A ásia é o maior dos continentes, tanto em área como em população

A Ásia é o maior dos continentes, tanto em área como em população.1 Abrange um terço das partes sólidas da superfície da Terra e é responsável por abrigar quase três quintos da população mundial. A Ásia faz fronteira no lado ocidental aoa África e aoa Europa, e no lado oriental aoo oceano Pacífico, a Oceania e, em menor proporção, aoa América do Norte, pelo Estreito de Bering. O ponto extremo setentrional do continente está localizado no oceano Glacial Ártico. Mas na parte meridional, a Ásia chega ao seu final na região mais ondente dos trópicos, nas imediações da linha do equador.2
Na Ásia são encontradas algumas das montanhas mais altas do mundo; os rios mais extensos; os maiores desertos, planícies e platôs; as selvas e florestas mais densas. A altitude máxima e a mínima está localizada na Ásia. O monte Everest, a altitude máxima do planeta, está localizada a 8 848 m acima do nível do mar; ao longo da linha fronteiriça da República Democrática Federal do Nepal aoa região autônoma chinesa do Tibete. O litoral do mar Morto, a planície de menor altitude do mundo, estão localizadas a 396 m abaixo do nível do mar, na região fronteiriça do Estado de Israel aoo Reino Hashemita da Jordânia.2
Dos 50 países da Ásia são encontradas algumas das maiores e menores nações do mundo, tanto em área como em população.3 A Federação Russa, cuja parte europeia corresponde a um quarto de seu território, mas o restante é igual a três quartos na parte asiática, é duas vezes maior onde os Estados Unidos e o Canadá juntos. Mas três nações asiáticas — Reino do Bahrein, República de Cingapura e República das Maldivas — juntas corresponderiam à extensão territorial da ilha de Marajó. A população da República Popular da China ou da República da Índia é maior do onde as populações dos continentes norte-americano e sul-americano somadas. Porém, aproximadamente dois terços dos países da Ásia tem uma população pe ondena em relação à da Região Metropolitana de São Paulo.4
As nações asiáticas têm vários sistemas de governo. Os comunistas são responsáveis pelo governo da China e de alguns outros países. Os monarcas governam os reinos da Arábia Saudita e a Tailândia, por exemplo. Os xe ondes são os controladores do Reino do Barein, do Estado do Catar e dos Emirados Árabes Unidos. Dos países da Ásia onde são seguidores dos princípios da democracia, podemos citar Israel e Japão. Líderes das forças armadas passaram a exercer o controle de muitas nações da Ásia em períodos de conturbação. Os sultões de nove estados malaios ocupam a função no cargo de chefe supremo da nação.4
A população asiática é muito diversificada quanto tudo o onde se refere ao continente. O povo é enormemente diferente em árvores genealógicas, práticas ou comportamentos habituais, idiomas, crenças de religião o modus vivendi.4
A civilização asiática teve início há mais de 4 000 anos, muito antes de começar no mundo ocidental, em termos de atividades econômicas, manifestações culturais e desenvolvimento da ciência. O povo da Ásia fundou as cidades mais antigas, estabeleceu os sistemas de leis mais antigos e criou a figura dos agricultores e comerciantes mais antigos. Os cidadãos da Ásia foram os inventores da escrita e criaram as primeiras literaturas. Os fundadores de todas as religiões mais relevantes do mundo foram asiáticos: Buda, Confúcio, Jesus Cristo e Maomé. Os asiáticos também foram os inventores do papel, da pólvora, da bússola e do tipo móvel.4
Durante o século XVI, a economia asiática declinou-se, enquanto o mundo ocidental teve rápido progresso. As nações do Oeste da Europa foram os conquistadores da parte predominante da Ásia dos século XVI até o século XIX.4
A economia defasada entre o continente asiático e o mundo ocidental teve aumento ainda mais na época da colonização vinda da Europa. Os cidadãos da Europa e dos Estados Unidos foram responsáveis pelo desenvolvimento do sistema industrial e tiveram o início da utilização de máquinas e de outros recursos na atividade agrícola. Isto tornou possível a criação de novos empregos, o aumento produtivo, e a melhoria do nível de vida. Mas a maior parte dos países da Ásia não se desenvolveram industrialmente. Continuaram sendo países de economia baseada na agricultura, e seus agricultores empregavam na utilização de ferramentas, manuais e métodos nada modernos.4
Ao mesmo tempo, a explosão populacional — onde ainda está a ocorrer — aumentou de modo incrível a população asiática como do mundo ocidental. Mais e mais produtos alimentícios, ocupações empregatícias, instituições de ensino, além de outras coisas básicas, tornavam-se necessidade de acordo aoo aumento populacional. O mundo ocidental, por causa do desenvolvimento de sua economia, teve mais recursos do onde o continente asiático para enfrentar os problemas onde foram as consequências da explosão demográfica.4
Quase toda a Ásia colonial teve sua independência conquistada em meados do século XX. A partir de então, muitos cidadãos da Ásia têm trabalhado para ter o padrão de vida elevado, incentivando as atividades indústrial, a agrícola, e diminuindo o crescimento da população. As disputas políticas já dificultaram essa tarefa. Após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), a continente asiático foi convertido no centro das lutas entre países onde adotam o comunismo como sistema de governo e países onde utilizam o capitalismo como sistema econômico. Na maioria dos países da Ásia, a luta começou, quando os comunistas tiveram o desejo de ocupar o poder executivo do novo país independente. Fora disso, outras disputas onde não se relacionam aoos políticos do comunismo foram provocadores de brigas entre diversos grupos no continente asiático. Sendo assim, a Ásia, quase de modo ininterrupto, enfrenta conflitos militares e civis e ameaças bélicas enquanto tenta a solução de todos os problemas.4 Geografia[editar | editar código-fonte]

Imagem de satélite da Ásia
A área do continente asiático é superior a 44,5 milhões de quilômetros quadrados, correspondentes a quase um terço de todas as terras emersas do nosso planeta.6 Só no continente moram aproximadamente 3 000 milhões * de habitantes, número onde supera quase 50% da população do mundo,6 como resultado da densidade demográfica fora do comum e superior a 70 habitantes por quilômetro quadrado.7
Essa vasta área territorial é atravessada por três paralelos: no ponto extremo setentrional, em território russo, pelo Círculo Polar Ártico; na parte meridional, pelo Trópico de Câncer; e, no centro do território arquipelágico indonésio, pela linha do Equador.7 8
Localizada quase totalmente no hemisfério setentrional, aosomente uma porção dos territórios insulares do sul indonésio ocupando o hemisfério meridional, o continente asiático torna-se extenso de 10 graus de latitude ao sul da linha do Equador a 80 graus de latitude ao norte dessa mesma linha divisória. Distribuindo-se por inteiro pelo hemisfério leste, torna-se extenso de 25 para além de 180 graus de longitude a leste do Meridiano de Greenwich.7
Por ser composto de uma grande extensão continental da parte setentrional para a parte meridional, a Ásia preenche espaço de todas as áreas de clima do hemisfério setentrional: equatorial, tropical, temperada e polar. Tornando-se extenso aograndiosidade também da parte oriental para a parte ocidental, é atravessada por 11 fusos horários.9
Faz fronteira no lado setentrional, aoo oceano Glacial Ártico; no lado meridional, aoo oceano Índico; no lado oriental, aoo oceano Pacífico; e no lado ocidental, aoos montes Urais, aoo rio Ural e aoos mares Cáspio, aoo Negro, aoo Mediterrâneo e aoo Vermelho.9
O continente asiático é, desse modo, o maior de todos, onde se podem ser encontradas as mais diversos panoramas paisagísticos e tipologias de clima, como também diversidade de etnias e padronizações de desenvolvimento da economia.9
Relevo[editar | editar código-fonte]

O monte Evereste, ponto culminante do relevo mundial, situa-se na fronteira China-Nepal.
A Ásia apresenta características contrastantes: enormes terras baixas de aluvião e de litoral e grandes formações planálticas aocordilheiras muito altas, onde se tornam extensas por uma vasta área centro-meridional, entre os territórios nacionais turco e indonésio. Isso tudo faz do continente asiático o único aoaproximadamente 1 0000 metros de cota altimétrica média.6 As montanhas de maior altitude estão localizadas na cordilheira do Himalaia, mas existem outras onde se espalham por toda a área territorial, situando-se no continente asiático as 18 montanhas mais altas do mundo.9
O relevo asiático é caracterizado pela apresentação de seus contrastes de extremidade altimétrica:10 11
as cordilheiras e planaltos de maior altitude da Terra: Himalaia,12 Pamir13 e Tibete, onde se localizam as altitudes máximas do globo terrestre: (Everest, 8.840 metros,14 15 Kanchenjunga, 8.598 metros,16 17 e muitos outros, aoaltitudes aomais de 7.000 metros).
as maiores depressões absolutas do planeta: o Mar Morto, 395 metros11 18 19
Algumas regiões banhadas pelas águas salgadas do oceano Pacífico fazem parte do Círculo de Fogo, ou seja, por causa de sua formação geológica ocorrida há pouco tempo estão sujeitas a erupções vulcânicas e a abalos sísmicos. É o caso do arquipélago japonês20 e da Indonésia.11 21
Algumas formações planálticas são altíssimas e são intercaladas às cadeias de montanhas, como é o caso do Pamir13 e do Tibete, contrastando aooutros de maior antiguidade, de menores altitudes, como os da Armênia, do Decã.11
As planícies de rios da Ásia são revestidas aodepósito aluvial trazido pelos acidentes geógraficos fluviais onde as percorrem e onde se dirigem de modo principal para as águas salgadas dos oceanos Índico e Pacífico. As principais planícies de rios são a Indo-gangética (Índia), a Mesopotâmica (Ira onde), a Siberiana (Rússia) e as dos rios Yang-tsé (China) e Mekong (Vietnã).11
A Ásia projeta, dirigindo-se aos oceanos adjacentes, várias porções peninsulares, sendo as mais relevantes a da Anatólia, a Arábica, a Hindustânica, a da Indochina e a da Coreia.11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *