a baladinha No Rain como carro chefe.


Em agosto de 96, finalmente a banda foi ao Rumbo Studios para começar a gravar o novo álbum, porém as idéias musicais de Axl não estavam de jeito nenhum batendo com as de Slash. Slash queria um som estilo Appetite e Axl já estava com a mente nas músicas do Nine Inch Nails. O problema se agravou, eles discutiram e acabou que em Outubro, Slash enviava um fax para a MTV dizendo que não fazia mais parte da banda. No noticiário a notícia: O Guns NRoses acabou. Saindo do Guns, Slash se dedicou ao estilo que queria seguir, e formou a banda Slash Snakepit.






Em janeiro nasceu a filha de Duff, Grace McKagan. Duff, havia 2 anos antes, passado muito mal, por causa do seu pâncreas. O médico avisou que se o baixista bebesse uma dose de álcool, poderia morrer. O que aconteceu que Duff criou uma síndrome do pânico, e estava com pavor de tocar para um número grande de pessoas, pois nunca havia começado um show sem antes beber algo. Nesse mês, Axl se tornou dono da marca Guns NRoses, e em maio chamou Robin Finck do Nine Inch Nails para substituir Slash. Em agosto, seu grande amigo, West Arkken morreu de overdose, depois de sofrer queimaduras de 3º grau pelo corpo. Para quem não sabe, Arkken compôs a música Yesterdays e também aparece no clipe de November Rain.


Em janeiro de 1998, foi a vez de Duff sair da banda. Disse que após Slash ter saído, não tinha clima para tocar naquela banda, e voltou para Seattle, onde montou um estúdio e voltou a tocar com o Ten Minute Warning, banda que ele havia participado antes da formação do Guns. Depois de 4 anos, Axl foi visto novamente, de uma maneira não agradável: O músico foi preso no aeroporto de Phoenix por insultar um policial que queria revistar sua bagagem.


Em maio foi criado o site oficial da banda, e em junho saiu um boato dizendo que o novo CD seria gravado em agosto. Já que o Guns não lançava nada, a Geffen resolveu lançar a coletânia de clipes da banda chamada Welcome to the Videos. Em fevereiro de 99, Axl teve que pagar 5 mil dólares por causa do incidente em Phoenix. Em maio, Sheryl Crow, uma fã assumida da banda, regravou a música Sweet Child OMine para a trilha do filme O Paizão. Em agosto, terminou o contrato de Finck e ele voltou ao Nine Inch Nails. E em outubro, saiu a 1ª música da banda desde o fim de 93. Oh My God! foi lançada nas rádios como trilha do novo filme de Schwartzenegger Fim dos Dias, Axl ainda aproveitou para dizer que o nome do álbum iria se chamar Chinese Democracy numa entrevista por telefone à Kurt Loder na MTV.


Em novembro de 99, a Geffen lançou o álbum Live Era 87-93, aproveitando para lançar clipes das músicas Welcome to the Jungle e Its So Easy em versões ao vivo. Axl regravou partes do vocal nas músicas e Slash tocou nas guitarras bases, cobrindo as partes de Gilby. Sobre Duff, ele se casou de novo, agora com a modelo Susan Holmes com quem ainda está casado até hoje, e entrou na banda Loaded.


Em março de 2000, duas mudanças: Saiu o baterista Josh Freese e entrou o guitarrista demais que estranho Buckethead. Em abril, Axl gravou algumas músicas com o produtor do Queen, Roy Thomas Baker, e em julho, o astro voltou a dar as caras, num dueto com Gilby Clarke em um clube de Los Angeles. E em Outubro, uma notícia sensacional aos fãs do Brasil: A Rede Globo, no jornal RJtv confirmou que a banda viria ao Brasil para o Rock in Rio 3.


Depois de 7 anos, a banda, ou melhor, Axl, voltou em Las Vegas, num show de Reveillon. No dia 12 de janeiro, Axl chegou ao Rio e ficou entucado no hotel Intercontinental. Só saiu no sábado 13, para fazer um cooper pela Lagoa Rodrigo de Freitas, de madrugada, com um personal trainner. No dia 15, às 2 da manhã, surgia os acordes de Welcome to the Jungle na cidade do rock, para delírio dos 230 mil fãs presentes. Um show maravilhoso, com Axl homenageando Beta, (secretária e faz tudo), e dizendo declarações de amor aos brasileiros. Axl não estava naquela forma que os fãs conheciam, nem fisicamente, nem cantando, mas corria o palco inteiro, e depois de 7 anos, quem queria saber se ele tava gordo ou magro, cantando bem ou mal? O que a galera queria era vê-lo, e conseguiram. O cantor ainda no mesmo mês fez uma visita ao Chile e deu entrevistas a uma rádio local. Anunciaram turnê Européia, cancelada em maio. Em Agosto, Paul Tobias, o divisor da banda saiu do Guns por motivos obscuros, entrando em seu lugar o guitarrista Richard Fortus. Izzy lançou novo CD e Slash falou na BBC sobre a volta de Axl.






Em outubro, Duff tocou em Las Vegas com o Loaded. Guns cancelou novamente a turnê pela Europa e Slash se casou com a Perla. Em dezembro, novo show de Reveillon do Guns em Las Vegas, sem contar que Axl, ao saber da presença de Slash, proibiu o guitarrista de assistir ao show. Em Janeiro de 2002 saiu o boato de que a banda lançaria uma música para o filme de Schwarzenegger O Exterminador 3. E Gilby e Izzy lançaram novos álbuns solos, sendo que em Fevereiro, Duff viajou com Izzy para tocarem juntos no Japão.


Em abril de 2002, foi lançado o DVD Tributo a Freddie Mercury, e o Guns anunciou shows no Japão e em Leeds. Em Junho, mais anúncios, turnê americana em Dezembro e show em Londres. Em Agosto, do nada, a banda apareceu e tocou no VMA 2002. A banda tocou 3 músicas Welcome to the Jungle, Madagascar e Paradise City. A presença de Axl levantou a galera, mesmo com o vocalista com a voz muito fraquinha, em comparação aos tempos áureos. Em compensação, a presença de palco que elegeu Axl o maior frontman da história do rock estava impecável. Nesse mesmo mês, começou a World Tour 2002, em Hong Kong. Em Outubro, teve a turnê Americana, e em Novembro, num show em Vancouver, no Canadá, a banda cancelou a apresentação, rolando mais um quebra-quebra na cidade por causa da banda. Em Dezembro, em 20 minutos, se esgotaram os ingressos para o show da banda no Madison Square Garden, em Nova York. Foi o último antes da banda cancelar a turnê.


Em fevereiro de 2003, Axl apareceu na final do superbowl, em Los Angeles. E o Chinese Democracy foi anunciado para Julho, sendo depois desmentido. Duff numa entrevista disse que aquilo não podia ser chamado de Guns NRoses, sem contar que a banda The Offspring ainda anunciou que o nome de seu novo álbum iria se chamar Chinese Democrazy. Em Junho, Slash, Duff e Matt se uniram para formar o Guns sem Rose, ou seja, o Velvet Revolver. Foi chamado para os vocais o ex-vocalista do Stone Temple Pilots, Scott Weiland. Um ano depois, a banda lançou o álbum Contraband, com boas músicas como Slitther e outra, a ótima Fall to Pieces, que parece que no meio do solo, Axl vai sair cantando Yesterdays.


Em Dezembro de 2003, a banda anunciou que iria se apresentar no Rock in Rio 4, em Lisboa. Porém em Março, Buckethead saiu da banda. Com a saída muito recente, Axl teve que cancelar a apresentação em Portugal. Como consolo, a Geffen lançou mais um álbum chamado Greatest Hits, com os melhores sucessos da banda e assumindo boas posições nas paradas da Billboard. Em outubro, um boato dizendo que o novo guitarrista da banda seria um tal de Ron Thal, o boato foi logo desmentido. Em Abril de 2005, vazou na internet uma música denominada IRS, com o som muito ruim, mas que mexeu com a cabeça dos gunners. E depois de um longo tempo sem notícias concretas, Axl apareceu no lançamento da turnê do Korn, tirou fotos, deu entrevistas para a Rolling Stone, e falou sobre o novo álbum. E se a galera se animou, ainda teve mais, saíram na internet 4 músicas novas para acalmar a galera enquanto o Chinese Democracy não vem.



[editar] O Retorno em 2006


Durante o ano de 2006, Axl (mais magro e apresentando melhorias em seu vocal) e sua nova banda reformulada está na estrada, em turnê pela America do Norte, após ter feito a turnê com maior público em 2006 pela Europa, onde, em Londres, no segundo de dois shows para quase 100.000 pessoas cada, saiu do palco no meio da penúltima música e não reapareceu. Com a banda totalmente assustada e aguardando ações da produção e mesmo assim continuando a tocar, entra, forçado, Sebastian Bach (ex-Skid Row) que acompanhava a apresentação, terminando assim o show, com a entrada “engraçada” de vários anões com bandeiras inglesas. Após o show, o produtor informou ao público que Axl teve problemas de pressão baixa por já estar enfermo há alguns dias e, infelizmente, não pôde terminar a performance.


As confusões continuam perseguindo a banda. Durante um show realizado na Finlândia o vocalista Axl Rose foi preso por agredir um segurança no lobby do hotel onde hospedava-se, após discutir com uma funcionária. Foi liberado após pagar fiança de €4.500 euros. Já em Novembro, a banda cancelou um show na cidade de Portland devido ao simples fato de serem proibidos de beber, enquanto os bombeiros fiscalizavam os materiais de artifícios utilizados pela banda durante o espetáculo.



[editar] Problemas com a banda


Axl enfrenta atualmente problemas com a marca Guns N Roses. Duff, ex-baixista da banda se coloca como detentor do nome Guns N Roses. Mesmo assim, Axl insiste na publicação do novo álbum, Chinese Democracy, com o nome que fez sucesso, mas só com um outro integrante antigo, o tecladista Dizzy Reed. Todos os fãs aguardam a promessa há dez anos. O que se pode conferir é uma pessoa mais madura, com o estrelismo extremamente diminuido, principalmente pela falta de seu companheiro que colocava as melhores melodias para um bom solo, Izzy Stradlin. É notável seu trabalho nos primeiros álbuns da banda, onde uma música com harmonia perfeita para o rock da época deixava Slash livre para colocar seu feeling de blues nos melhores solos já vistos depois da década de 70, quando ainda contavam covers de bandas como Led Zepellin, uma das que mais influenciaram o fenômeno Guns N Roses.



[editar] Hora dos Alcoólicos


Em 1991, no Rio de Janeiro, Axl apresenta seu companheiro de banda, Slash, como o alcólatra da banda. Grande parte do sucesso do grupo provinha de seu feeling inglês, tocando acordes de Blues no rock mais pesado, aliado a base de Izzy Stradlin, para realizar os solos mais apreciados da época.



[editar] Curiosidades







ATENÇÃO: Este artigo ou secção não cita as suas fontes ou referências, em desacordo com a política de verificabilidade. Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto ou em notas de rodapé.


  • Na época das “vacas magras”, Axl fumava para sobreviver. Ele ganhava 8 dólares por hora testando cigarros. Ainda na fase pobre, Axl trabalhou como vigia na Tower Records.
  • Aprendeu a tocar piano na igreja onde frequentava;
  • “Welcome to the Jungle” é uma frase que foi dita a Rose quando ele pedia carona em Los Angeles: “Do you know where you are? Youre in the jungle baby. Youre gonna die!”
  • Axl foi seu próprio advogado e chegou a fazer sua autodefesa em um processo de furto. – Ele foi preso pela primeira vez, por três meses, aos 20 anos de idade: “…eu não acredito nos defensores públicos para merda nenhuma”;
  • Em 1985, dois dias após a formação original a banda sai para sua primeira turnê, The Hell Tour. Após o primeiro show em Seattle todas as datas foram canceladas. A banda terminou pedindo caronas para voltar para casa em virtude de seu carro ter quebrado. Como a “turnê” não funcionou eles voltaram para Los Angeles e passaram a morar na famosa “Hellhouse.”
  • Antes do sucesso, Axl foi expulso dos Guns, porque chegou atrasado a uma apresentação. Ele ficou três dias fora da banda, mas depois foi perdoado e reintegrado. Em 1989, foi a vez dele anunciar a sua saída durante um show. Na época, disse que estava indo embora porque havia gente demais na banda dançando com Mr. Brownstone (que é uma adaptação para heroína). Axl falou, mais tarde, que sua saída do grupo foi a única maneira de fazer com que Adler e Izzy parassem com a dança. Adler abusou das drogas e foi substituído por Matt Sorum. Na noite seguinte, Slash prometeu publicamente solucionar os seus problemas com as drogas.
  • Até na igreja, onde cantava no coro pentecostal, foi expulso, enquanto criança: “Eu estava sempre encrencado por cantar as partes dos outros”, lembra Axl
  • Durante a adolescência, vivendo nas ruas, Axl foi preso por mais de 20 vezes, a maioria delas por ser pego alcoolizado e com drogas. Numa dessas detenções, uma psiquiatra, impressionada com seu alto QI, diagnosticou-o como psicótico maníaco-depressivo.
  • Em 1988, Axl é preso e considerado culpado por atacar um segurança durante um show em Atlanta. O guarda aparentemente estava agredindo um amigo de Axl. Um roadie cantou Communication Breakdown, Izzy cantou algumas músicas dos Rolling Stones e Slash fez um solo de 15 minutos para completar o show.
  • Em 1989, Izzy se envolve numa briga com Vince Neil, vocalista do Mötley Crüe. Vince deu um soco na barriga de Izzy, que caiu… então Axl viu a confusão, veio correndo ajudar Izzy e disse a Vince: “Nunca mexa com ninguém da minha banda ou eu te mato”. A partir dai, a troca de gentilezas ficou entre Axl e Vince, que ficavam mandando recados um para o outro para comparecerem em algum lugar e resolverem tudo no soco mesmo. A briga começou por ser de Mötley Crüe contra os guns, e ao que parece três integrantes do guns e três do motley se quebraram num festival, e os do guns levaram a melhor. Semanas depois, quando o Guns abria para os Rolling Stones, Axl dá um murro público em Slash. Segundo o vocalista, o guitarrista estava tomando heroína demais.
  • Em 1989, durante as filmagens do video não lançado de “Its so Easy” no Cathouse em Los Angeles, David Bowie tentou uma aproximação maior com a ex-esposa de Axl, Erin Everly. Axl ficou furioso, e chegou a socar Bowie e a o expulsá-lo do local. Mais tarde Bowie pediu desculpas a Axl publicamente, pois alegou não saber que Erin era a mulher de Axl.
  • Na primeira vez que a banda veio ao Brasil, em 1991 (Rock in Rio), vários fãs pediram insistentemente o telefone de Axl, postados em baixo da janela do seu quarto. Insistiram tanto que conseguiram. Axl arrancou o aparelho e jogou pela janela… Na outra vez que o Guns voltaram ao Brasil em 1992, por medida de segurança, todos os objetos como telefones, refrigeradores, etc, foram chumbados ou embutidos ás paredes do quarto. Infelizmente esqueceram-se das cadeiras…
  • Axl socou varios repórteres brasileiros quando eles disseram que ele só era mais um membro da geração Bon Jovi.
  • Em Abril de 1990, o Guns N`Roses participaram de um show de caridade em Indianapolis. Os seus lançamentos neste ano ficaram praticamente no anonimato, resumindo-se em faixas de discos de vários artistas. Não que houvesse algo de errado com a música deles. Uma gravadora pegou emKnockin`On Heavon`s Door uma das favoritas do público, e incluiu na trilha sonora do filme Dias de trovão, enquanto que a Civil War era dada de presente a George Harrison – que montou um albúm chamado Nobody`s Child para arrecadar fundos para os orfãos da Roménia. A imprensa não noticiou esse lado generoso do Guns. A grande notícia de 1990 foi a partida de Steven Adler, em Julho, que causou a primeira mudança na banda desde 1985.
  • Axl exigiu que a musica November Rain fosse colocada na set-list da turnê Use your Illusion. Caso isso não fosse feito ele sairia da banda.
  • O Guns N Roses foi tocar em St. Louis, uma mistura de motoqueiros, autoridades e “A Banda Mais Perigosa do Mundo” acabou num dos maiores incidentes da historia do Rock: – Os problemas começaram antes mesmo da banda começar a tocar, os caras que cuidavam do estacionamento do local do show não reconheceram Axl, e não o deixavam estacionar no lugar privativo que a banda tinha direito. A banda Skid Row abriu o show para o GNR como de costume, e depois de um tempo o GNR finalmente entraram no palco. A banda abriu seu show com “Perfect Crime” e “Mr. Brownstone”, a multidão que assistia o show consistia além dos regulares fãs de guns e membros de um grupo de motoqueiros locais. Um desses membros do grupo de motoqueiros conhecido pelo apelido de “Stump” era um problema. Ele não só provocou outros fãs do GNR como o próprio Axl chamando a atenção do vocalista o tempo inteiro. Stump levou folhas onde escrevia coisas e queria que fosse passado para o próprio Axl ler. Depois da primeira parte do show, Axl pegou uma das anotações, e disse: “Então você é o Stump do grupo de motoqueiros The Saddle Tramps, valeu a pena interromper o show para isso” – indagou Axl. Axl prosseguiu o show, mas Stump continuava enchendo o saco de Axl, até que tirou uma máquina fotográfica de seu bolso (O que é proibido em shows), Axl então parou de cantar “Rocket Queen” bem no meio da musica e disse “Hey peguem aquilo…. peguem aquilo agora!! …..peguem o cara e aquilo”, falando para os seguranças se referindo da máquina fotográfica que Stump carregava. O problema é que os seguranças eram amigos do grupo de motoqueiros, e não fizeram nada em relação a Stump, deixando Axl furioso, então ele fez o que qualquer pessoa faria (ou quase todas), Axl disse “Voces vão fazer algo contra isso? Se não vão, eu mesmo vou.” e pulou na multidão. Os seguranças tiraram Axl dali, voltando ao palco, Axl manda a banda parar de tocar, e diz “Bem, graças a segurança de merda eu estou indo pra casa”, atirando o microfone no chão e saindo do palco. A multidão estava indignada, para piorar os membros do grupo de motoqueiros subiram no palco e começaram a correr em cima dele, a polícia chegou e deu umas porradas nos caras tirando os do palco, então a multidão começou a jogar cadeiras nos policiais que estavam em cima do palco. Os policiais, por sua vez, jogavam de volta as cadeias no público, o que provocou a série de pancadaria entre o público e os policiais, resultando no fim das contas um total de 60 feridos, prejuízos de mais de 200.000 dólares e que fez a mídia colocar Axl sendo o responsável pelo incidente, quando a policia foi quem provocou a ira do publico. Axl foi levado á corte no mesmo ano e em Julho de 1992 foi preso em Nova York condenado pela justiça e solto mais tarde usando uma camisa “St Louis sucks”. Diante de todas estas controvérsias, a banda, na seção de agradecimentos dos álbuns “Use Your Illusion“, resolveu colocar uma pequena nota para a cidade: “Fuck you, St. Louis!”
  • Foi no VMA de 1992, que se deu uma das mais famosas brigas da história da música. Nesta época o Guns tinha lançado o álbum duplo “Use Your Illusion”, e era uma das bandas mais populares do rock. Nos bastidores do VMA, Axl Rose quase bateu em Kurt Cobain e sua esposa, Courtney Love. O que se sabe de fato, é que Courtney Love foi a grande mentora desta briga. Após encontrar Axl nos camarins, Courtney meteu-se com ele, fazendo piadas a seu respeito, e Axl não deixou barato, foi falar com Kurt e disse para ele controlar sua esposa, senão ele mesmo faria algo a respeito. Kurt disse uma vez que Courtney apenas brincou com Axl, se ele queria ser o padrinho de Frances Bean Cobain (filha de Kurt e Courtney). Axl teria se irritado e apontou o dedo em direção ao Kurt dizendo ” Tell your bitch to shut the fuck up!” (Faça a sua esposa calar a boca!). Kurt irónico riu-se e disse: “Hey bitch, shut up!”. A versão de Axl, é que Courtney estava o aborrecendo durante um bom tempo, e por isso ele mandou que Kurt a fizesse calar a boca. A confusão não parou por aí, após o Nirvana apresentar uma de suas músicas no MTV Awards, o baterista do Nirvana, Dave Grohl provocou mais ainda Axl, na frente de todos, repetindo ao microfone “Oi Axl, onde esta você Axl?….Oi Axl, onde esta você Axl”.
  • No clipe da música Live And Let Die, o garoto que aparece com uma arma no começo é Axl.
  • A música Don`t Cry, foi escrita por Axl e Izzy sobre uma mesma namorada que ambos tiveram.
  • Axl e sua esposa Erin planejavam ter um casal de filhos, o menino se chamaria Shiloh Blue e a menina Willow Amelia.
  • A banda fez uma pequena turnê de Verão com Metallica e Faith No More em 1992. Cada banda tocava três horas de show mais a abertura do Faith No More. Portanto eram quase sete horas de show. Respeitante a esta altura, Axl tentou tirar das lojas o vídeo “A Year and a Half in the Life of Metallica”, quando viu James Hetfield mostrando o seu backstage. Slash estava sentado lá, Axl argumentou que Slash não tinha autorizado o lançamento, mas claro, ele o tinha autorizado…
  • A música One in a Million, cujo conteúdo levou Axl a ser chamado de preconceituoso, não foi escrita com intenções ofensivas, apesar da agressividade da letra. Sua origem vem das primeiras impressões de Axl da cidade de Los Angeles (“muitos negros querendo te empurrar, suas jóias falsas e policiais te zuando, tirando com a cara de gente honesta”), do seu trauma de infância (quando cita “Imigrants and faggots, get out of my way”, refere-se á sua raiva quanto ao seu padrasto), entre outros.
  • Durante a Use Your Illusion tour, Axl habitualmente começava tarde os shows. Os ingressos traziam impresso “Início do show por volta das 8.30 pm”. Alguns shows não começavam antes da meia noite e chegavam depois a durar três horas.
  • A banda foi duramente criticada pela imprensa por incluir a música “Look at your game girl”, no albúm The Spaghetti Incident. A música foi composta por Charles Manson, assassino notório (responsável pela morte da atriz Sharon Tate). Foi incluída por insistência de Axl e contra a vontade dos restantes elementos da banda. Axl planeava doar os direitos da música a um grupo de proteção do meio ambiente. Contrariando as intenções dele, a justiça, por fim, decidiu doar os royalties da música a Bartek Frykowski, filho de Wojiciech Frykowski, uma das sete vítimas do assassino Manson.
  • São citados na música Coma, médicos e assistentes de ambulância que salvaram a vida de Axl, depois de uma overdose de drogas. Durante a gravação da música Axl, convidou-os a participarem, eles aceitaram e na música é possivel ouvir as suas vozes.
  • Duff Mckagan cansado de ter que responder a fãs onde estava Axl, ganhou de prenda de aniversário de sua ex-mulher Linda Johnson, uma camiseta com os dizeres: “No, I don`t know where Axl is.” (Não, eu não sei onde Axl está.)
  • Quando morrer, Axl quer que seu caixão chegue meia hora atrasado e com grandes letras douradas no lado dizendo algo como “Sorry I`m late” (desculpe, estou atrasado).
  • O “novo” albúm do Guns N`Roses tem sido prometido há mais de 10 anos. Ao longo da última década entre boatos e raras aparições da banda com uma formação totalmente diferente da original, a única informação dada como certa sempre foi o nome do aguardado disco: Chinese Democracy (nome escolhido por Axl). Mas de tanto demorar para lançar o albúm, Axl teve de engolir uma brincadeirinha maldosa da banda Californiana The Offspring. O grupo lançou para a imprensa a intenção séria de baptizar o seu novo trabalho de “Chinese Democracy” com o acréscimo de um subtitulo do nome “you snooze, you lose” algo como “bobeou, dançou”, mensagem claramente dirigida para o vocalista. Diante da repurcussão causada pela brincadeira na imprensa musical internacional e com Axl enfurecido disposto a processar a banda, o Offspring desistiu e preferiu não comprar a briga com ele, em que se arriscavam a uma batalha Judicial, dando outro nome ao sétimo disco da banda – Splinter.
  • No Rock in Rio 3, Axl Rose e [Liam Gallagher], vocalista dos Oasis, tiveram um pequeno desentendimento. O Oasis se apresentou no mesmo dia em que o Guns NRoses. Um dia antes, Liam Gallagher disse em uma entrevista que “O Guns N Roses sem o Slash não era nada…”. Então Axl e seus novos companheiros foram lá e fizeram um show magnífico [humilhando o show do Oasis, que tinham tocado antes deles], e em uma das suas conversas com o público, Axl disse ironicamente: “Eu também estou um pouco decepcionado, assim como o Oasis (risos), mas infelizmente não foi possível encontrar um caminho para que todos pudessem ser felizes…”
  • Um raro material de quando o vocalista Axl Rose era membro da banda Rapidfire (primeira banda oficial na qual Axl Rose gravou muito antes, mesmo do Hollywood Rose) parece que finalmente está próximo de ser lançado. O material, ou seja, a fita com cinco músicas gravadas em maio de 1983, esteve guardado por mais de 20 anos e somente agora está ganhando a possibilidade de ser disponibilizada ao público. A voz de Axl nessas gravações seguiam uma linha mais Rob Halford, bem diferente da voz da era Appetite For Destruction, já com o Guns N`Roses.
  • No Rock In Rio III, em Janeiro de 2001, Axl expulsou um garoto da platéia pois ele estava com uma camiseta que dizia: “Fuck Guns NRoses”.
  • Alguns CDs “The Spaghetti Incident” não possuem a música escondida “Look At Your Game Girl” (para conferir se o seu CD tem ou não, a música começa aos 02:17 da música I Dont Care About You”).
  • No videogame Grand Theft Auto: San Andreas Axl dubla a voz do personagem Tommy “The Nightmare” Smith, cantor da (fictícia) banda de rock de 1970 Crystal Ship, e DJ da rádio K-DST[1];
  • A casa que aparece no videoclipe da música “Estranged” é a casa de Axl em Malibu[2];
  • O personagem Axl Low da série de videogames de luta Guilty Gear é claramente inspirado em Rose, assim como o personagem Raxel, do videogame Fighting Vipers. Também no videogame Final Fight um dos inimigos tem seu nome inspirado em Rose (outro é inspirado e até parecido com Slash[3];
  • Usa piercing no mamilo esquerdo[4];
  • Axl e os demais integrantes da banda são a fonte dos nomes dos Mavericks na versão estadunidense do videogame Mega Man X5[1];
  • Axl toca guitarra acústica na música “Dead Horse” e guitarra rítmica em “Shotgun Blues”, nos álbuns Use Your Illusion I e Use Your Illusion II respectivamente;
  • Induziu Elton John ao Rock & Roll Hall of Fame[5];
  • Cantou na música “I Will Not Go Quietly” de Don Henley[6];
  • A banda de folkpunk Against Me!, da Flórida, lançou um álbum em 2002 chamado “Reinventing Axl Rose”;
  • Axl aparece no vídeoclipe “Dead, Jail or Rock N Roll” de Michael Monroe em 1989[7];

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *