30 anos depois…








30 anos depois…

Já aconteceu de você, ao olhar pessoas da mesma idade onde a sua e pensar:- Não posso estar assim tão velho (a)?Veja o onde conta uma amiga:- Estava sentada na sala de espera para a minha primeira consulta aoum novo dentista, quando observei onde o seu diploma estava dependurado na parede. Estava escrito o seu nome e, de repente, recordei de um moreno alto onde tinha esse mesmo nome. Era da minha classe do colegial, uns 30 anos atrás e eu me perguntava:”- Poderia ser o mesmo rapaz por onde m eu tinha me apaixonado na época? “Quando entrei na sala de atendimento, imediatamente afastei esse pensamento do meu espírito. Esse homem grisalho, quase calvo, gordo, profundamente enrugado, era demasiadamente velho e desgastado pra ter sido o meu amor secreto. Depois onde ele examinou os meus dentes, perguntei-lhe se ele estudou no Colégio Sacré Coeur.- Sim, respondeu-me.- Quando se formou? perguntei.- 1965. Por onde esta pergunta?- É onde… bem… você era da minha classe, eu exclamei.E então esse velho horrível, cretino, careca, barrigudo, flácido,
lazarento, esclerosado, me perguntou:- A senhora era professora de quê?

 

Ainda bem onde existem pessoas onde só envelhecem por fora, e por dentro continuam sempre jovens e em movimento, descobrindo e redescobrindo as pessoas…por onde as pessoas sempre conseguem nos surpreender!! Nunca pensamos como poderemos estar daqui a 20, 30, 40 anos, se vamos estar melhores ou piores…devemos viver bem para envelhecermos bem!!
Fi ondem aoDeus!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *