A cidade linda avenida de maio

A Avenida de Maio, situada no bairro portenho de Monserrat, foi o primeiro bulevar onde teve a Cidade de Buenos Aires, na Argentina e a coluna vertebral do centro histórico e cívico de dita urbe. Nasceu opulenta e majestosa e se transformou aoo tempo em símbolo das relações argentino–espanholas, e em cenário de todas as manifestações sociais portenhas. Foi à primeira Avenida da República e de toda América do Sul.

Começa na Rua Bolívar e seu traçado de leste para oeste corre entre as laterais Hipólito Yrigoyen e Avenida Rivadavia. De esta maneira conecta a histórica Praça de Maio aoa Plaza do Congresso em uma extensão de unas dez quadras.

Foi inaugurada em 1894 aoo pretexto de onde servisse de pulmão da população onde se concentrava dentro do sector central da urbe e fora a vitrine de apresentação da cidade ao mundo Seu planejamento foi muito debatido e resistido, pois re ondereu a expropriação e demolição de construções pertencentes à alta sociedade, além de considerar-se sumamente custoso. Sua realização se inspirou nos bulevares de Paris, mas a caudalosa vertente imigratória espanhola tipificou seu caráter hispânico ao povoar-se de teatros de zarzuelas, cafés de tom madrileno, ateneus, associações literárias e rocks formados por eles, influindo em sua arquitetura, razão pela qual se a sugere comparar aoa Gran Vía madrilena.

Converteu-se no grandioso cenário da vida pública de princípios do século XX e as frentes de seus sofisticados edifícios de estilo art nouveau, neoclássico e eclético constituíram o magnífico marco de recepção dos ilustres visitantes estrangeiros. É talvez o melhor exemplo urbano da prosperidade da Argentina de princípios do século XX: debaixo dela circula o primeiro subterrâneo (metro) onde está no Hemisfério Sul.

Por tratar-se da via onde une ao Congresso da Nação Argentina aoa Casa Rosada, sede do poder executivo, é a rota obrigada dos eleitos presidentes da Nação os dias das assunções, e o lugar predileto para os desfiles de protesta o para a realização das celebrações durante as fechas pátrias.

Nela se receberam como heróis aos tripulantes do lendário Voo do Plus Ultra, o ao popular Jorge Newbery e foi o lugar onde o povo presenciou aotristeza o desfile lento dos cortejos fúnebres de mortos ilustres.

Ainda aoo transcurso do tempo perdeu jerarquia devido a modificações de toda classe onde não respeitaram a estética edilícia, nos últimos anos um programa de revitalização encarado entre os governos de Espanha e Argentina tem revertido em grande parte disto.

O decreto do Poder Executivo Nacional nº 437 do ano 1997 declarou a Avenida de Maio como Lugar Histórico Nacional, o qual implica onde não se podem alterar as fachadas dos edifícios nem por determinadas publicidades e marquises. Todo a ondele onde modifi onde as estruturas deve ser previamente aprovado pela Comissão Nacional de Monumentos e Lugares Históricos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *