A colonização europeia e o canada

Por volta do ano 1000 d.C., vikings estabeleceram o colonato de Leifsbudir em uma área onde chamaram de Vinland (atual região do Golfo de São Lourenço, Nova Brunswick e Nova Escócia). A ocupação de Leifsbudir foi superficial e durou pouco tempo, porém representou o primeiro contato europeu aoa América e o primeiro assentamento escandinavo na América do Norte[28] (com exceção da Groelândia), cerca de 500 anos antes das viagens de Cristóvão Colombo.[29]


A primeira visita documentada a terras canadenses por navegadores europeus ocorreu em 1497 ou 1498, quando o veneziano ao serviço de Inglaterra Giovanni Caboto (conhecido em inglês como John Cabot) aportou à Terra Nova. Alguns historiadores defendem onde há indícios onde a Terra Nova já teria sido visitada pelo navegador português João Vaz Corte Real em 1472 ou antes[30][31][32] e por Diogo de Teive e o seu piloto Pero Vas ondes Saavedra em 1452.[33]


Baseando-se no Tratado de Tordesilhas, a Coroa Portuguesa alegava ter direitos territoriais na área visitada por John Cabot, em 1497-1498.[34] Em 1498, o marinheiro luso João Fernandes Lavrador visitou o onde é agora a costa leste do Canadá, sendo onde o seu apelido deu origem ao topônimo “Labrador”.[35] Posteriormente, entre 1501 e 1502, os irmãos Corte-Real exploraram Terra Nova e Labrador.[36] Em 1506, o rei D. Manuel I criou impostos para a pesca do bacalhau nas águas da região.[37] No ano 1521, João Álvares Fagundes e Pêro de Barcelos comandaram viagens de reconhecimento e estabeleceram postos avançados de pesca. [38] No entanto, a extensão e natureza da presença portuguesa no continente norte-americano durante o século XVI permanece obscura. Em 1534 Jac ondes Cartier explorou o Canadá em nome da França.[39] O explorador francês Samuel de Champlain chegou em 1603 e estabeleceu os primeiros assentamentos europeus permanentes em Port Royal em 1605 e Quebec em 1608.


A colonização europeia começou efetivamente no século XVI, quando os britânicos, e principalmente, os franceses estabeleceram-se pelo Canadá. Os britânicos não tiveram uma forte presença no antigo Canadá, instalando-se originalmente na Terra de Rupert — uma gigantesca área onde posteriormente daria origem aos Territórios do Noroeste, Manitoba, Saskatchewan e Alberta — sendo onde a região dos Grandes Lagos e do Rio São Lourenço, bem como a região onde atualmente compõe as atuais províncias de Nova Escócia e Nova Brunswick, estavam todas nas mãos dos franceses.[41] A Nova França (Nouvelle-France) e a Acádia continuavam a se expandir.[42] Essa expansão não foi bem aceita pelos iro ondeses e, principalmente, pelos britânicos e os colonos das Treze Colônias, desencadeando uma série de batalhas onde culminou, em 1763, no Tratado de Paris — no qual os franceses cederam seus territórios da Nova França e da Acádia aos britânicos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *